REDES:

_

MOB Ceará conhece as instalações da Ferraria JG - Marcopolo Viação Penha mostra sua casa e aquisições ao MOB Ceará Sindiônibus convida MOB Ceará para uma conversa aberta sobre mobilidade urbana Busólogos conhecem DD de 15 metros da Neqta Conhecimento fez diferença na visita da São José

quinta-feira, 11 de julho de 2019

2001: Rota Expressa começava a desativar Caio Vitória de 1994 e 1995

Após a primeira cisão da Rota Expressa, ocorrida em Agosto de 2001, a empresa recebeu 9 ônibus novos da Caio e 8 Ciferal GLS Bus da Via Urbana, onde um dos sócios estava saindo da sociedade para permanecer apenas na Rota Expressa.

A divisão das linhas fez com que alguns carros da empresa fossem para a Rota Sol, que dali começou a formar a atual Vega. A Rota Expressa ficou com os veículos mais novos da frota, todos os ônibus de chassis Ford de anos 1994 e 1995 e parte dos Caio Vitória de ano 1993/1994 com chassis Mercedes-Benz OF-1618.


Com a inclusão dos ônibus novos e usados, a empresa desativou alguns dos carros de 1994 e 1995. Os veículos estavam livres de restrição e foram vendidos dentro do estado do Ceará. Em 2002, com a chegada de 14 novos ônibus, a Rota Expressa ampliou sua participação no sistema, com o recebimento de algumas vagas da CTC que estavam sendo licitadas, e a frota nova serviu para ampliação e renovação da mesma. Naquele momento, mais Caios estavam sendo retirados, com parte deles aptos para venda e outros não, por problemas burocráticos.

Em 2003 a empresa renovou com dois carros novos, mas em vez de retirar os Ford ainda ativos, decidiu vender dois Ciferal GLS que tinham duas portas mas podiam ser vendidos, e vendeu o restante nos anos de 2004 e 2005. Os 6 últimos Ford foram desativados em 2005.


Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcísio Santos

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.