Conhecimento fez diferença na visita da São José Viação Penha mostra sua casa e aquisições ao MOB Ceará Ceará Diesel apresenta novidades em evento noturno Busólogos conhecem DD de 15 metros da Neqta MS Turismo realiza visita e passeio com o MOB Ceará MOB Ceará conhece Via Metro e Guanabara de Juazeiro do Norte Busólogos procuram relíquias em Redenção-CE Visita na Viação Pernambucana

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Caio Bela Vista da Empresa Iracema atolado

A equipe MOB Ceará traz uma imagem antiga de um flagrante - um Caio Bela Vista da Empresa Iracema atolado em uma das ruas de Fortaleza.

A foto mostra homens e crianças trabalhando para tirar o ônibus de motorização Mercedes-Benz que estava preso no barro. O veículo possuía o prefixo 71 e, possivelmente, estava próximo as dunas do Papicu. A Empresa Iracema, se ainda estivesse em operação, seria a empresa mais antiga em atividade do segmento urbano, mas teve seu fim em 1996.

Fonte: MOB Ceará

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Viajando pelo Nordeste: De Teresina (PI) para: Natal (RN)

Em mais uma matéria do quadro Viajando pelo Nordeste, o MOB Ceará apresenta as informações e as curiosidades sobre a linha que conecta a capital do Piauí à capital do estado do Rio Grande do Norte.

O trecho tem aproximadamente 1.100 quilômetros e a viagem tem duração média de 24 horas. Oficialmente, duas empresas têm autorização para operação na linha, são elas: Expresso Guanabara e Viação Progresso. 

A Viação Progresso tem saídas diárias de Teresina com horário às 20h10min, com exceção do sábado que a partida ocorre às 19h11min. A passagem por esta companhia custa cerca de R$ 202,00. Partindo de Natal, a linha sai diariamente às 14h30min.

A Expresso Guanabara tem saídas diárias de Teresina às 0h26min, com exceção do domingo que tem saída às 01h26min. Partindo de Natal, as saídas são diárias sempre às 07h00. A passagem nesta empresa custa em torno de R$ 202,00.

Vale ressaltar que a linha Teresina (PI) x Natal (RN) é secção de outra linha operada por ambas as empresas. No caso da Expresso Guanabara, a linha é Belém (PA) x Natal (RN), e no caso da Viação Progresso, a linha é São Luís (MA) x Natal (RN).

Fonte: MOB Ceará

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Empresa Rio Negro (MA) adquire 4 Volvo ex Terra Luz

Quebrando a expectativa dos busólogos cearenses que imaginavam os Volvos da Terra Luz em empresas locais, a empresa Rio Negro, de São Luís (MA) adquiriu 4 dos 6 Caio Apache Vip IV de chassi B270F da extinta empresa.

Os ônibus já estão em processo de pintura e vão compor a frota urbana da capital maranhense que, anualmente, mantém uma constante renovação de frota, desde a licitação de 2016. Veja foto dos carros em processo de caracterização na nova empresa:


Fonte: MOB Ceará

Matando a saudade: 20278 da Santa Maria

Em 2002, a Santa Maria comprou seus novos ônibus dos fabricantes Caio e Busscar.


Dentre eles, destaca-se um Caio Apache S21 de prefixo 20278. O ônibus que sempre foi bem conservado até seus últimos dias de operação rodou em diversas linhas, como a 045-Conj. Ceará/Papicu e 389-Jovita Feitosa. O carro era equipado com o chassi Mercedes-Benz OF-1721 e ''deu lucro'' à empresa Santa Maria até 2012, quando foi desativado e vendido ao município de Massapê. Veja fotos do ônibus:

Fonte: MOB Ceará

sábado, 27 de outubro de 2018

Sistema rodoviário do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país com alterações

Os sistemas rodoviários das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste foram contemplados com algumas alterações em seus quadros de linhas em novas publicações da ANTT.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres publicou, através do Diário Oficial da União na última sexta-feira (26), novas deliberações direcionadas à algumas empresas do setor rodoviário. Confira a seguir.

Sul

Três empresas da região Sul foram destaque nas novas deliberações do órgão regulador. A primeira empresa a ter um pedido deferido é a gaúcha Unesul de Transportes, que operará a linha Foz do Iguaçu (PR) / Carazinho (RS) - via Itapiranga (SC), com as seguintes seções:

I - De: Foz do Iguaçu (PR), para: Dionísio Cerqueira (SC), Guarujá do Sul (SC), São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Descanso (SC), Iporã do Oeste (SC), Itapiranga (SC), Palmitos (SC), Frederico Westphalen (RS), Palmitinho (RS), Tenente Portela (RS) e Três Passos (RS);

II - De: Santa Terezinha de Itaipu (PR) e São Miguel do Iguaçu (PR), para: Dionísio Cerqueira (SC), Guarujá do Sul (SC), São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Descanso (SC), Iporã do Oeste (SC), Itapiranga (SC), Palmitos (SC) e Frederico Westphalen (RS);

III - De: Medianeira (PR), para: Dionísio Cerqueira (SC), Guarujá do Sul (SC), São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Descanso (SC), Iporã do Oeste (SC), Itapiranga (SC), Tenente Portela (RS), Três Passos (RS), Campo Novo (RS), São Martinho (RS), Três de Maio (RS) e Santa Rosa (RS);

IV - De: Cascavel (PR), para: Dionísio Cerqueira (SC), Guarujá do Sul (SC), São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Iporã do Oeste (SC), Tenente Portela (RS), Três Passos (RS), Campo Novo (RS), São Martinho (RS), Três de Maio (RS), Santa Rosa (RS), Santo Ângelo (RS) e Ijuí (RS);

V - De: Santo Antônio do Sudoeste (PR), para: Dionísio Cerqueira (SC), Guarujá do Sul (SC), São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Descanso (SC), Iporã do Oeste (SC), Itapiranga (SC), Tenente Portela (RS), Três Passos (RS), Campo Novo (RS), São Martinho (RS), Três de Maio (RS), Santa Rosa (RS), Santo Ângelo (RS) e Ijuí (RS);

VI - De: Capitão Leônidas Marques (PR), para: São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Descanso (SC), Iporã do Oeste (SC), Itapiranga (SC), São Martinho (RS), Três de Maio (RS), Santa Rosa (RS), Santo Ângelo (RS) e Ijuí (RS);

VII - De: Capanema (PR) e Pérola D'Oeste (PR), para: Dionísio Cerqueira (SC), Guarujá do Sul (SC), São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Descanso (SC), Iporã do Oeste (SC), Itapiranga (SC), Tenente Portela (RS), Três Passos (RS), Campo Novo (RS), São Martinho (RS), Três de Maio (RS), Santa Rosa (RS) e Santo Ângelo (RS);

VIII - De: Planalto (PR), para: Dionísio Cerqueira (SC), Guarujá do Sul (SC), São José do Cedro (SC), Guaraciaba (SC), São Miguel D'Oeste (SC), Descanso (SC), Iporã do Oeste (SC) e Itapiranga (SC);

IX - De: Barracão (PR), Dionísio Cerqueira (SC), São José do Cedro (SC) e São Miguel D'Oeste (SC), para: Tenente Portela (RS), Três Passos (RS), Campo Novo (RS), São Martinho (RS), Três de Maio (RS), Santa Rosa (RS), Santo Ângelo (RS) e Ijuí (RS).

A segunda empresa é a paranaense Princesa do Norte, com sede em Santo Antônio da Platina (PR), que teve o pedido de implantação da linha Wenceslau Braz (PR) / Itaporanga (SP) autorizado pelo órgão. A linha possuirá o mercado de Santana do Itararé (PR) / Itaporanga (SP) como seção.

A terceira deliberação é para uma empresa do Sul, mas que também envolve a região Centro-Oeste. A empresa trata-se da Planalto Transportes, gaúcha com sede em Santa Maria (RS). A companhia teve o pedido de supressão da linha 12-0345-00 Aparecida de Goiânia (GO) / Palmas (TO) deferido pelo órgão gestor. Mesmo com essa alteração no quadro, a Planalto ainda continua a operar no trecho através da linha Santa Maria (RS) / Palmas (TO) disponibilizando dos serviços convencional e semi leito.

Centro-Oeste e Sudeste

A deliberação de número 864 movimenta os mercados que interligam as regiões Centro-Oeste e Sudeste do país. A empresa mineira Januária Transportes teve o pedido de exclusão de alguns mercados deferido. Confira a seguir quais são os mercados excluídos:

Brasília (DF) / Unaí (MG), Cabeceiras (GO) / Unaí (MG) e Formosa (GO) / Unaí (MG).

A Fábio Viagens e Turismo, empresa da região Sudeste com sede em Mococa (SP), recebeu da ANTT a autorização para a prestação de serviço regular de transporte rodoviário coletivo interestadual e internacional de passageiros.

A Superintendência de Serviços de Transporte de Passageiros - SUPAS, deverá dar publicidade da Licença Operacional e autorizar o início da operação das linhas da autorizatária.

Fonte: MOB Ceará

Líder (PI) testará Double Decker de 15 metros

A Empresa Líder, que possui mais de 36 anos de atuação no mercado rodoviário, testará um Double Decker.

O ônibus em questão é um Marcopolo Paradiso G7 1800 DD incorporado sobre o chassi O-500RSDD da Mercedes-Benz. O veículo possui fabricação  2016/2017 e já foi testado por empresas como: EMTRAM, Viação Cidade Sol e Planalto Transportes.

O "DD" é composto por 57 assentos, sendo 48 lugares no piso superior (configuração executiva) e 9 lugares no piso inferior (configuração leito). Todas as poltronas são equipadas com entradas USB's para o carregamento de smartphones.

O veículo receberá uma plotagem com o nome da empresa, e em breve, estará em operação.

Fonte: MOB Ceará

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Aquiraz ganha transporte gratuito

A cidade de Aquiraz inovou, e implantou um sistema de transporte coletivo gratuito, que se chama TGA-Transporte Gratuito de Aquiraz, que inicialmente está sendo operado por dois veículos.

A empresa Conect Locações é a prestadora de serviço, que possui experiência no sistema gratuito do Eusébio, chamado de TRUE. As duas primeiras rotas estão sinalizadas por cores:


A rota verde parte do bairro Camará, atendendo também Telha, Área Verde do Tapuio, Jenipapeiro, Tapuio, Jacundá e segue até a rodoviária.

A rota azul começa em Barro Preto, e segue por Iguape, Praça da Tapera, Fagundes, Machuca e centro de Aquiraz. Os dois veículos saem de seus pontos iniciais e finais nos mesmos horários, conforme mostra a imagem abaixo.

Fonte: MOB Ceará

Padronização (e despadronização) de frotas urbanas – O Caso da Cidade do Rio de Janeiro


A padronização de pinturas de frotas urbanas teve seu início no Brasil na década de 1970, quando São Paulo e Curitiba lançaram-se a reorganizar seus sistemas de transporte por ônibus. Outras capitais como Goiânia, Fortaleza e Recife seguiram a tendência nas décadas de 1980 e 1990, criando pinturas específicas para serviços distintos e/ou regiões delimitadas de operação.

A cidade do Rio de Janeiro, durante décadas, ficou  conhecida por sua frota colorida, chamando a atenção de entusiastas de todo o país e até do exterior.

Atualmente a maioria das capitais, além de diversas cidades pequenas, médias e grandes tem suas frotas padronizadas. A cidade do Rio de Janeiro foi das últimas capitais a adotar, em 2010, o que ficou conhecido popularmente como “PP” – pintura padronizada. Junto com a “PP” vieram a licitação do sistema, a reorganização de linhas, a criação de consórcios e a divisão de regiões de operação por cores.



Para surpresa de muitos, no corrente ano de 2018, portanto apenas oito anos depois da grande e polêmica padronização de 2010, a atual administração municipal carioca volta atrás e libera as empresas para adotarem novamente pinturas personalizadas.   Com essa liberação, novamente as ruas cariocas passam por um processo de mudança visual nos ônibus urbanos, mesclando a sobriedade da pintura padronizada com o colorido das pinturas personalizadas. Algumas empresas tem apresentado pinturas semelhantes as pinturas anteriores à “PP”, outras vieram com pinturas totalmente diferentes.



Fonte: MOB Ceará
Colaboração: Marinaldo Jr

Tradutor