REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

segunda-feira, 29 de março de 2021

Carlinhos Feitosa: um resumo de sua história empresarial e com os busólogos

O MOB Ceará resolveu homenagear um dos principais personagens do transporte urbano de Fortaleza nas décadas de 1990 e 2000.


Carlos Feitosa de Albuquerque é um dos filhos do Carlos Albuquerque de Lima, fundador da Autoviária São Vicente de Paulo. Seu Carlinhos, como é conhecido, trabalhava na empresa de seu pai e, com o falecimento de seu pai em 1999, a empresa ficou para a esposa, e foi dividida entre os irmãos, onde Carlinhos chefiou uma parte dela - a da Rota Expressa.


Em 2000, a Rota Expressa era uma das 5 maiores empresas de ônibus de Fortaleza. Em 2001, a família do empresário passou a representar a encarroçadora Caio, e a Rota Expressa passou a comprar somente veículos da Caio enquanto estava sob a gestão de Carlinhos. Ainda em 2001, ele deixou de ser sócio da Via Urbana, e a Rota Expressa passou por uma divisão onde a Rota Sol pegou algumas linhas e carros e também cedeu outras pra Rota Expressa.

Em 2003, houve a criação da Terra Luz, que pegou quase 90% da Rota Expressa, embora fossem da mesma família e dividiam da mesma garagem e parte das operações.


Em 2006, ainda sob sua gestão, a Terra Luz e Rota Expressa passaram a testar o biodiesel, um projeto inovador que utilizava o combustível da Petrobras. Todos os 67 ônibus da época passaram a utilizar esse insumo por um período.

Em 2009 as empresas se dividiram, e Carlinhos Feitosa ficou apenas com a Terra Luz, que migrou para a antiga garagem da São Vicente/Bons Amigos. As renovações de frota não pararam de acontecer, com grandes proporções, chegando, em 2010, a renovar mais de 20% da frota com veículos da Caio e motorização Mercedes-Benz.

A Terra Luz encerrou as operações em 2018 mas a receptividade com o MOB Ceará foi histórica. Em uma das visitas realizadas, Sr Carlinhos fez questão de passear no ônibus com os busólogos, conversando sobre tudo com o entusiastas. Ele chegou até a mostrar seus crachás da empresa, inclusive o seu bilhete único.


Uma das principais características do empresário em relação ao transporte era sua vontade de transportar. Carlinhos enfatizava, em 2014, que seu interesse era de comprar carros maiores, e isso acabou acontecendo meses depois. A empresa comprou 6 Caio Apache Vip com 13 metros de comprimento, sendo os maiores veículos adquiridos pela Terra Luz, com ar-condicionado e suspensão pneumática.


Sempre muito brincalhão e sem medo de falar o que queria, era costumeiro conversar com os busólogos em eventos nas concessionárias, com toda sua simplicidade de igual pra igual. Carlos Feitosa completou mais um ano de vida em 24/02 deste ano, e o MOB Ceará dedica essa simples homenagem para um empresário que muito contribuiu ao transporte urbano de Fortaleza.


Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

3 comentários:

Unknown disse...

A última aquisicao da Terra Luz foi fantástica: os VipIV Volvo b270F. Quase nao consigo andar neles: consegui num trajeto curto ebtre o RioMar e o terminal Papicu na linha 50. Patece qie eu tava advinhando que em breve os Volvo deixariam Fortal com pouca quilometragem...

Fanáticos Bus disse...

Lembro deles, ar gelavam bem, ainda bem que a São José adquiriu os 2015 dela.

Unknown disse...

Eu lembro que quando eu era pequeno tinha aqueles crachás que tinham a foto do ônibus era lindo eu vi na antiga Safitur