REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quarta-feira, 31 de março de 2021

Comil Campione HD da Via Luxo está de "roupa nova"

A Via Luxo resolveu aplicar a sua mais nova pintura em mais um dos seus veículos. O escolhido da vez foi o carro 040, um Comil Campione HD dotado do chassi O-500RSD.



Como todos sabem, o atual layout utilizado pela empresa, que tem desenhos que remetem à estátua de Iracema e à orla marítima de Fortaleza, possui algumas variações de cores. No Comil, foram adotados tons do amarelo com alguns detalhes em branco. Veja fotos com etapas da reforma que foi realizada pela ReformaBuss.






Fonte: MOB Ceará
Redação: Paulo Henrique Felício


Empresas que atuam no turismo realizam manifestação em Fortaleza

Na manhã de hoje (31), diversas empresas mandaram os seus veículos para uma manifestação que teve início às 06h30 próximo ao antigo Clube do Vaqueiro, na Rodovia 4º Anel Viário. Os donos de veículos que estão sem trabalhar também não receberam nenhum auxílio do governo e não tem nenhuma data específica para a retomada desta atividade.
 

O turismo foi um dos setores mais afetados desde o início da pandemia. Com os diversos decretos de isolamento social e fechamento de barracas de praia e balneários, os donos de veículos que atuam no setor ficaram impossibilitados de realizarem suas viagens. 
 

A manifestação que acontecia de forma pacífica foi interrompida e os manifestantes tiveram que retirar os veículos. 
 
 
Fonte: MOB Ceará
Redação: Nemezio Neto

Relíquia vai para o "machado" por escolas estarem fechadas

Uma relíquia de modelo Busscar Urbanus e ano de fabricação 1989/1990 está sendo desmanchada em uma sucata.
 

A triste decisão ocorreu por que as aulas presenciais no Ceará estão suspensas há mais de 1 ano. O ônibus fazia o transporte entre a fazenda Salgado, em Massapê e Caio Prado, mas como tem um ano de fabricação muito inviável para a comercialização de veículos usados, ir para o "machado" acabou sendo o único caminho.
 

O carro foi comprado de Morada Nova há 6 anos e fazia a rota citada acima sem deixar a desejar na segurança. Emplacado inicialmente em Minas Gerais, não se sabe a qual empresa ele pertenceu por lá. Veja fotos do Busscar antes de ir para a sucata:
 



Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos


terça-feira, 30 de março de 2021

São Benedito mantém 62 ônibus na frota rodoviária

Com a venda de parte dos ônibus de 2011 e 2012, a São Benedito no setor rodoviário está com 62 ônibus cadastrados.


A frota de está com idade média de 7,3 anos, considerando o ano dos chassis dos veículos. A companhia está vendendo seus carros com 9 a 10 anos de idade aproveitando, também, que o estado do Ceará está enfrentando uma crise sanitária, que acabou reduzindo temporariamente o fluxo de ônibus nas linhas intermunicipais. Posteriormente, com a volta gradual da demanda, a empresa deve inserir novos ônibus para a ampliação e renovação da frota.


Os carros mais velhos cadastrados do setor rodoviário são os Neobus Spectrum Road 330 de 2011 e os 3 G7 1050 ex Transbrasiliana. Veja como está a frota neste momento:

2011 - 0351043, 044, 111, 112, 229 a 231.


2011/12 - 0351161 a 176, 199, 221 e 222


2012 - 0351177, 179, 203, 205, 206, 207, 211 a 216 e 218.


2012/13 - 0351188 a 190


2013 - 0351217, 219, 220 e 226


2014 - 0351248 a 250


2018/19 - 0351008, 014, 017, 018, 019, 020, 032, 034, 038, 055, 056 e 068.


Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

Mascarello vende 11 Ello para a Mardisa (AM) e a MRV (PA)

A fábrica da Mascarello não para de trabalhar. A encarroçadora vendeu ontem 9 carrocerias Ello para serem encarroçadas no chassi Mercedes-Benz OF-1721, que foram pedidas pela concessionária Mardisa, de Manaus. Os carros serão disponibilizados no serviço de pronta entrega e a informação está sendo divulgada em primeira mão por este site.


Foto ilustrativa

Ainda na região norte do país, a montadora paranaense vendeu 2 unidades do mesmo modelo para a MRV Locações e Transportes, no Pará. Os carros possuem o chassi Volvo B270F e já podem ser vistos nas imagens:




Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos


segunda-feira, 29 de março de 2021

Carlinhos Feitosa: um resumo de sua história empresarial e com os busólogos

O MOB Ceará resolveu homenagear um dos principais personagens do transporte urbano de Fortaleza nas décadas de 1990 e 2000.


Carlos Feitosa de Albuquerque é um dos filhos do Carlos Albuquerque de Lima, fundador da Autoviária São Vicente de Paulo. Seu Carlinhos, como é conhecido, trabalhava na empresa de seu pai e, com o falecimento de seu pai em 1999, a empresa ficou para a esposa, e foi dividida entre os irmãos, onde Carlinhos chefiou uma parte dela - a da Rota Expressa.


Em 2000, a Rota Expressa era uma das 5 maiores empresas de ônibus de Fortaleza. Em 2001, a família do empresário passou a representar a encarroçadora Caio, e a Rota Expressa passou a comprar somente veículos da Caio enquanto estava sob a gestão de Carlinhos. Ainda em 2001, ele deixou de ser sócio da Via Urbana, e a Rota Expressa passou por uma divisão onde a Rota Sol pegou algumas linhas e carros e também cedeu outras pra Rota Expressa.

Em 2003, houve a criação da Terra Luz, que pegou quase 90% da Rota Expressa, embora fossem da mesma família e dividiam da mesma garagem e parte das operações.


Em 2006, ainda sob sua gestão, a Terra Luz e Rota Expressa passaram a testar o biodiesel, um projeto inovador que utilizava o combustível da Petrobras. Todos os 67 ônibus da época passaram a utilizar esse insumo por um período.

Em 2009 as empresas se dividiram, e Carlinhos Feitosa ficou apenas com a Terra Luz, que migrou para a antiga garagem da São Vicente/Bons Amigos. As renovações de frota não pararam de acontecer, com grandes proporções, chegando, em 2010, a renovar mais de 20% da frota com veículos da Caio e motorização Mercedes-Benz.

A Terra Luz encerrou as operações em 2018 mas a receptividade com o MOB Ceará foi histórica. Em uma das visitas realizadas, Sr Carlinhos fez questão de passear no ônibus com os busólogos, conversando sobre tudo com o entusiastas. Ele chegou até a mostrar seus crachás da empresa, inclusive o seu bilhete único.


Uma das principais características do empresário em relação ao transporte era sua vontade de transportar. Carlinhos enfatizava, em 2014, que seu interesse era de comprar carros maiores, e isso acabou acontecendo meses depois. A empresa comprou 6 Caio Apache Vip com 13 metros de comprimento, sendo os maiores veículos adquiridos pela Terra Luz, com ar-condicionado e suspensão pneumática.


Sempre muito brincalhão e sem medo de falar o que queria, era costumeiro conversar com os busólogos em eventos nas concessionárias, com toda sua simplicidade de igual pra igual. Carlos Feitosa completou mais um ano de vida em 24/02 deste ano, e o MOB Ceará dedica essa simples homenagem para um empresário que muito contribuiu ao transporte urbano de Fortaleza.


Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

sábado, 27 de março de 2021

Depois de 10 anos, MS Turismo volta a ter ônibus com motor traseiro na frota

A MS Turismo adquiriu um Comil Campione 3.65 com chassi Mercedes-Benz O-500R Euro III.


O ônibus pertencia a Redenção Transporte e Turismo, que ainda deixou ele cadastrado em seu sistema enquanto o lockdown não é terminado e os serviços diversos voltem a normalidade. O carro deve rodar transportando os funcionários da APM Terminals, no Porto do Pecém.


O último ônibus a rodar pela MS Turismo com motor traseiro foi desativado em 2011. Era um Marcopolo Viaggio G4 com chassi Mercedes-Benz O-355.

Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

Mascarello irá fornecer 10 Gran Midi para empresas de Pernambuco

Localizadas no estado de Pernambuco, a Usina Trapiche e a Usina Serra Grande fecharam com a Mascarello a aquisição de 10 veículos Gran Midi. Cada empresa ficará com 5 unidades.


Foto ilustrativa

Os "micrões" serão montados em chassis "fora de estrada" da fabricante Volkswagen, modelo 15-190 ODR. No ano passado, as duas companhias já haviam adquirido juntas 8 veículos com as mesmas configurações, aquisição essa que também foi notícia no MOB Ceará. As características internas dos novos ônibus que virão serão iguais a dos mais antigos, com itens como assentos acolchoados, bagageiro e piso em alumínio.


Fotos ilustrativas

Foto ilustrativa

Fonte: MOB Ceará
Redação: Paulo Henrique Felício


sexta-feira, 26 de março de 2021

06 Ideales da São Benedito são vendidos para empresa do sul do país

06 Ideales deram “adeus” a frota da empresa São Benedito. Os ônibus foram vendidos para uma empresa no sul do país e já estão na estrada rumo a sua nova casa. A venda foi feita pela Fortalônibus vendas de veículos.
 

A meia dúzia de ônibus está equipada com a carroceria Marcopolo Ideale 770 e com o chassi OF-1721 BlueTec 5 da Mercedes-Benz. Os veículos são dotados de poltronas reclináveis, ar condicionado, porta objetos e gavetas para o transporte das bagagens.
 

O MOB Ceará apurou, e apresentará ao seu leitor, os respectivos prefixos dos ônibus que, agora, operarão no sul do país. 0351201, 0351202, 0351204, 0351208, 0351209 e 0351210 foram os veículos vendidos.
 

Fonte: MOB Ceará
Redação: Nemezio Neto

Chassi Volkswagen 6x2 será testado pelo Consórcio Conorte (PE)

O Consórcio Conorte (PE) testará um dos mais novos chassis lançados pela Volkswagen. O 22.280 ODS chama atenção por possuir dois eixos na dianteira, o que não é comum nos ônibus urbanos produzidos no Brasil.
 

O veículo que suporta até 22 toneladas tem a motorização MAN D08 de 277 cavalos, câmbio ZF com 06 marchas e um amplo espaço interno com a capacidade de transportar 115 passageiros. O chassi foi projetado para receber carrocerias de até 15 metros de comprimento.
 

A primeira cidade a testar o lançamento foi Curitiba (PR). O ônibus foi experimentado pela Leblon Transporte de Passageiros (PR), onde operou com o prefixo 99602. 
 
 
O 6x2 já se encontra em solo pernambucano, devidamente caracterizado (ostentando o prefixo 1.499) para os testes nas empresas Itamaracá Transportes, Cidade Alta Transportes e Rodotur, que compõem o Consórcio Conorte.
 

Fonte: MOB Ceará
Redação: Nemezio Neto
Colaboração: Pablo Lukas

quinta-feira, 25 de março de 2021

Fretcar vende 6 Ideale 2009 para São Paulo

A Fretcar vendeu, através do intermédio da Ethus Bus, uma nova assessoria de vendas de ônibus em Fortaleza, 6 Marcopolo Ideale 770.

 
Os ônibus que foram para o interior paulista são os seguintes: 0171775, 781, 791, 797, 803 e 813. Os carros curtinhos de chassis Volkswagen 15-190 EOD irão transportar funcionários que trabalham numa indústria que comercializa cereais.
 



Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

quarta-feira, 24 de março de 2021

COOTRAPS amplia participação em terminais

A COOTRAPS está em constante aumento de participação nas linhas que operam em terminais de integração.

No começo deste ano, ela ingressou novamente na linha 640-Conj. Alvorada/Messejana e, posteriormente, na linha 632-Alto Alegre/Messejana.


Agora a cooperativa deu início as operações nas linhas 618-Santa Rosa/Messejana, 631-Carlos Albuquerque e 391-Passaré/Parangaba. Algumas rotas tiveram a frota reduzida e isso pode ter influenciado nessa tentativa de equilibrar as operações do sistema urbano e complementar. A linha 725-Santa Maria/Liceu está operando com 7 veículos e com baixíssimo rendimento, pois ela é movida por estudantes, pessoas que se locomovem para resolver compromissos no Centro, Messejana e Bairro de Fátima, contudo, os serviços considerados não-essenciais estão suspensos e reduziu a demanda de linhas como esta.

Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcísio Santos

Linhas do centro de Fortaleza amargam prejuízos

As linhas de ônibus urbano de Fortaleza que fazem ligação dos bairros diretamente ao centro da cidade estão com uma receita cada vez menor.


A queda na curva de demanda já vinha caindo há alguns anos, quando a crise econômica atingiu boa parte do comércio, deixando desempregados. O e-commerce também influenciou, ainda que muito pouco, no fluxo de passageiros no transporte público, uma vez que as pessoss estão a cada dia mais realizando compras pela internet.


Para piorar, com a pandemia muitas linhas reduziram a frota, outras sequer estão mais operando. Não existe movimento suficiente no centro da cidade para manter tantos ônibus naquela região. A linha 387-Jardim Jatobá/Centro que chegou a ter 8 ônibus que andavam demasiadamente lotados, hoje opera com alguns poucos ônibus que ainda são da classe leve, com espaço de "sobra" para todo mundo ser transportado.


Linhas como a 604-Dias Macedo que chegou a ter 5 ônibus na frota, hoje possui apenas 2 e ainda andam vagos. Muita gente apanha a linha para integrar com outras na avenida Aguanambi, bem antes de chegar no centro.

A crise existe, mas a esperança nas pessoas nunca deixa de se manter de pé. #vaidarcerto .

Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos