MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Saiba quantos ônibus a gigante Gontijo possui MS Turismo renova frota com Caio Solar 2013 Viação Penha se mantém com a 4ª frota mais nova João Pessoa-PB renovando a frota com Torino São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

terça-feira, 26 de setembro de 2017

088-Antônio Bezerra/Albert Sabin: 8 anos de operações

Em 26/09/09 a ETUFOR criou a linha 088-Antônio Bezerra/Albert Sabin, que pretendia ligar o Terminal Antônio Bezerra ao Hospital infantil Albert Sabin, no bairro Vila União.


Inicialmente, a linha contava com 5 ônibus, sendo 3 da Via Máxima e dois da Santa Maria. A rota rodava com uma baixa demanda, pois geralmente os mais jovens se atualizam primeiro das mudanças ocorridas no transporte. Logo depois de alguns meses, a linha começou a ser conhecida e teve sua frota ampliada.

Atualmente, apesar do destino da linha ser o hospital infantil, a maior parte dos passageiros se concentram na Contax, empresa de comunicação que é instalada na Av. Borges de Melo. Hoje, somente a empresa Santa Maria opera em todas as 8 tabelas da linha, com uma frota 100% equipada com ar-condicionado.


Fonte: MOB Ceará

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Expresso Cabral mantém há 26 anos duas lendas vivas da Marcopolo

Em 1991, ano em que foi realizado o 2º Rock In Rio, foi também o ano em que a Expresso Cabral adquiriu dois Marcopolo Viaggio G4 1100 de fábrica.


Os ônibus com suspensão-a-ar receberam os prefixos 130 e 131, e operam na frota até hoje, somando mais de 26 anos de atividades. Os ônibus, inicialmente, foram escalados para operar nas linhas intermunicipais da empresa, onde rodam até hoje levando consigo a extrema conservação. Os ônibus mais antigos da Cabral vendem a ideia de que as licitações de transporte no Brasil não deveriam focar na idade média, mas conservação e segurança no transporte coletivo.

Confira algumas fotos das joias raras da Expresso Cabral:

''Essa é uma singela homenagem a empresa fundada por Francisco Chico Cabral, fundador da companhia que faleceu nesta semana. A Equipe MOB Ceará lamenta a perda deste homem que marcou a história de Natal.''
Fonte: MOB Ceará

Fortaleza x Crateús: A Linha e seus detalhes

Em mais uma edição do quadro linha do dia, o MOB Ceará apresenta, ao estimado leitor, as informações da linha que liga Fortaleza a cidade de Crateús.

A linha, inicialmente, era operada pela Rápido Crateús, empresa que encerrou suas operações no transporte rodoviário em 2010, após a licitação e que hoje opera no turismo. Atualmente, o direito de transportar esse trecho pertence à Viação Princesa.


A cidade de Crateús fica a uma distancia de cerca de 355km da capital Fortaleza e a viagem dura em media 7 hrs.


Ela foi fundada no ano de 1832, o seu nome vem do tupi-guarani e significa local “muito seco”.


Com a 14º maior população do estado, a cidade está em constante desenvolvimento social e econômico. Um dos pontos turísticos de Crateús é a reserva natural da serra das almas, uma área que preserva o bioma natural do sertão, a caatinga.


A Viação Princesa atende ao usuários da linha com diversos horários diurnos e noturnos, direta e indiretamente com as linhas Fortaleza x Novo Oriente/Via Crateús, Fortaleza x Ipaporanga/Via Crateús e Fortaleza x Quiterianópolis/Via Crateús.




Já os horários diretamente atendidos pela empresa possui 2 variações: via Independência e via Santa Quitéria. Acompanhe o itinerário de ambas a seguir:



Fortaleza x Crateús / Via Independência

Fortaleza
Madalena
Boa Viagem
Santa Cruz Banabuiú (distrito) (também conhecido como Cruzeta)
Independência
Crateús

Fortaleza x Crateús / Via Santa Quitéria

Fortaleza
Canindé
Santa Quitéria
Catunda
Tamboril
Sucesso
Crateús



Fonte: MOB Ceará

A difícil tarefa de trafegar pela rodovia Transamazônica

Trafegar pela rodovia Transamazônica não é uma tarefa fácil de se desempenhar, como é sabido de quem acompanha telejornais e a mídia em geral.


No interior do Pará, os ônibus e caminhões que trafegam pela rodovia sofrem com constantes atolamentos, em épocas de chuva. A estrada é puro barro. Além da periculosidade de tráfego devido pontes de madeira que, com a umidade do inverso e da quadra chuvosa, fica vulnerável conforme mostra a imagem abaixo.
No Pará, na cidade de Itaituba, uma empresa de ônibus transporta funcionários e possui a missão de trafegar diariamente pelo trecho ruim. A empresa procura sempre deixar os veículos em bom estado de conservação, e possui essa facilidade devido o seu proprietário trabalhar com uma matéria-prima chamada fibra.

Sr. Anysio aproveitou que domina o uso do material e refez a ''cara'' de seus Comil Campione 3.45, os transformando em Marcopolo G6. O trabalho ficou bem feito, bem modelado e ele realizou nos demais veículos da frota. Confira algumas imagens chocantes dos ''Comil G6'' da Transmaia em situações difíceis na estrada:

Fonte: MOB Ceará

Tradutor