REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

sábado, 12 de junho de 2021

Conheça o Paradiso GV 1450 da Banda Styllus

É mantido pela Banda Styllus um potente Marcopolo Paradiso 1450 com chassi Scania K113CL.



A banda que marcou época com canções como "Dor de saudade", "Coração velho II" e "Lágrimas", comprou esse ônibus nos anos 90 e, curiosamente", ele foi usado de demonstração pela Marcopolo para a apresentação da linha GV. O veículo possui ano de fabricação 1994, tem tração 6x2, e está há muitos anos na banda.



Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos


sexta-feira, 11 de junho de 2021

Expresso Guanabara desativa e vende mais quatro ônibus 2014

A Expresso Guanabara é referência na venda de veículos usados. Desta vez, a empresa desativou e vendeu mais quatro ônibus que faziam parte da sua frota.
 

O quarteto vendido ostentava os prefixos 454, 458, 480 e 481. Os ônibus possuem 46 poltronas reclináveis, encosto para pernas, ar condicionado, monitores de tv, sistema de áudio, janelas seladas, WC e geladeira. Os veículos que chegaram a receber o prefixo do intermunicipal cearense, atualmente, estavam apenas com o cadastro de três dígitos, padrão da empresa.
 


O ônibus que ostentava o número de ordem 454 fez suas últimas viagens interestaduais nas linhas Fortaleza (CE) x São Luís (MA), Fortaleza (CE) x Recife (PE) e Fortaleza (CE) x Mossoró (RN). Já o 458 operou, ultimamente, os trechos João Pessoa (PB) x Teresina (PI), Caxias (MA) x Teresina (PI) e Fortaleza (CE) x Belém (PA). A dupla foi vendida à Cooptransp. Já os ônibus de prefixo 480 e 481 não tiveram o seu destino especificado.
 

Fonte: MOB Ceará
Redação: Nemezio Neto

quinta-feira, 10 de junho de 2021

MOB em Debate: A exclusão da prioridade de vacinação dos profissionais do transporte coletivo

Caro leitor, estimada leitora, afinal, para você, o que é essencial? De que forma é possível definir o que é mais necessário a partir de determinada situação? Sim, este MOB Ceará em Debate remete a algo urgente que já está seguindo a passos largos: a vacinação em massa.

Acontece que, tamanho foi o espanto e, principalmente, a surpresa, quando divulgado recentemente que os profissionais do transporte rodoviário foram excluídos da lista (já existente) de prioridades na vacinação.



É simplesmente estranho pensar em tal atitude, não porque os rodoviários merecem mais, mas porque estão expostos diariamente ao risco externo e não pararam um só dia durante a pandemia na prestação desse serviço tão essencial para a população.


Vale ressaltar que ninguém aqui busca ser melhor do que os outros. É certo que os operadores de supermercado, por exemplo, são tão importantes quanto e também mereciam estar em fila de prioridade. A questão aqui é a retirada (até então sem explicação lógica) do direito adquirido e amplamente divulgado antes como conquista de toda a categoria. Acima de tudo, o básico do respeito para proporcionar um alento na luta diária.


Porque oferecer uma prioridade, mais do que justa por sinal, e depois, de forma completamente estranha, negar este direito sem oferecer motivos claros e condizentes?


O sistema de transporte vem passando por diversas dificuldades nos últimos anos e é certo que decisões como essa só tendem a diminuir ainda mais os ânimos da já exausta categoria.



Como portal de comunicação, o posicionamento da Equipe MOB Ceará é um só: vacina para todos o mais rápido possível e respeito ao que já foi acertado. Prioridade aos rodoviários não é só um direito, é questão de justiça social.

O MOB Ceará deixa, aqui, sua singela homenagem aos motoristas que faleceram por complicações causadas pela Covid-19. 

quarta-feira, 9 de junho de 2021

Comil finaliza Campione 3.25 para a Prime Plus

A Equipe MOB Ceará recebeu, com exclusividade, fotos de um dos dois Comil Campione 3.25 com chassi OF-1721 adquiridos pela empresa Prime Plus, finalizado na fábrica.


A compra dos veículos havia sido anunciada, em primeira mão, em matéria veiculada por este site no último dia 30. O ônibus em questão recebeu o prefixo 732, e deverá chegar nos próximos dias. A outra unidade será concluída em breve.



Fonte: MOB Ceará
Redação: Paulo Henrique Felício

terça-feira, 8 de junho de 2021

Fortaleza se mantém em estado de greve, mas "topiques" operam normalmente

Os colaboradores das empresas de ônibus de Fortaleza estão em estado de greve, o que não significa que a cidade esteja desassistida de transporte público.



Pela manhã, algumas empresas tiveram apenas 4 ônibus liberados, mas as outras operaram com mais veículos. O propósito era de que circulasse 70% da frota, o que não se sabe se isso ocorreu de fato.


O transporte complementar, operado pela COOTRAPS não é sindicalizado pelo SINTRO, tendo seus acordos salários com outra instituição. Nas linhas do Bom Jardim e adjacências a Fretcar quase não operou, mas os órgãos controladores remanejaram veículos de outras empresas para não criar maiores problemas.



Há pouco tempo antes da publicação desta matéria, o MOB Ceará recebeu em suas redes sociais a informação de que pessoas estariam retirando a chave de ignição de alguns ônibus no meio da rua. Mais informações, você acompanha nas redes sociais do MOB.


Fonte: MOB Ceará

Redação: Narcisio Santos

Busca de Relíquias volta a Limoeiro e Russas

A saga incessante da equipe MOB Ceará, em buscar ver de perto os ônibus antigos que rodeiam o estado do Ceará, achou novidades. 
 

A viagem contemplou as cidades de Limoeiro do Norte, a localidade de Flores (em Russas), Jaguaruana, Aracati e rodovia CE-040, mas não foi achado nada em algumas cidades delas pelos trechos percorridos.

O primeiro ônibus velho achado foi às margens da BR-116 antes de Russas. O ex 36602 da Viação Santa Cecília que está no transporte escolar, mas sem operação aparentemente. 
 

Depois disso, foi achado em uma sucata onde a equipe já andou em 2014 e 2015 algumas raridades, inclusive carros como uma Brasília 4 portas e um Landau 1982. Lá, estava o ex 0202034 da MS Turismo e um Monobloco O-371 da Praiano, que possivelmente era o ex 136. A mecânica já tinha sido toda tirada. 
 
 
 
 
 


Chamou a atenção também a parte traseira do ex 25516 da São Francisco. Vale lembrar que em 2019 a equipe achou o ex 25517 inteiro em Russas. 
 

Indo em direção ao Limoeiro do Norte chega outra surpresa - o ex 40726 da Cidade Luz, ostentando ainda a pintura e a marca da numeração. Metros depois, foi achado o ex 35728 da Vega, com a porta do meio fechada. 
 

Ainda em Limoeiro, foi achado outros ônibus como micros e rodoviários, mas a equipe julgou não serem tão importantes para virarem destaque nesta postagem.

A caminho de Flores, foi achado mais um ex Cidade Luz. O 40721 estava todo amarelo e muito bem conservado. Após ele, a equipe foi em busca de rever, depois de 7 anos, o Caio Bela Vista 1976 que todo dia roda de Flores à Russas levando passageiros. Desta vez, ele estava na garagem e os busólogos pediram autorização para fotografá-lo por dentro. O dono foi bastante gentil, e ainda trouxe uma fotografia de quando ele foi adquirido por ele, em 2000. O ônibus foi comprado da empresa Transpalhano, que ficava na cidade de Palhano. Segundo ele, o ônibus raramente apresenta algum problema, o chassi LPO-1113 não o deixa na mão! Já houve diversas oportunidades de renovação, mas o proprietário optou de manter o velho guerreiro. 
 
 
 
 



Na lataria, há diversos resquícios de pinturas. A primeira aparenta ser toda laranja, do tom que a Cialtra utilizava, e no teto tem um pouco de um desenho com barras pretas e fundo verde. Os pesquisadores do MOB não tiveram como identificar a real origem dele, mas vai haver a terceira missão MOB para que se possa conferir no documento dele a placa de duas letras e, assim, chegar-se a conclusão de quem foi esse misterioso Caio Bela Vista. 
 

Foram vistos mais ônibus, como o ex 36684 da Viação Timbira, mas como estava da mesma forma que o MOB viu em 2019, foi decidido não ir até perto dele. O ex 18126 da Salete também foi visto em um circo na cidade de Aracati, mas como ele também se encontra no mesmo estado que foi visto em 2014, conforme pode ser visto nesse link, a equipe preferiu não se aproximar.


Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos