REDES:

_

Prime Plus recebe o MOB Ceará pela primeira vez Expresso Tur apresenta seus rodoviários ao MOB Ceará A última frota operante da Transportadora Irmãos Bezerra Viação Princesa tem 59% de veículos com menos de 4 anos Saga em busca de relíquias chega nas cidades de Boa Viagem e Quixeramobim

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

Primeiros G8 da Guanabara estão a caminho do Ceará

Surgiram fotos dos 02 primeiros Marcopolo G8 da Expresso Guanabara, que já estão em viagem para o Ceará.


Tratam-se dos primeiros veículos da oitava geração de rodoviários da encarroçadora gaúcha de todo o território cearense. Os Paradiso 1800 DD são equipados com chassis Mercedes-Benz O-500RSD, e contam com configuração 100% leito (serviço Glamour), semelhantes aos outros ônibus que chegaram nos dois anos anteriores.



Redação: Paulo Henrique Felício

Maraponga é a única empresa que nunca utilizou ônibus acima de 10 anos

Independente das crises que o transporte passou ou está passando, a Maraponga Transportes se destaca por ser a única empresa dos últimos tempos a nunca ter usado um veículo com idade superior a 10 anos.


Na verdade, 2022 está sendo o ano onde ela mais passou tempo com um ônibus, apesar de que até 2003, a Maraponga só utilizava sua frota até completar 5 anos no máximo. Com a aquisição de 12 tabelas da empresa Salete, a empresa necessitou de tardar um pouco a idade média para se capitalizar do grande investimento da época.


Em 2004, a empresa estava retirando todos os carros de 1998 e 1999 que restavam. Os mais velhos então seriam os carros de 2000, que foram sendo retirados aos poucos até 2007.



Ao passar dos anos, a empresa manteve na frota veículos entre 7 e 8 anos até que, quando a pandemia chegou, a empresa reduziu as compras e, ainda assim, não chegou a ter uma frota com veículos acima dos 10 anos. Grupos maiores chegaram a usar seus veículos com 11 anos após o início dessa crise. Apesar de não fazer diferença um veículo com 10 para um de 12 anos, dependendo da conservação, a companhia mostra cumprir seu papel de oferecer o melhor de si para a população fortalezense sem deixar de investir em novas tecnologias, que lhe ajudam a se manter no mercado.

Redação: Narcisio Santos

sábado, 26 de fevereiro de 2022

Os primeiros leves eletrônicos com PBT de 12 toneladas de Fortaleza e RMF

Os primeiros ônibus leves, com chassis com PBT(peso bruto total) de 12 toneladas foram comercializados entre 2009 e 2011, em Fortaleza.


Conhecidos pelo sistema urbano por "midis", os veículos são de uma categoria acima dos micro ônibus e menor que o ônibus leve comum, de 11 metros em média. Os carros abordados nesta matéria não são os primeiros "micrões" do sistema, mas os primeiros com um PBT menor dos que foram mais vendidos. Traduzindo, são os micrões com chassi Mercedes-Benz OF-1218.

No urbano, os primeiros foram vendidos em 2009 às empresas Fortaleza (02933), Via Máxima (04910 e 04913), Maraponga (26937 e 939), Via Urbana (30939) e Cidade Luz (40901).


Em 2010, a São José experimentou, e foi a empresa que mais comprou do modelo (13 unidades), seguida da Maraponga que comprou mais 2 em 2010 e 5 em 2011 (3 deles só chegaram no ano seguinte). As outras optaram de comprar os leves de PBT 14 e 15 toneladas, das marcas Mercedes-Benz e Volkswagen.



No metropolitano, a Vitória fez uma única aquisição desta categoria em 2009, adquirindo 10 Marcopolo Senior Midi. Já a Via Metro, adquiriu 2 unidades no mesmo ano. Após isso, ambas optaram por chassis como o OF-1418 e OF-1519 para os seus micrões. A Empresa São Paulo também adquiriu o OF-1218, mas veio para o setor de fretamento, com configurações de rodoviário.




Redação: Narcisio Santos

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Matando a saudade: São José 17

Para recordar um dos veículos que passaram pela frota da Auto Viação São José, o MOB Ceará traz a imagem de um Monobloco Mercedes-Benz O-364 que ostentava a matrícula 17 na empresa.


Não se sabe se o carro passou toda a sua trajetória na empresa do saudoso Antônio de Moura na pintura branca, mas o registro dele que foi resgatado mostra exatamente esse momento. O veículo pode ter sido adquirido semi novo e não ter ganhado a pintura azul com creme usada na época pelas empresas Montenegro e São José.

Redação: Narcisio Santos

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Marcopolo G8 para o Ceará: Vic Tur aguarda Double Decker

Empresa do turismo que conta com uma moderna frota, e que é compradora recorrente de ônibus da Marcopolo, a Vic Tur, neste ano de 2022, inicia os investimentos em veículos novos com a aquisição de um Double Decker da oitava geração de rodoviários da encarroçadora gaúcha.


O Paradiso 1800 será equipado com chassi Scania K400 6x2, e irá dispôr de 60 lugares, sendo 48 poltronas no piso superior e 12 no piso inferior. O G8 da Vic Tur tem previsão de chegada para o início de abril.

Redação: Paulo Henrique Felício

Prefeitura inaugura miniterminal do José Walter e mudanças são feitas em linhas da região

Depois de 8 meses de atraso, foi entregue ontem (23/02) o novo miniterminal aberto do bairro José Walter, e a equipe MOB Ceará foi conferir mais detalhes.


A inauguração contou com a presença do prefeito de Fortaleza, José Sarto. O novo equipamento fica localizado na Av. João de Araújo Lima (Av. N), próximo à Av. Presidente Costa e Silva. São 700m² de área, 9 linhas de ônibus em circulação, atendendo, aproximadamente, 21 mil passageiros/dia, segundo a prefeitura. Assim como o terminal da Av. Washington Soares, entregue em outubro de 2021, o passageiro não precisa pagar para entrar, pois o pagamento é feito apenas ao embarcar no coletivo.




Linhas que operam no novo terminal do José Walter:

095 - Corujão/José Walter
317 - Cidade Nova/Parangaba
347 - José Walter/Parangaba/Av. L
377 - José Walter/Parangaba/Av. J
406 - Planalto Ayrton Senna/Expedicionários
407 - José Walter/Expedicionários
456 - Planalto Ayrton Senna/Parangaba
466 - Arvoredo/Parangaba
728 - José Walter/Centro

O terminal conta ainda com wi-fi gratuito, painéis que mostram a previsão de chegada dos ônibus, espaço para lanchonetes, quiosque para recarga de Bilhete Único e banheiros. São 03 plataformas junto ao canteiro central da avenida, sendo duas para o embarque e desembarque de passageiros e uma plataforma extra para administração e serviços. A seguir, o MOB preparou uma planta do terminal com a localização das paradas de cada linha nas plataformas.


Mudanças no itinerário

Para acessar o novo terminal, algumas linhas de ônibus sofreram alteração em seus itinerários. Alguns passageiros ainda estavam confusos no primeiro dia de mudanças. Confira agora como ficaram os novos trajetos:

As linhas 347, 377 (sentido Parangaba), 407 e 728 (sentido Centro), que antes seguiam pela Av. A e já entravam direto na Av. João de Araújo Lima, agora entram um pouco antes, à esquerda, na Av. L, depois à direita na Av. B, e assim entram na Av. João de Araújo Lima em direção à Av. Bernardo Manuel.


As linhas 347 e 377 (sentido Bairro) também tiveram alteração, além da 095. Antes, seguiam direto pela Av. Presidente Costa e Silva, e entravam à direita na Av. M pra acessar à Av. L. Agora entram à direita na Av. João de Araújo Lima, passam pelo terminal, seguem pela mesma avenida, fazem o retorno em frente ao 8º DP e voltam até a Av. A, pra chegarem então à Av. L.


Já a linha 680 - José Walter/Papicu/Cidade Jardim não entrará no terminal do José Walter, mas teve mudança de itinerário também. Antes, no sentido Bairro, ela seguia pela Av. A, e fazia um "balão" pelas avenidas João de Araújo Lima, Presidente Costa e Silva e M. Agora, entra à esquerda na Av. L, segue pela Av. B, Av. N, Av. A e retorna para a avenida L. Já no sentido Papicu, não houve alteração.


Redação: Lucas Fernando

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Viação Princesa retomará operações na linha Crateús (CE) x Juazeiro do Norte (CE)

A Viação Princesa retomará ás operações da linha regional que liga os munícipios de Crateús e Juazeiro do Norte.


O trecho entre as duas cidades percorre aproximadamente 400 quilômetros e viagem tem duração média de 7h e 30 minutos (a depender das condições do trânsito). Diversas cidades são atendidas por esta linha, tais como: Novo Oriente (CE), Tauá (CE), Arneiroz (CE), Aiuaba (CE), Antonina do Norte (CE) e Nova Olinda (CE).
A retomada acontecerá a partir do dia 04/03 e as passagens já estão disponíveis no site da empresa.

Redação: Nemezio Neto

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

39,1% da frota da Fretcar (urbana) é composta por veículos da Volkswagen

A Volkswagen sempre esteve presente em diversas empresas do sistema de transporte urbano de Fortaleza. Na presente data, o site MOB Ceará apresenta uma pesquisa referente a quantidade de ônibus com chassi Volks na frota da Fretcar.


A "19" tem uma frota total de 92 ônibus (contabilizando ônibus operantes e veículos em manutenção), destes 92, 36 deles são dotados de chassis Volkswagen. O demonstrativo a seguir mostrará as características de cada chassi, e os dividirá em MWM e MAN.

MWM

2009:
19934, 940, 945, 952, 955, 958, 961 - Marcopolo Torino versão 2007 17.230 EOD


2008:
19812 - Marcopolo Torino versão 2007 17.230 EOD


2007:
19702 - Marcopolo Torino versão 2007 17.230 EOD
 

MAN

2017:
19701 - Caio Apache Vip IV 17.230 OD
 

2015:
19501 a 512 - Marcopolo Torino versão 2014 17.230 OD
 

2014:
19405, 408, 411, 414, 417, 420, 423, 426 e 429 - Marcopolo Torino versão 2014 17.230 OD
 

2013:
19334, 337, 340, 343 e 346 - Marcopolo Torino versão 2007 17.230 OD


Para manter seu leitor ainda mais atualizado sobre a temática, o MOB calculou a porcentagem de cada tipo de chassi (MWM e MAN). O percentual foi calculado com base nos 36 veículos com motor Volkswagen, e não com o valor da frota total, desta forma: a Fretcar tem 09 ônibus com motor Volkswagen MWM o que representa 25 % do total de chassis da referida marca. Com o motor MAN, a “19” tem 27 ônibus, o que representa 75% do total de chassis da marca.

Redação: Nemezio Neto

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2022

Mais 12 ônibus 2014 são desativados e vendidos pela Expresso Guanabara

A Expresso Guanabara desativou e vendeu pelo menos mais 12 ônibus que faziam parte da sua frota.


A dúzia de veículos que foi fabricada em 2014 ostenta a mesma configuração, sendo a carroceria Marcopolo Paradiso G7 1200 e o chassi O-500RSD da Mercedes-Benz. Além dos itens citados, os ônibus são dotados de 46 poltronas reclináveis, encosto para pernas, frigobar, WC, janelas seladas e ar condicionado.


A seguir, o MOB Ceará descreverá quais são os veículos e para quais estados eles foram vendidos.

418 - Ceará
427 - Rio de Janeiro
428 - Rio de Janeiro
430 - Rio de Janeiro
431 - Rio de Janeiro
432 - Rio de Janeiro
435 - Rio de Janeiro
436 - Ceará
437 - Rio de Janeiro
438 - Rio de Janeiro
440 - Rio de Janeiro
441 - Rio de Janeiro

Redação: Nemezio Neto

sábado, 19 de fevereiro de 2022

Ciferal ex - São José está operando no urbano de São Luís (MA)

Um dos Citmax que pertenceram a São José (12) está operando no urbano da capital maranhense devido à greve do transporte público. A manifestação da categoria já dura quatro dias e novas negociações serão feitas.


O Ciferal Citmax montado sobre o chassi OF-1417 da Mercedes-Benz foi comprado primeiramente pela Via Máxima (04), e na fusão com a 12, o ônibus foi incorporado a frota da mesma. Na Via Máxima, o ônibus ostentava a matrícula 04405, pela São José, o Ciferal “rodou” com o código 12424.


O ônibus foi desativado em 2016, onde ficou apenas com a cor azul que permanece até hoje. Um dos seguidores do MOB Ceará registrou o veículo e encaminhou a foto. Veja como ele está.


Redação: Nemezio Neto

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Os dois carros 02113 de 2001 da Viação Fortaleza

Nesta matéria, o MOB Ceará destaca uma curiosidade que provavelmente poucos busólogos têm conhecimento: a Viação Fortaleza possuiu dois ônibus ano 2001 que ostentaram o prefixo 02113. Confira a seguir os detalhes desses veículos.


No ano de 2001, a Viação Fortaleza adquiriu 19 ônibus novos, dentre os quais 05 tinham a carroceria Ciferal Turquesa e o chassi Mercedes-Benz OF-1721, com comprimento padrão (12 metros) e 03 portas, um destes com o prefixo 02113. O veículo foi desativado em 2006, sendo vendido para a Makro Engenharia.


No dia 1º de dezembro de 2007, encerraram as operações no SIT as empresas Bons Amigos e São Vicente. Os veículos e as tabelas de ambas foram distribuídos entre as outras companhias operantes. Dentre os veículos que a Fortaleza recebeu, estava um Caio Apache S21 com o chassi Volkswagen 16-210 CO ano 2001, que teve os códigos 05111 e 16111. Na época, a "02" ainda mantinha unidades com o referido ano de fabricação operando, então o Apache recebeu o prefixo 02113, porém operou por pouco tempo, e foi desativado no início de 2008 com a chegada de ônibus novos.


Redação: Paulo Henrique Felício

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022

Vega desativa todos os 2009: mais antigo agora é 2010

A Vega desativou, nos últimos dias, todos os últimos ônibus recebidos em 2009.


Os carros foram os Torinos de prefixos 35920, 929, 930, 931, 934, 937, 939 e 940, além do Senior Midi de matrícula 35923. Agora, os mais antigos são os 20 carros de chassis de ano 2009/10 e prefixos 35001 a 35020.

Vale ressaltar que, desde o começo da pandemia até agora, só foi recebido 1 carro novo, e foram vendidos exatos 41 carros, significando que a demanda por transporte público caiu absurdamente e a maior empresa do setor diminuiu seu porte em torno de 14%.


A linha 725-Santa Maria/Liceu que estava sendo operada pelo 35923 agora tem um ônibus leve, sendo o maior veículo da rota que é compartilhada com a Viação Fortaleza, a COOTRAPS e a Dragão do Mar (opera na rota somente aos sábados).


Redação: Narcisio Santos

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Lotação "raiz" seria a dos tempos antigos no transporte?

Para muitos usuários da atualidade, um ônibus lotado é quando todos os assentos estão ocupados, acompanhados de algumas pessoas de pé. E o que falar sobre o tempo em que as pessoas se submetiam a andar pendurados nas portas?


Hoje em dia, o senso crítico das pessoas tem melhorado em relação a aceitação das condições impostas indiretamente por fornecedores de serviços essenciais. Já não se vê ônibus lotados como antes, muito menos catracas muito baixas a ponto das crianças se sujarem todas no piso dos veículos, como era comum até o começo dos anos 2000.


O que motivou essa mudança para melhor? Alternativas de transporte ou o senso crítico das pessoas? Fato é que, hoje em dia, há melhores formas de lidar com os dois problemas citados nesta matéria. Quem não quer ir em ônibus abarrotado espera o próximo e, se a fila continuar grande, os órgãos controladores mobilizam frota extra ou permutas para atender as linhas com maior necessidade. O gesto sazonal, pode acabar gerando um aumento oficial na frota de algumas linhas.


Já as crianças raramente passam por baixo das catracas. Geralmente as mães as levantam por cima do equipamento. Quando especiais, possuem um cartão magnético que permite que elas passem pela catraca, assim como os pagantes.

Redação: Narcisio Santos

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

Carro 12801 da São José deixa as operações

O último ônibus 2008 que ainda estava em atividade pela São José foi desativado e vendido.


O carro 12801 foi o primeiro micrão adquirido pela empresa, e era o mais antigo do tipo da referida viação em operação. O Neobus também era um dos poucos OF-1418 que ainda restavam na companhia, ficando agora apenas os de prefixos 12013 e 12015. O veículo foi vendido para o município de Sobral.

Redação: Paulo Henrique Felício

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

Busscar que pertenceu a Itapemirim ainda continua operando no Nordeste do Brasil

A Viação Itapemirim já foi uma das maiores potências do rodoviário brasileiro. Hoje, infelizmente, a empresa tem passado por maus momentos, porém, a sua história nunca será apagada em meio aos admiradores de ônibus. Na matéria de hoje, o MOB Ceará narrará um pouco da história de um dos Busscar que pertenceu a empresa.


O ônibus de prefixo 45237 é um Vissta Buss equipado com o chassi O-400RSD da Mercedes-Benz. O veículo que hoje tem seus 22 anos foi comprado 0km pela Viação Itapemirim. O Vissta que é dotado de ar condicionado, janelas seladas, WC, 42 poltronas reclináveis com descanso para pernas, porta-pacote e cabine divisória, já operou em diversas linhas da empresa, dentre elas: São Paulo (SP) x Parnaíba (PI), São Paulo (SP) x Timbaúba (PE), Brasília (DF) x Caruaru (PE), Rio de Janeiro (RJ) x Guarabira (PB) e Porto Velho (RO) x Colatina (ES).

 


Os últimos registros do Mercedes divulgados na internet mostram o veículo sob posse da Essencial Transportes, onde operava com a matrícula 2000, porém, segundo informações, o veículo atualmente está em São Luís (MA).

Redação: Nemezio Neto