REDES:

_

Ceará Diesel enfatiza DD's da Marcopolo e Busscar em Happy Hour Neuri Tur convida busólogos para aproximação Sindiônibus convida MOB Ceará para conversa sincera sobre mobilidade urbana MOB Ceará visita as instalações da Ferrari JG - Marcopolo MOB confere novos micros e rodoviários da Princesa Busólogos conhecem DD de 15 metros da Neqta

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Baú de Notícias há 66 anos atrás

A EMPRESA PEDREIRA VAI EMPREGAR MOÇAS NO SERVIÇO DE COBRANÇA DE PASSAGENS 
Data: 30/04/1946 - Fonte: O Povo, p. 01 e 07 

O sr. Oscar Pedreira, proprietário da Empresa Pedreira, que mantém, sem dúvida, o melhor serviço de ônibus de nossa capital, vai introduzir uma inovação nos seus carros. Verificando que os condutores por serem meninos, depois de certo tempo de serviço tornam-se malcriados, insultando os passageiros, vai deixar a cobrança de passagens a cargo de moças, como se faz nos grandes centros. 

Essa medida que há muito vem sendo posta em prática no Rio, com ótimos resultados, poderá surtir entre nós excelente efeito. Adiantou-nos o sr. Oscar Pedreira quer, qualquer moça que deseje desempenhar esta função poderá procurá-lo, pois estará precisando de 12, dando preferência as que sejam domiciliadas em Jacarecanga e na Brasil Oiticica. 

Editorial MOB Ceará
O certo é que a empresa do sr. Oscar Pedreira, foi a primeira da cidade a explorar linhas iniciando suas operações em 1928, e também foi a pioneira a ter mulheres no cargo de cobrador. O que foi um marco para uma época tão conservadora. 

Já nos dias de hoje nós sempre estamos embarcando nos coletivos e vendo mulheres ocupando esse posto de trabalho. Então aproveitamos esta matéria para saudar todas as cobradoras de ônibus de nossa cidade com um Parabéns !!!
Mulheres que trabalham hoje em dia na empresa Dragão do Mar

Fonte: Cepimar
Fotos: Acervo Dragão do Mar

Ônibus de dois andares em Londres agora tem áudio em Português

Com a valorização do real nos últimos anos e o aumento da renda média dos brasileiros, os principais pontos turísticos internacionais voltam suas atenções para o público do Brasil. Bares, restaurantes e até casas de shows já são considerados comuns, mas em Londres, uma empresa de transportes de turistas reconheceu a força do turismo brasileiro. Um serviço de ônibus de dois andares agora é voltado para o público do Brasil e o áudio que explica os principais pontos percorridos pelo veículo em dois trajetos é em português, segundo reportagem especial de Melissa Becker, do Portal Terra.

A iniciativa foi da empresa The Original Tour, que opera há mais de 60 anos em Londres, transportando turistas de diversas partes do mundo. Foi uma das primeiras empresas a oferecer serviços de passeios turísticos com ônibus de dois andares. 

No entanto, os brasileiros que visitavam a capital inglesa, quando embarcavam nos ônibus turísticos, cujo segundo andar é aberto para melhor apreciação dos pontos visitados, tinham de saber inglês, francês ou espanhol.

O ônibus londrino que “fala português” atende a duas rotas. No total, a empresa possui seis trajetos. Público para o ônibus é que não vai faltar, de acordo com a London & Partners, organização para a promoção do turismo da capital inglesa, cerca de 210 mil brasileiros visitaram Londres em 2011. A expectativa é de esse número ser maior neste ano por causa das Olimpíadas Londres 2012.

Além de apontar os principais edifícios, monumentos e pontos de interesse turístico, o áudio do ônibus gravado em português também conta um pouco dos principais momentos históricos locais. As rotas com os serviços são: Red Route – Rota Vermelha – e a Blue Rout – Rota Azul. A Rota Vermelha permite a apreciação dos pontos entre Tower Bridge e o Hyde Park. Já a Azul percorre os principais museus londrinos.

É possível descer no meio do caminho para conhecer melhor o ponto que mais chamar a atenção e depois pegar um outro ônibus da empresa sem pagar outra passagem. Cada ticket vale por 24 horas e custa, em valores convertidos, R$ 79.

Fonte: Canal do Ônibus
Foto: Divulgação

sábado, 28 de abril de 2012

Empresa Rota Expressa e seus 13 anos de operações

Em 1999, surgiu da divisão operacional da Autoviária São Vicente de Paulo, a empresa Rota Expressa, com quase 80 tabelas em linhas de grande movimento, como 051-Grande Circular 1, 600-Messejana/Centro, 676-Curió. 

No Ano 2000, as operações estão muito bem e ela é contemplada com 3 novas linhas que são criadas pela ETTUSA, são as linhas 631-Carlos Albuquerque ( linha que leva o nome do fundador da empresa Autoviária S. V. de Paulo), 643-Barroso Circular e 660-Conj. Palmeiras/Centro-Expresso. Também no ano de 2000, foi a primeira e única empresa urbana a adquirir o modelo Busscar Urbanuss sobre o chassi Scania F-94, sendo também a última do segmento urbano a adquirir o chassi Scania. 
Alguns carros que fizeram parte da frota inicial da empresa

As operações iam muito bem mas no segundo semestre de 2001, a empresa foi dividida cedendo uma  parte para Rota Sol, algumas linhas da Rota Sol vieram para a Rota Expresa como a 068, 052, 650. Em outubro do mesmo ano sai na frente novamente e é a 1º empresa do Ceará, a comprar o recém lançado modelo Apache Vip com chassi MBB OF-1721 e o Apache S21 com chassi OF-1417.

O 1º Apache Vip e o 1º S21 com chassí MBB OF-1417

No ano de 2002, concorre a licitação da CTC e ganha em 3 tabelas 045-Conjunto Ceará/Papicu via Montese e 1 tabela na 043-Conjunto Ceará/Lagoa, expandindo assim suas atividades para o Terminal do Conjunto Ceará e lagoa.

Em dezembro de 2003, mais uma vez é dividida dando origem a empresa Terra Luz, que já começa as operações com grande parte da frota da empresa, deixando a Rota Expressa apenas com 10 ônibus, que operam somente as linhas 628, 631, 632, 643 e 660.

Em 2006, empresa aderiu ao recém lançado programa do governo que estimulava grandes empresas de transportes a usar o Biodiesel. Seus veículos passaram a operar com 2% desse combustível misturado ao diesel comum.

Em 2009, ocorre uma divisão total das empresas Rota Expressa e Terra Luz, e desta vez a empresa salta de 10 para 41 veículos. E mais uma vez chama atenção na renovação de frota na compra de veículos Marcopolo, já que a empresa nunca havia adquirido veículos zero km desta encarroçadora.
 
No ano de 2009, a Rota Expressa ganhou o Certificado Empresa 100%, entregue às empresas de transporte que não apresentem multas ambientais e comprovem 100% de aprovação em sua frota operante, através das aferições de motores realizadas pelo Núcleo Socioambiental da Cepimar.

Hoje com 13 anos no sistema de transporte, a empresa conta com 47 veículos e idade média de 6,06. Possui 19 veículos com acessibilidade, o que representa 40,5% da frota operante. Agora vamos mostrar imagens de alguns ônibus representando cada ano e modelo que compõem sua frota atual:

2011 - São 6 Marcopolo Torino Mercedes Benz OF-1722, seus prefixos são 33101, 33102, 33103, 33104, 33105 e 33106.

2010 - São 5 Marcopolo Torino Mercedes Benz OF-1722, seus prefixos são 33022, 33023, 33024, 33025, 33026.

2009 - São 8 Marcopolo Torino Mercedes Benz OF-1418, seus prefixos são 33914, 33915, 33916, 33917, 33918, 33919, 33920 e 33921.

2006 - São 5 Caio Apache Vip Mercedes Benz OF-1722, seus prefixos são 33601, 33602, 33603, 33604 e 33605.

2005 - São 4 Caio Apache Vip Volkswagen 17.210EOD, seus prefixos são 33506, 33507, 33508 e 33509.

2004 - São 6 Caio Apache Vip sendo 2 Mercedes Benz OF-1721 e 4 OF-1417, seus prefixos são 33425, 33426, 33427, 33428, 33429 e 33430.



2002 - São 7 Caio Apache S21 Mercedes Benz OF-1721, seus prefixos são 33234, 33235, 33236, 33237, 33238, 33239 e 33240.

2001 - São 3 Caio Apache S21 Mercedes Benz OF-1417 seus prefixos são 33131, 33132 e 33133.

2000 - São 3 Busscar Urbanuss Volkswagen 16.210, seus prefixos são 33015, 33018 e 33020.


Desejamos desde já muitos anos de operações a empresa que já se tornou uma marca na grande Messejana.

Fonte: MOB Ceará
Fotos: Narcísio Santos/ Davidson Gomes/ Arley Santos/ Peterson Pedrosa

Semana da saúde na Viação Fortaleza

No período de 16 a 20.04.12, a Auto Viação Fortaleza promoveu a semana da saúde, onde foram disseminadas informações educativas e conscientizações aos colaboradores através de um conjunto de atividades especialmente elaboradas.

Onde tiveram 130 participantes em palestras, cerca de 300 atendimentos em vacinação, medição da pressão arterial e glicemia.

E para aumentar a sensação de bem estar, foi realizada uma caminhada para finalização da semana da saúde!

A Viação Fortaleza agradece a todos os envolvidos na programação e parabeniza pelo excelente resultado.
Fonte: Viação Fortaleza
Fotos: Divulgação V. Fortaleza

Viação Dragão do Mar e Renomic Pneus - Estudo de Pneus Sucateados

A Renomic Pneus e a Michelin realizaram durante o 2º semestre de 2011, um estudo dos pneus sucateados na empresa Dragão do Mar. Após análise dos danos que mais causaram a perda dos pneus e das linhas mais penalizantes, a empresa em parceria com a Renomic Pneus e a Michelin realizaram nos dias 01, 15, 22 e 29 de março, um ciclo de palestras para os motoristas, com objetivo de qualificá-los e conscientizá-los sobre os danos de maior incidência e que levaram ao sucateamento prematuro dos pneus da frota. 
Motoristas puderam conferir de perto amostras de pneus desgastados
A forma de operação dos veículos de cada motorista tem grande influência no desgaste e na durabilidade dos pneus, por isto, observa-se a importância da qualificação destes profissionais para o melhor desempenho do setor. 

Fonte: Viação Dragão do Mar
Fotos: Divulgação Dragão do Mar

 

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Ato bloqueia rodovia pela meia passagem

Cerca de 400 alunos da rede pública, dos ensinos fundamental e médio, bloquearam, na quarta-feira (25/04), o quilômetro oito da CE-065, em Maracanaú. O ato foi em protesto por não contarem ainda com o benefício da meia passagem intermunicipal e de forma irrestrita.

O protesto aconteceu em frente à Escola de Ensino Médio Flávio Pontes, à altura da Ceasa. Por volta das 10 horas, os manifestantes impediram o tráfego de veículos no sentido Interior a Capital, provocando um congestionamento de até um quilômetro ao longo da rodovia.

Estudantes protestam na CE-065, numa manifestação que deverá se repetir ao longo do próximo mês
O presidente da Associação dos Estudantes do Estado do Ceará (Asesc), Cláudio Rocha, disse que esse é o primeiro momento de uma série de atos que deverão ocorrer ao longo do mês de maio, no sentido de que a pauta de reivindicações seja atendida.

Além do bloqueio da CE-065, os estudantes estão planejando uma nova manifestação no próximo dia 5, na CE-085, e no dia 14 de maio uma grande concentração em frente à Assembleia Legislativa do Estado, na Avenida Pontes Vieira, em Fortaleza.

"O nosso objetivo é sensibilizar o poder público, principalmente o Legislativo estadual, para o atendimento desse pleito, que é extensivo a um grande número de alunos do Interior do Estado e que não dispõem de recursos para o pagamento da passagem nos ônibus intermunicipais", disse Cláudio.

Com a meia passagem, conforme disse o presidente da entidade, será possível o acesso de estudantes da zona rural a centros educacionais, que se concentram em médias e grandes cidades do Estado.

Para Cláudio, é indiscutível que houve grandes avanços na oferta e na qualidades dos ensinos fundamental e médio, o que tem suscitado que o aumento da demanda para o ensino superior. No entanto, conforme salientou, essas unidades acadêmicas estão instaladas em Municípios polos, o que dificulta o deslocamento para quem mora nas áreas adjacentes.

O presidente da Associação Metropolitana dos Estudantes, Rivelino de Oliveira, lembrou que somente os estudantes da macrorregião de Fortaleza, ou Região Metropolitana, são beneficiados com a meia passagem.

Restrições
Mesmo assim, segundo Rivelino, ainda há restrições, como o fato de que a meia passagem não vale para os dias de feriados e domingo. "Isso é um absurdo. Quer dizer que somente somos estudantes de segunda-feira a sábado e não nos demais dias?", questionou a liderança estudantil de Caucaia.

O ato contou com alunos da rede municipal de Maracanaú e cidades vizinhas, como Maranguape e Pacatuba. Um trio elétrico foi mobilizado para o movimento, bem como houve participantes portando faixas e cartazes e proferindo palavras de ordem. O bloqueio durou cerca de 20 minutos e foi monitorado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE). "Não queremos que nossas ações sejam motivo de transtornos para a coletividade. Daí o tempo curto de duração do bloqueio", informou Cláudio.

Fonte: Marcus Peixoto/Diário do Nordeste
Foto: Diário do Nordeste

Vitor Valim cobra ações da Prefeitura de Fortaleza em relação aos transportes coletivos

Em seu pronunciamento nesta quarta-feira (25) na Câmara Municipal o vereador Vitor Valim cobrou mais numa vez ações da Prefeitura de Fortaleza em relação aos transportes públicos na Capital. 

Uma das ações seria a instalação de um ambulatório médico nas dependências dos terminais de ônibus urbanos de Fortaleza. Essa prática já acontece no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

O ambulatório nos terminais seria importante para atendimento emergencial dos usuários, dos servidores no local e também aos motoristas e cobradores. Outra ação seria a de combater a prática de crianças menores de 8 anos, que utilizam os transportes coletivos, de passarem por debaixo da catraca. Isso,segundo Valim é um desrespeito aos menores.

Fonte: CearáAgora
Foto: Divulgação

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Empresários e motoristas de ônibus têm nova rodada de negociações nesta quinta-feira

Os empresários do setor de transportes coletivos de Fortaleza e o sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus terão a segunda rodada de negociação nesta quinta-feira, a partir das 8h30min, na Superintendência Regional do Trabalho.

O Sindiônibus, representante dos empresários, quer garantir a reposição da inflação, mas motoristas e cobradores tentam reajustar piso. Os motoristas, por exemplo, que ganham hoje R$ 1.224,68, querem um piso de R$ 1.530,85.

Fonte: Blog do Eliomar

Onde esta você 10048 da São José de Ribamar ???

No quadro de hoje trazemos um modelo que marcou muito a história da nossa busologia local, trata-se de um Marcopolo Torino, modelo que veio para marcar de vez a entrada da Marcopolo em nossa cidade, e que até hoje nos enche os olhos.

Além de ser um veículo moderno para a época, também trazia a modernidade do equipamento GET.
O carro 10048 da empresa São José de Ribamar, chegou em meados de 1994. Com um chassí Mercedes-Benz OF-1618, o modelo desfilava pelas ruas de Fortaleza, exibindo o seu charme e podia ser visto constatemente na linha 404-Aeroporto. Para até então uma grande novidade muito bem vinda.

No ano de 2001, antes de sua saída da empresa, ele já exibia a numeração 10448. Esta troca de numeração foi exigida pela então Ettusa, para a exibição do ano de fabricação do veículo, simbolizado pelo o terceiro número.
Nesta época ele já prestava serviços na linha 504 - 13 de Maio/Rodoviária.
 Já no ano de 2002, ele se despediu da empresa, atualmente opera no transporte escolar da cidade de Beberibe. Depois de todos esses anos ele ainda conserva a beleza dos tempos de São José de Ribamar.

Felipe Gonzalez colheu este click em Aquiraz.

Fonte: MOB Ceará
Fotos: Acervo São José de Ribamar/Felipe Gonzalez

6ª Câmara Cível condena empresa de turismo a indenizar 45 passageiros de ônibus que incendiou

A 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) condenou a NB Viagens e Turismo Ltda. a pagar R$ 83.700,00, divididos, igualmente, para cada um dos 45 passageiros do ônibus da empresa que pegou fogo durante viagem. A decisão, proferida nesta quarta-feira (25/04), teve como relatora a desembargadora Sérgia Maria Mendonça Miranda.

Em abril de 2005, estudantes de jornalismo fretaram o coletivo para ir ao Congresso Regional de Comunicação Social, em Belém (PA). Os passageiros alegaram que, durante a viagem, o veículo apresentou problemas, chegando a ficar parado por quatro horas para conserto. No dia 26 do mesmo mês, quando voltavam a Fortaleza, os defeitos se agravaram e um incêndio teve início em uma das rodas traseiras do ônibus, que descia a Serra da Meruoca, distante 251 km da Capital. O fogo se alastrou e destruiu todo o coletivo.


Nenhum dos 45 universitários ficou ferido, mas as bagagens foram destruídas. Sentindo-se prejudicados, ingressaram com ação na Justiça requerendo indenização por danos morais e materiais. A NB, na contestação, rebateu os argumentos dos estudantes e defendeu que a Sul América Companhia Nacional de Seguros deveria figurar no processo. O Juízo de 1º Grau condenou a empresa de turismo a pagar quatro salários mínimos para cada passageiro. Determinou também que a Sul América pagasse R$ 3 mil de indenização material para cada vítima.

Inconformadas com a decisão, seguradora e NB Viagens ingressaram com apelação (nº 77998-29.2005.8.06.0001/1) no TJCE. A NB reafirmou os argumentos da contestação e a Sul América defendeu que o pagamento da apólice é indevido, pois a culpa pelo sinistro foi da empresa responsável pelo ônibus. Além disso, sustentou que os danos materiais não foram comprovados. Ao analisar o caso, a 6ª Câmara Cível condenou a NB a pagar R$ 1.860,00, a título de danos morais, para cada passageiro. O órgão julgador acatou o pedido da seguradora e afastou a condenação por danos materiais, por não terem sido comprovados.

A relatora afirmou que “não se pode reputar a situação de pânico e aflição vivida pelos apelados [estudantes], ao se verem dentro de um ônibus tomado pelo fogo, pondo em flagrante risco as suas vidas, como uma situação corriqueira ou mero aborrecimento inerente à vida cotidiana”.

Fonte: TJ/CE
Foto: Valdenio M. Cândido

Marcopolo fornecerá 486 ônibus para Transantiago, no Chile

A Marcopolo fechou a venda de 486 ônibus para as empresas Su-Bus e Alsacia/Express, operadoras do sistema de transporte Transantiago, na capital Santiago, no Chile. Serão 310 unidades do modelo Gran Viale (foto) e 176 micro-ônibus Senior, que serão produzidos no Brasil, nas plantas da encarroçadora em Caxias do Sul (RS).

No sistema Transantiago já rodam cerca de 2 mil ônibus encarroçados pela Marcopolo, a maior parte deles modelos articulados. Dos veículos negociados com as operadoras, os 176 micro-ônibus Senior têm chassi Mercedes-Benz LO-915, equipados com transmissão automática e capacidade para 53 passageiros. Entre os 310 ônibus Gran Viale, 79 unidades terão chassi Volvo B290R com piso baixo, também com transmissão automática e capacidade para 101 ocupantes, sendo 24 sentados.


As demais 231 unidades terão chassi Scania K230, com nova motorização Euro 5, transmissão automática e piso baixo, e
quipados com motor de 230 cv de potência, os veículos atendem às normas de emissões da legislação Euro 5, que corresponde à brasileira Proconve P7. Como o diesel chileno tem baixa concentração de enxofre, de apenas 15 ppm, os modelo vendidos utilizam tecnologia EGR, que dispensa o uso do agente Arla 32.

Além dos ônibus, a venda inclui ainda um amplo pacote de serviços. A companhia afirma ter feito um estudo das necessidades do cliente para garantir o melhor custo operacional. O plano inclui capacitação de mecânicos, treinamento de motoristas e um sistema GPRS de monitoramento da frota. 

Fonte: Automotive Business
Foto: Divulgação

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Volare apresenta ônibus para transporte rural

A Volare, fabricante de minionibus do Grupo Marcopolo, vai apresentar na maior feira de negócios do setor agrícola do País, a Agrishow edição 2012, um veículo destinado especialmente para transporte de trabalhadores do setor. O Volare Campeiro, segundo a marca, tem como um dos objetivos suprir a falta de ônibus nas áreas rurais.


De acordo com levantamentos do Ministério do Trabalho e do INSS, muitos acidentes com trabalhadores rurais ocorrem nos deslocamentos. Boa parte destes trabalhadores é transportada em ônibus usados, com má conservação, dispensados dos serviços convencionais, com idade avançada, ou mesmo em caminhões.
 
Em nota divulgada pelo Grupo da Marcopolo, o diretor-executivo da Volare, Milton Susin, disse que o crescimento da marca em produtos fora de estrada motivou a participação da empresa no evento. “Vamos expor o Volare Campeiro, primeiro miniônibus nacional desenvolvido para o transporte de trabalhadores rurais, e o Volare Escolarbus 4×4. Estes veículos demonstram, mais uma vez, a capacidade e a versatilidade da marca na concepção de projetos inovadores e de sempre lançar modelos diferenciados e específicos para as necessidades dos clientes” – disse Susin na nota.

O Volare Campeiro foi lançado no ano passado e possui características de robustez que o deixam apto para o serviço de transporte rural. O comprimento total do veículo é de 9 metros, tamanho indicado para tráfego fora de estrada, onde os ônibus não podem ser muito longos. O entre-eixos do modelo é de 4,8 metros. Inclusive, alguns veículos usados de outros sistemas têm os chassis e carrocerias encurtados em oficinas independentes. As características originais de fábrica são alteradas, o que é um risco a mais para a segurança dos passageiros, já que mesmo os projetos antigos, devem ter dimensões respeitadas.

O Volare Campeiro transporta 11 toneladas. A capacidade é de 31 passageiros sentados, além de motorista e auxiliar. Os bancos são reclináveis e há maior espaço entre as poltronas para aumentar o conforto. A distância entre o assoalho e o solo é maior em relação aos outros modelos por causa dos desníveis no trajeto que este tipo de ônibus pode enfrentar devido às condições de tráfego das áreas onde operam. Os ângulos de entrada e saída, que ficam na parte dianteira e na parte traseira dos ônibus também são diferenciados, assim como o sistema de suspensão.

O veículo pode ter ainda toldos, mesas retráteis, geladeira e reservatório com capacidade para 40 litros, que mantêm refrigeração por 12 horas. Há também pias e cadeiras. Estes equipamentos são ideais para situações onde não há locais para os trabalhadores fazerem as refeições. São plantações e áreas de trabalho distantes de alojamentos ou de serviços de saneamento. O ônibus assim pode virar uma espécie de área de alimentação e descanso. Outra configuração é a que oferece dois banheiros por ônibus, feminino e masculino, também indicada para áreas onde há pouca estrutura para os trabalhadores.

Assim, o Volare Campeiro não se restringe a oferecer deslocamento, mas condições de trabalho e de descanso durante a jornada. Os banheiros também contam com duchas para descontaminação de trabalhadores que usam agrotóxicos ou outras substâncias. Os investimentos na compra de veículos como este pode trazer mais conforto para os trabalhadores rurais e evitar transtornos aos proprietários de áreas rurais ou prestadores de serviços desta natureza. O eixo diferencial bloqueante é também um dos opcionais para o veículo enfrentar condições adversas de tráfego.

Fonte: Adamo Bazani/Canal do Ônibus
Foto: Gilmar Gomes

Presidente da Busscar vai prestar depoimento na Justiça como réu

O presidente da Busscar, encarroçadora de ônibus que acumula dívidas de R$ 1,3 bilhão e está há dois anos sem pagar os funcionários, Cláudio Nielson, foi intimado a prestar depoimento na Justiça em processo que apura supostos crimes contra a ordem econômica, tributária e de relações de consumo. A defesa tentou impedir o depoimento, alegando que as testemunhas de acusação seriam ouvidas por carta precatória, mas o juiz Marcos Buch rejeitou as alegações da defesa do empresário.

O depoimento de Cláudio Roberto Nielson foi marcado para esta quinta-feira, de acordo com o colunista do jornal A Notícia, Cláudio Loetz. A Busscar enfrenta sua segunda crise recente. A primeira foi entre os anos de 2001 e 2003, quando recebeu apoio do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social para se reerguer. A atual crise teve início em 2008. 


Segundo a empresa, foi reflexo das restrições ao crédito por conta da crise financeira internacional. Já analistas dizem que a Busscar não resistiu ao momento de turbulência econômica mundial, pois estava ainda fragilizada por conta do episódio do início dos anos 2000 e acumulou erros administrativos. Em 31 de outubro do ano passado, a Busscar conseguiu a oportunidade de apresentar um plano de recuperação judicial. A empresa se mostra otimista. Aguardando a aprovação de um programa de exportação de ônibus brasileiros para a Guatemala, no qual a empresa teria participação, a companhia da família Nielson prevê, neste plano, produzir somente em 2012, 1,8 mil carrocerias, com lucros de R$ 335,6 milhões.
 
Credores e representantes, como o Sindicato dos Mecânicos de Joinville, veem inconsistências no plano em relação aos números de mercado e discordam dos descontos sobre os débitos propostos pela Busscar. Em Assembleia Geral realizada pelos trabalhadores, o Sindicato dos Mecânicos já declarou que vai rejeitar na Assembleia Geral dos credores prevista para o final de maio o plano de recuperação. Outros credores também não se mostraram satisfeitos com o plano, principalmente em relação ais descontos.
 
 A Busscar só se livrará da falência se houver aprovação total do plano de recuperação. Outro ponto que levanta dúvidas em relação ao caso Busscar é que a família Nielson, dona da empresa, é credora também da própria companhia, e que tem a receber R$ 1,5 milhão da empresa que administra.
 
 Segue nota de Cláudio Loetz:
 
“O juiz João Marcos Buch indeferiu, em despacho do dia 6 de março, pedido do empresário Claudio Roberto Nielson, de suspensão de audiência marcada para quinta-feira, no Fórum da Comarca de Joinville. Nielson, que é presidente da Busscar Ônibus, é réu em ação penal por crimes contra a ordem tributária, econômica e de relações com o consumo. 

O processo tem o número 038.11.046337-1. Na defesa, os advogados dele queriam o adiamento porque as testemunhas de acusação serão ouvidas mediante carta precatória, em outros municípios, nos dias 19 de outubro e 14 de novembro.
 
 O juiz rejeitou a solicitação, invocando o artigo 222, inciso primeiro do Código de Processo Penal: “A expedição da precatória não suspenderá a instrução criminal”. E também citou, no despacho, o artigo 400 do mesmo código, que trata especificamente da audiência. E avisa para as testemunhas de defesa comparecerem na data definida, independentemente de intimação”.

Fonte: Adamo Bazani/Canal do Ônibus
Foto:  Adamo Bazani

terça-feira, 24 de abril de 2012

Siará Grande, 6 anos sem "bodinhos"

Hoje falaremos de uma das empresas que mais valorizam seus usuários, a SIARÁ GRANDE. Com pouco mais de 93 ônibus a empresa se destaca por ter um dos menores índices de ônibus leve, popularmente apelidados de bodinhos.
Em 2005, a empresa comprou 10 veículos do modelo Ciferal Citmax sob chassi Mercedes Benz OF-1418, e de lá pra cá, resolveu não apostar mais nessa classe de chassi. 


Porém em 2007, veio o 14511, um Busscar urbanuss com chassi Volkswagen 15-180, que entrou na frota por consequência da empresa ter comprado 4 tabelas da extinta Viação São Vicente, e segundo um acordo de compra, o ônibus deveria ir junto com a linha.



De 2006 pra cá, a Siará Grande somente comprou carros novos sob chassí Mercedes Benz OF-1722, ao todo foram adquiridos 79 ônibus. Os modelos adquiridos desde então foram Marcopolo Torino, Caio Apache S22 e Neobus Mega.
  • 2006 - Foram 13 Torinos "G6"
  • 2007 - Foram 17 Torinos "G6"
  • 2008 - Foram 12 Torinos e 2 Mega e 2 Apache S22
  • 2009 - Foram 5 Mega e 8 Torinos "G7"
  • 2010 - Foram 8 Torinos "G7"
  • 2011 - Foram 6 Torinos "G7"
  • 2012 - Já foram comprados 6 Torinos "G7", mas já tem a previsão de chegada de mais um, o 14208.
     
Após esta compra de leves em 2005, a empresa marca a sua entrada na era dos eletrônicos semi-pesados, pois a partir de então compraria somente o chassí OF-1722.
Obrigado Siará Grande por nos valorizar a cada dia com seus excelentes ônibus.
Apesar de possuir linhas que suportam o ônibus do tipo leve, a empresa não mudou sua posição até o momento, e por isso hoje exaltamos essa honrada empresa de transporte da capital Cearense.

Fonte: MOB Ceará
Fotos: J. Machado/Fabiano Dodt/Narcísio Santos/Josenilton Cavalcante

Etufor prorroga prazo de validade da carteira estudantil


A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) prorrogou o prazo de validade das carteiras estudantis 2011 por um mês. Os estudantes poderão pagar a metade da tarifa nos ônibus e vans da cidade até o dia 31 de maio.

De acordo com a Etufor, foram entregues este ano mais de 100 mil carteiras estudantis, porém, cerca de 200 mil alunos ainda necessitam fazer a solicitação. "Para não prejudicar esses alunos, a Etufor dará mais um tempo para que eles possam realizar o requerimento. O procedimento deve ser feito pela ''internet", informa o órgão. 

Nova carteira
A partir do dia 1º de junho, só será aceita a carteira de estudante 2012. O documento estará desbloqueado automaticamente nesta  data, sem a necessidade do comparecimento do aluno à sede da Etufor. 
Solicitação online
O procedimento de confecção e emissão das carteiras deve ser feito através do site das entidades estudantis ou na secretaria da própria instituição de ensino.

Após preencher os dados corretamente, o aluno deve imprimir o comprovante de solicitação, anexar a documentação exigida e entregá-lo na entidade, colégio ou universidade.

No caso dos estudantes de escolas e universidades particulares, será emitido também o boleto com as taxas de R$ 13,00 e R$ 15,00, respectivamente, para ser pago em agências lotéricas. A nova carteira só será entregue mediante confirmação da matrícula e pagamento do boleto.

A exemplo do que acontece todos os anos, alunos da rede pública receberão o documento gratuitamente, já que o mesmo será custeado pela Prefeitura Municipal de Fortaleza. 


Fonte: Diário do Nordeste
Foto: Diário do Nordeste(divulgação)

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Fotógrafo do dia

No quadro de hoje temos a foto do busólogo Washington Braga, o click foi colhido quando ele esteve na garagem da empresa Fretcar em 2011.


Empresa - Fretcar (Metropolitana)
Modelo - Busscar Urbanuss MBB OF-1721
Ano -1999
Placa - HVS-4575
Numeração - 017.1.533
Local: Garagem Fretcar
Fotográfo - Washington Braga 

 

sábado, 21 de abril de 2012

Homem é preso após assaltar passageiros de um ônibus

Um homem foi preso após assaltar um ônibus que realiza a linha Planalto Ayrton Sena/Centro, no fim da tarde deste sábado (21), no Bairro Montese, em Fortaleza. 

Segundo informações do 5º Distrito Policial (DP), o suspeito foi seguido por um policial militar (PM) que estava saindo do serviço e considerou a atitude dele "estranha". O homem foi preso na Avenida dos Expedicionários.

De acordo com a polícia, o cabo da PM deixava o trabalho quando percebeu a ação do suspeito e decidiu seguir o ônibus. Ao descer do ônibus, o assaltante foi surpreendido pela presença do policial e trocou tiros com ele. O PM conseguiu imobilizar o suspeito, ninguém ficou ferido. O caso foi encaminhado para o 5º DP.

Fonte: G1
Foto:Peterson Pedrosa

Primeira reunião entre Sintro e Sindiônibus

Em reunião realizada nesta sexta-feira, dia 20, na sede da SRTE (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego), Sindiônibus e Sintro acertaram  a sistemática que conduzirá as negociações alusivas à convenção coletiva de 2012, assim como o calendário dos encontros  que será composto por cinco reuniões nos dias 26 de abril e 04, 11, 18 e 25 de maio.
A expectativa do Sindiônibus é que um acordo seja fechado  o mais breve possível e que as negociações sejam conduzidas com equilíbrio, levando-se em conta o compromisso assumido pelo Sintro em não promover paralisações intempestivas causando danos ao patrimônio público, aos trabalhadores e à população de Fortaleza.
Fonte: Sindiônibus
Foto: Arquivo
 

Montadora de ônibus do Uruguai anuncia fábrica em Bagé, RS

Com sede em Montevidéu e com mais de 10 anos de experiência no ramo, a montadora de ônibus uruguaia Carrocerias Patriarca anunciou nesta sexta-feira (20) que irá instalar uma fábrica na cidade de Bagé, na Região da Campanha do Rio Grande do Sul. O empreendimento deve começar a funcionar em 2013 e promete gerar mais de 120 empregos diretos no município. O investimento inicial será de R$ 11 milhões.


Empresários da montadora uruguaia visitaram na tarde desta sexta-feira (20) o local das futuras instalações, uma área com 15 mil metros quadrados localizada na Vila Industrial de Bagé. A previsão é que 540 veículos sejam produzidos por ano para o mercado nacional e internacional. Cerca de 90% da mão de obra utilizada na indústria será local.

Foram seis meses de negociações para a instalação da primeira montadora do gênero na Metade Sul do estado. Seis modelos de ônibus e micro-ônibus serão construídos na planta da montadora em Bagé. A previsão é que o volume de vendas chegue a R$ 34 milhões por ano.

Fonte: G1
Foto: Javier Martegani

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Sindiônibus considera paralisação 'uma perturbação à ordem' e rebate acusações do Sintro

Os moradores de Fortaleza e Região Metropolitana foram surpreendidos na manhã desta quinta-feira (19), por volta das 6h, com uma paralisação das linhas metropolitanas que circulam na região.

De acordo com o presidente do  Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), Dimas Barreira, a manifestação aconteceu sem aviso prévio e perturbou a ordem na cidade. "O que eles tão fazendo não é manifestação, é uma perturbação à ordem. Eles prejudicam não só os trabalhadores, como toda a população. Fizeram até assédio moral com outros motoristas". Dimas informou que apesar da manifestação, nesta sexta-feira (20) acontecerá uma reunião entre o Sindônibus e Sintro para organizar as negociações. "O Sintro sabe muito bem que com paralisação não há negociação. Apesar disso vamos a reunião amanhã". 

O presidente do Sindiônibus considerou que caso haja novas manifestações a polícia interceda na situação. "A gente considera que a polícia possa agir se eles fizerem esse novo tipo de coisa". Dimas rebateu as acusações dos participantes do Sintro informando que todas as demissões aconteceram dentro da lei. "Demissão é uma coisa que acontece diariamente em todas as empresas. Fazemos tudo de acordo com a lei". 

Cerca de 70 mil pessoas utilizam os serviços da Via Metro todos os dias.

40 ônibus parados
De acordo com o coordenador de tráfego da empresa Via Metro, Enos Bernardo, cerca de 40 ônibus foram parados e tiveram os pneus secos por representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará (Sintro).


Ainda segundo o coordenador, a empresa não teria sido avisada da manifestação. Os focos da paralisação foram as avenidas Duque de Caxias, do Imperador e João Pessoa e as ruas Tereza Cristina e Princesa Isabel.

Fonte: Diário do Nordeste
Fotos: MOB Ceará

De onde veio ??? Geronimo Tur 002 e 003

Hoje trazemos em nosso quadro dois belissímos rodoviários que marcaram época. Trata-se dos carros 002 e 003, da empresa Geronimo Turismo, que tem sede na cidade de Brejo Santo. Os veículos são dois Monoblocos Mercedes Benz O-400 RSD, e pertenciam a Cia. São Geraldo, onde suas respectivas numerações era 4433 e 4437.

Carro 002

Monobloco MBB O-400 RSD de placas GPN-8245
Carro 003
Monobloco MBB O-400 RSD de placas GPN-8248
Fonte: MOB Ceará
Fotos: Narcísio Santos/ J. Machado/ Agnel Gomes/ Wescley Araújo



Iveco anuncia que vai fazer ônibus no Brasil

De olho nas boas perspectivas do setor de produção de ônibus, principalmente a partir do ano que vem, quando os efeitos da renovação antecipada da frota que ocorreu no ano passado por causa da entrada de uma nova tecnologia de redução de poluição já devem ter sido minimizados, a Iveco, que hoje produz o modelo de minionibus City Class em parceria com a Neobus, tem planos maiores para o Brasil.
 

O City Class teve boa parte de suas vendas destinadas ao Programa Caminho da Escola. A marca, que é uma das maiores produtoras de ônibus da Europa, vai fazer chassis de ônibus urbanos e rodoviários no Brasil.

O anúncio foi feito pelo presidente da marca na América Latina,  Marco Mazzu, durante apresentação da nova linha Euro da família Daily. Os ônibus devem ser anunciados no final deste ano e as primeiras unidades devem ser fabricadas já em 2013. O “namoro” da Iveco com o setor de ônibus no Brasil é antigo.

Entre 2008 e 2010, por conta de instabilidades econômicas internas e externas, a empresa preferiu não se arriscar. No ano de 2011, um dos melhores da história da indústria de ônibus, a empresa não teria condições ainda de atender a demanda aquecida.

No ano que vem, o primeiro chassi da marca deve estar nas ruas
Mas agora, com o possível crescimento gradativo, a empresa não quer perder a oportunidade, ainda mais em anos próximos a Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016, e a modernização dos serviços de mobilidade urbana, fatos que devem aquecer o mercado.

Fonte: Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Fotos: 

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Motoristas e cobradores de empresa de Maracanaú paralisam atividades

Motoristas da empresa Via Metro, com linhas que atendem ao município de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza), voltaram a paralisar as atividades nesta manhã de quinta-feira, 19. A categoria alega atraso no pagamento de horas extras.

Neste momento, vários ônibus estão concentrados na avenida Duque de Caxias, nas proximidades da avenida Imperador, no centro da Capital. Há veículos da empresa parados também nas ruas Teresa Cristina, Princesa Isabel e avenida João Pessoa.


Em contato com O POVO Online, o coordenador de tráfego da empresa, Enos Bernardo, informou que pelo menos 12 linhas que ligam Maracanaú a Fortaleza foram afetadas. Até agora, pelo menos 40 ônibus tiveram os pneus esvaziados, segundo o coordenador. “Solicitamos apoio de todas as empresas de ônibus urbano para fazer reposição de válvulas e troca de pneus”, disse Enos.


Sobre a reivindicação dos motoristas e cobradores, Enos Bernardo informou que as horas extras estão sendo pagas regularmente e estão entrando no contracheque dos trabalhadores. Para ele, possivelmente, a manifestação se deve a alguns casos de funcionários que foram desligados da empresa.

Fonte: Lusiana Freire - O POVO Online
Fotos: MOB Ceará

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Onde está você 480 da Canindé ???

No quadro de hoje temos um ilustre Comil Campione 3.45, trata-se do carro 480 da empresa Canindé, um ônibus equipado com chassí Mercedes Benz OF-1721. Este ônibus podia ser visto constantemente fazendo viagens entre Fortaleza e o município de Canindé.
 

Mas aí então com a finalização das operações da Expresso Canindé, o carro foi repassado para a Viação Princesa dos Inhamuns, na qual permaneceu com a numeração 480.


Já nos dias atuais, este belo ônibus pertence a empresa Jardel Turismo, com sede na cidade de Crateús, cidade que também é operada pela Viação Princesa dos Inhamuns. A empresa possui código Detran 619, e este carro recebeu a numeração 022.


Fonte: MOB Ceará
Fotos: Leandro Souza/ Jardel Machado