REDES:

_

Brasileiro 5045: um raro G6 Volvo que operou no intermunicipal cearense Sistema urbano de Fortaleza com 100% da frota acessível Expresso Cabral comemora 65 anos com renovação de frota Vega Manaus já passa de 160 ônibus e recebe 4 Marcopolo 0km Prime Plus recebe o MOB Ceará pela primeira vez Expresso Tur apresenta seus rodoviários ao MOB Ceará

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

sábado, 26 de novembro de 2022

Quem vendeu mais de 2017 a 2021 ao SIT-For? Saiba nesta matéria

O MOB Ceará fez um levantamento de dados afim de apurar qual das montadoras de chassis vendeu mais no período dos anos de 2017 a 2021.


A pesquisa mostra apenas os 357 chassis encomendados pelas empresas urbanas da capital cearense, sem considerar o transporte metropolitano e complementar. Veja a seguir:


A Mercedes-Benz foi a responsável pelo fornecimento de 66% dos chassis entregues, seguida da Volkswagen 32% e Volvo 1,7%. As aquisições de 2022 ainda estão sendo concluídas, e não entraram para a contagem embora, até o momento, só estão chegando chassis da Mercedes-Benz.



Redação: Narcisio Santos

sexta-feira, 25 de novembro de 2022

Onde Está Você? São Vicente 16238

O destaque de hoje do quadro que mostra o paradeiro de ônibus que fizeram parte do transporte cearense é um Busscar Urbanus de 1992 que pertenceu à São Vicente Transportes.


O veículo, equipado com o chassi Mercedes-Benz OF-1315, teve passagem por diversas empresas em seus 30 anos de estrada. Sua primeira "casa" foi a Viação Bons Amigos, onde teve os prefixos 05138 e 05238. Com a criação da Viação São Vicente, se tornou 16238.


Tempos depois, duas empresas de turismo também tiveram o privilégio de possuir este possante em suas frotas: a Viação Anjo Bom, que o enumerou com o prefixo 5552002, e a Araújo Tur, que o batizou como 5552092.


Recentemente, o veículo foi encontrado no bairro Marmoré, no município de Capistrano (CE), onde provavelmente atua como transporte particular.



Redação: Lucas Fernando

quinta-feira, 24 de novembro de 2022

Empresa Serra do Félix em desenhos

Se não tem fotos, os busólogos dão um jeito de manter viva a lembrança do transporte cearense. Este site apresenta dois desenhos de ônibus que passaram pela história da pequena empresa, já extinta, Serra do Félix.


O primeiro trata-se do carro 13 que teve uma carroceria rara no Ceará - o Thamco Pégasus, com chassi Mercedes-Benz O-355. O modelo lembra muito o Thamco Padron Águia, pelo conjunto óptico que é o mesmo.


Já o segundo ônibus é o carro 19 de modelo Comil Condotiere 3.40, com motorização dianteira e chassi Mercedes-Benz OF-1318. Ele foi um dos últimos a serem vendidos pela empresa que mantinha sede no bairro Messejana. Além de rodoviários, a Serra do Félix também teve modelos urbanos em sua frota.

Redação: Narcisio Santos

quarta-feira, 23 de novembro de 2022

21906: o único Torino com destino frontal bicolor no sistema

Tempos atrás, o MOB Ceará lançou uma matéria destacando alguns ônibus da Aliança Transportes que possuem características únicas no sistema de Fortaleza, porém, há algum tempo, outro veículo passou a fazer parte dessa lista, o 21906.


Neste ano, o veículo de fabricação 2009 que originalmente tinha um painel eletrônico frontal com LED's brancos da marca FRT, recebeu um outro equipamento da fabricante Mobitec que é bicolor, semelhante ao dos veículos 2017, 2018 e 2020 da companhia.


Redação: Paulo Henrique Felício

terça-feira, 22 de novembro de 2022

Primeiro G7 1200 da Via Luxo tem pintura finalizada

Teve a pintura concluída o primeiro Marcopolo Paradiso G7 1200 adquirido pela empresa de fretamento e turismo cearense Via Luxo, que recebeu o prefixo 3612090.


O veículo recebeu um lindo layout que tem os mesmos vetores já utilizados pela companhia, que destacam a estátua de Iracema e a orla marítima de Fortaleza, porém com tons de rosa. A carroceria dispõe de 46 poltronas com encosto para pernas e sanitário, e é unida a um chassi Mercedes-Benz O-500RSD.








Redação: Paulo Henrique Felício

segunda-feira, 21 de novembro de 2022

São José, Santa Maria, Maraponga e Santa Cecilia são únicas em algo: leia

As quatro empresas citadas no título desta matéria possuem algo em comum: são as únicas que ainda operam com veículos da classe semileve, ou seja, os micro-ônibus.


Todas as outras empresas que já tiveram modelos desse porte extinguiram a classe, o substituindo pelos micrões ou mesmo ônibus convencionais. As únicas que nunca tiveram micros são a Aliança e Siará Grande. Veja o ranking de quem mais tem micros na frota:

Santa Maria: 12

São José: 6

Maraponga: 3

Santa Cecília: 2

OBS: O veículo 12401 da São José foi desativado há alguns meses, e por isso não foi contabilizado nessa pesquisa.


Redação: Narcisio Santos