Destaques no MOB Ceará

domingo, 2 de agosto de 2015

Mudanças e mais conforto em linhas de ônibus de Fortaleza

Em Fortaleza, com a constante renovação de frota das empresas, algumas linhas já estão recebendo veículos mais confortáveis, maiores ou com o equipamento de Ar-condicionado.



CONFORTO

Com a renovação de frota da Viação Fortaleza, as linhas 004-Messejana/Papicu/Cambeba LJ, 068-Messejana/Papicu/Cambeba TJ e 019-Messejana/Papicu/Manibura, estão com quase 60% da frota, composta por veículos equipados com Ar-condicionado. Os ônibus possuem ano de fabricação 2014 e 2015. Outra linha que recebeu o seu primeiro climatizado, foi a 084-Siqueira/Messejana via Perimetral. A rota agora conta com  1 ''geladinho'' dentre os 10 veículos que compõem a frota.

Com o início das operações dos 5 novos micrões da Viação Fortaleza, a linha 702-Av. Antônio Sales recebeu dois desses climatizados. Vale ressaltar que esses mesmos dois veículos, realizam meia viagem na linha 363-Vila Manoel Sátiro/Centro antes de iniciarem a jornada na linha 702.

Além dessa, a Fortaleza deixou a frota da linha 611-Estrada da Cofeco 100% climatizada, pois escalou mais dois Marcopolo Sênior Midi para operar na linha. A empresa também aumentou a quantidade de climatizados na linha 825-Cidade dos Funcionários/Papicu 2.

A linha 088-Antônio Bezerra/Albert Sabin já conta com dois climatizados oferecidos pela empresa Santa Maria. Os carros chegaram em solo fortalezense há poucos dias mas já estão em operação.


Outras linhas não receberam climatizados ainda, porém estão operando em dias úteis com veículos maiores, é o caso da  648-Cidade Nobre/Messejana, que agora conta com dois micrões 2013.

MUDANÇAS

No sistema de transporte ocorrerá algumas mudanças a partir de Segunda-feira. A linha 222-Antônio Bezerra/Papicu/Antº Sales vai voltar a ter um ônibus articulado em dias úteis, que vai operar somente em horários de pico. A intenção é de que o carro da Viação Santa Cecília sirva de reserva para os outros 7 articulados que operam na linha 200-Antônio Bezerra/Centro- afim de substituir algum dos veículos em caso de defeitos ou colisões. A linha 200 é, até o momento, a única que utiliza as estações em nível do corredor Expresso Fortaleza, que faz uso de portas do lado esquerdo do ônibus para embarque e desembarque.

Além disso, as linhas 340-Conjunto Itaperi e 504-Av. 13 de Maio 2, deixarão de ser operadas pela Auto Viação Dragão do Mar e serão assumidas pela Auto Viação São José. A troca resultará no início das operações da Dragão do Mar na linha 391-Passaré/Parangaba, que terá o seu final de linha em frente a garagem da empresa.

Fonte: MOB Ceará

sábado, 1 de agosto de 2015

Aquisições: Expresso Timbira em 2001

O ano de 2001 para a Expresso Timbira foi um momento de novidades na frota do setor urbano, na história da empresa. Em 01 de Maio de 2001, a empresa assumia o controle das linhas e veículos da Transportadora Irmãos Bezerra, e com isso, a frota do setor urbano que possuía pouco mais de 50 carros, para mais de 90 veículos operantes.


A Expresso Timbira adquiriu as seguintes linhas: 030, 038, 041, 042, 051, 052, 080, 309, 311, 312, 321, 339, 349, 359, 371, 390, 633 e 651. Algumas delas a empresa já compartilhava mas a maioria foi novidade para aquele momento. Com as linhas, a empresa da família Azevedo adquiriu 20 carros da Irmãos Bezerra (96, 97, 98) e alugou alguns deles, até a chegada da maior aquisição no setor urbano da empresa até aquele momento.

A Expresso Timbira adquiriu 20 Comil Svelto do modelo mais moderno para aquele ano, sendo 10 unidades montadas sob o chassi Volkswagen 16-210 CO e 10  montados sob o chassi Mercedes-Benz OF-1721. Os ônibus receberam os prefixos 03161 ao 03180, mas depois de alguns meses, foram renumerados para os prefixos finais 101 ao 120, distribuídos entre os códigos operacionais 03 e 36. Um detalhe é que os carros Volkswagen possuíam cinto de segurança no assento preferencial, já os Mercedes não.

Os carros foram escalados nas seguintes linhas:

03161- 029- Parangaba/Náutico
03162- 038- Parangaba/Papicu
03163 e 03164- 028-Antônio Bezerra/Papicu
03165 e 03166- 027-Siqueira/Papicu via Aeroporto
03167 e 03168- 011/012-Circular 1 e 2
03169 e 03170- 031-Av. Borges de Melo 1
03171, 03172, 03173, 03174 041-Av. Paranjana 1
03175, 03176, 03177- 076-Conjunto Ceará/Aldeota
03178 e 03179- 030-Siqueira/Papicu via 13 de Maio
03180- 080-Francisco Sá/Parangaba

Dos carros da empresa, os que mais duraram com o prefixo ''03''  que pertence a Expresso Timbira, foram os 03109 e 03110, que foram para a Viação Timbira somente em 2008.

As primeiras unidades do modelo a serem desativadas, foram os de chassi Volkswagen, no ano de 2009, quando a empresa adquiriu 50 novos ônibus e desativou todos os carros com fabricação 1996, 1997, 1998, 2000 e 9 Comil Svelto. O últimos foram vendidos em 2012, com a chegada de 5 Marcopolo Viale adquiridos da Empresa São José de Ribamar. 



Fonte: MOB Ceará

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Nota de Pesar: Francisco de Albuquerque Lima

Com pesar, o MOB Ceará informa o falecimento do Sr. Francisco de Albuquerque Lima, um dos fundadores da mais antiga empresa em atividades no sistema urbano: A Viação Fortaleza.

É uma grande perda, tanto para a família, como para a empresa, além da história do transporte coletivo de passageiros, que acaba perdendo uma memória viva de toda a luta para o desenvolvimento de um serviço essencial para a população.


A Viação Fortaleza foi fundada em 1952, com a compra de algumas caminhonetes para operar na linha Campo de Aviação, atual Aerolândia e atualmente se encontra entre as cinco maiores frotas do sistema urbano, com mais de 200 ônibus operantes.

A chegada do 34º Viale da São José de Ribamar

A São José de Ribamar, tradicional e renomada empresa do transporte urbano de Fortaleza, operante entre os anos de 1967 e 2012, ficou marcada pela maciça aquisição do modelo de carroceria Marcopolo Viale.


Em seu período de atuação, a empresa adquiriu um total de 36 veículos, entre os anos de 2001 e 2012, sendo que 28 deles eram equipados com elevador para cadeirantes e seis unidades possuíam Ar-condicionado e poltronas similares às dos ônibus rodoviários.

O 34º ônibus Viale da São José de Ribamar chegou na garagem há pouco mais de 4 anos, na manhã do dia 5 de Julho de 2011 e surpreendeu por causa de um curioso erro da encarroçadora, que aplicou um adesivo com a marca "Torino" na parte externa acima da janela do motorista.


O equívoco logo foi solucionado e antes mesmo de o veículo entrar em operação, teve este incorreto adesivo removido para que um novo logotipo do Viale fosse colocado em seu devido local.


Equipado com chassi Mercedes-Benz OF-1722, o ônibus começou as suas operações em Agosto do mesmo ano, e ficou efetivo na linha 650 - Messejana/Centro via BR Nova - Expresso até o fim das operações da empresa, substituindo o 10317. 


O veículo dispunha de um amplo espaço interno, e com 33 assentos à disposição dos passageiros.
É destaque também a atenção da empresa com a acessibilidade, pois assim como vários ônibus da empresa, este Viale possuía duas vagas para usuários cadeirantes.


O 10154 também estreou o novo multiplex, que possuía botões flexíveis e que aproveitava melhor o espaço do painel.
 
Painel 10154
Painel 10153

Após o impedimento das operações da Empresa São José de Ribamar, todos os seus ônibus ficaram paralisados, e, pouco a pouco, alguns veículos foram absorvidos por outras empresas de Fortaleza e RMF.


O ônibus mostrado nesta matéria foi adquirido pela Via Metro ainda em 2012 e circula até os dias de hoje na linha 338 - Maranguape/Ceasa, com o prefixo 0211133.


Confira a seguir um vídeo que mostra um pouco do 10154 no mesmo dia que chegou de fábrica, ainda sujo por causa dos vários quilômetros que ele percorreu momentos antes.



Fonte: MOB Ceará