REDES:

_

MOB Ceará conhece as instalações da Ferraria JG - Marcopolo Viação Penha mostra sua casa e aquisições ao MOB Ceará Sindiônibus convida MOB Ceará para uma conversa aberta sobre mobilidade urbana Busólogos conhecem DD de 15 metros da Neqta Conhecimento fez diferença na visita da São José

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

São Francisco e seus dois primeiros Busscar 0Km

Nesta edição especial em memória ao último dia de operações da Cearense Transportes, o MOB Ceará vai relembrar dois ônibus que marcaram a história da família Uchôa, detentora das empresas Cearense e São Francisco.



Em 1999, a São Francisco adquiria da fábrica os seus dois primeiros ônibus da marca Busscar, que ganharam inicialmente os prefixos 25315 e 25320, que possuíam o chassi Volksbus 16-210 CO. Os belos ônibus possuíam um tratamento diferenciado na empresa, mas não pelos funcionários do polimento mas de seus motoristas efetivos. O 25320, que era operado por dois motoristas chamados de ''Brasil e Gilvan'', era o mais bem cuidado de todos, ostentando alguns adornos que ficavam abaixo da caixa de destino, piso extremamente limpo e, assim como o 25315, possuía calotas cromadas. Os dois ônibus rodaram na linha 387-Jardim Jatobá/Centro- Expresso até 2002.



Em 2000, os carros foram renumerados para 25902(ex 25320) e 25916 (ex 25315) e desde quando chegaram, os ônibus operavam apenas de Segunda à Sábado, pois no Domingo alguns dos motoristas tiravam sua folga para polir o seu carro efetivo. Os ônibus saíram da linha 387 em 2002, e foram operar na linha 355. Em 2004 com o surgimento da Cearense, o 25902 se tornou 43967 e ganhou a pintura azul bebê, vigente naquela época e o 25916 ganhou apenas o código 43 e operou até 2011.


Fonte: MOB Ceará

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Curiosidade: As duas maiores e as três menores empresas de Fortaleza

Nesta pesquisa de curiosidades, o MOB Ceará vai desvendar aos seus milhares de leitores quais são as duas maiores e as três menores empresas de transporte urbano da capital cearense.

As 12 empresas de ônibus de Fortaleza contam com uma frota de, exatamente, 2035 veículos. Além deste total, o sistema possui 7 ônibus que fazem parte do serviço seletivo Top Bus Jardineira, que é administrado pela Via Urbana e os micro ônibus do transporte complementar, cuja esta equipe não conseguiu captar a quantidade correta dos veículos operantes.



Dentre os 2035 ônibus citados, a empresa que possui a maior participação deste montante é a Vega Transportes, com 320 ônibus, o que é equivalente a cerca de 15,8% da frota, seguida da Viação Urbana que possui 270 ônibus em sua frota convencional, sem contabilizar o serviço Top Bus. A participação da Via Urbana na frota total é de 13,3%.




Já as três menores empresas foram selecionadas por ordem decrescente na quantidade de veículos, classificando primeiro a Santa Maria, que mantém 100 ônibus no sistema.


A penúltima empresa do sistema em relação ao porte é a Aliança Transportes, que possui 93 ônibus em circulação. A frota da empresa representa 4,6% do total de ônibus do sistema convencional urbano.


E a menor empresa no momento é a Terra Luz Transportes, que atua no sistema há quase 13 anos e possui uma frota de 60 veículos. A empresa possui uma participação equivalente a 2,9% do total de frota informado pela equipe MOB. Vale ressaltar que todos os resultados não avaliam a quantidade de micro ônibus de cada empresa, analisando apenas a quantidade total da frota.



Fonte: MOB Ceará

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

São José Transportes já conta com 50 ônibus climatizados

A São José Transportes já conta com uma frota de 50 ônibus equipados com ar-condicionado.




A empresa que ocupa o terceiro lugar no ranking das maiores empresas de ônibus do sistema urbano de Fortaleza recebeu, neste ano, 34 carros novos, o que representa 68% do total de ônibus refrigerados de sua frota. Os veículos estão distribuídos em dezenas de linhas, que operam tanto na periferia como em zonas nobres da cidade, tais como:

027-Siqueira/Papicu via Aeroporto
099-Siqueira/Mucuripe/Br. de Studart
200-Ant. Bezerra/Centro-BRT
222-Ant. Bez./Papicu/Ant. Sales
307-Itaoca/Jardim América 
334-Cj. Monte Rey/Siqueira
369-Pq. Presidente Vargas/Parangaba
372-Aracapé/Parangaba 1
375-Aracapé/Parangaba 2
378-Canindezinho/Urucutuba
390-Pareangaba/João Pessoa
393-Miguel Arraes/Siqueira
411-Montese/Lagoa
504-Av. 13 de Maio 2/Rodoviária 

Fonte: MOB Ceará

sábado, 27 de agosto de 2016

Mascarello vende Roma M2 para indústria cearense

A Mascarello vendeu uma unidade do modelo Roma M2 para a indústria de café, Santa Clara.

O veiculo rodoviário é dotado do chassi Volvo B270F, e deve realizar o transporte dos funcionários da empresa que, antigamente, transportava seus funcionários apenas em ônibus do tipo urbano. A Mascarello é uma das montadoras brasileiras que opera mais tranquilamente no seu segmento, visto que algumas montadoras têm sentido com mais intensidade os efeitos da crise financeira do país. A exportação tem sido uma operação que amenizou maiores impactos.



Fonte: MOB Ceará

Torino ex Santo Antônio é encontrado em Jaguaretama-CE

Em constante busca da memória do transporte cearense, a Equipe MOB Ceará apresenta, na edição de hoje, imagens de um dos carros que pertenceram à saudosa Empresa Santo Antônio.



O ônibus encontrado estava estacionado em uma rua do município de Jaguaretama, no interior do Ceará, e possui o modelo Marcopolo Torino LN, com chassi OF-1620 da Mercedes-Benz. Dentro do veículo é possível observar o prefixo 164 e, pela sua pintura, foi constatado que o carro pertencia ao setor de fretamento da referida empresa.




A placa também indica outra origem. O ônibus de fabricação 1994 pode ter sido comprado 0Km pela Cialtra e repassado para a Viação Urbana após a venda da empresa. Na Viação Urbana ele ostentou o prefixo 30402.



Fonte: MOB Ceará

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Matando a saudade: Vega 35209 e 35210

Para refrescar a memória de alguns leitores, o MOB Ceará traz imagens e informações de dois dos ônibus que foram inseridos na frota da Vega no ano de 2006.

Com ano de fabricação 2002, os carros 35209 e 35210 da Vega foram adquiridos para suprir uma nova vaga que a empresa recebeu naquele período. A linha 110-Planalto das Goiabeiras estava recebendo seu quinto veículo, e a Vega já não tinha micro ônibus reserva para colocar na vaga, então comprou da Viação Fortaleza os carros de prefixos 02215 e 02217, que se tornaram respectivamente os carros 35209 e 35210.

Um deles no primeiro momento, ficou como veículo reserva pois em 2007 com o aumento de uma nova tabela na linha 466-Arvoredo/Parangaba, a empresa iria precisar de mais um carro da classe semi leve (micro), que iria operar nos meses ímpares, revezando com a Viação Fortaleza. Os ônibus foram desativados em 2011 após a Vega adquirir 16 Marcopolo Sênior Midi.

Fonte: MOB Ceará

Scania apresenta ônibus GNV ou a biometano com carroceria nacional

Finalmente a fabricante de ônibus Scania apresentou de forma oficial seu veículo GNV – Gás Natural Veicular, com carroceria nacional, que também pode ser movido com biometano, que é o gás obtido na decomposição do lixo.


Usado em larga na Europa e também em expansão em cidades de alguns países latinos, como Bogotá, Colômbia; Cidade do México, México; e Lima no Peru, o veículo é fruto de testes que ocorreram no Brasil desde 2014.

A apresentação da unidade ocorreu no Seminário Nacional de Mobilidade Urbana da NTU –  Associação Nacional de Transportes Urbanos, que ocorre em Brasília.

O modelo possui 15 metros de comprimento e capacidade para até 130 passageiros.

O modelo de a carroceria a escolhida é o Viale, da Marcopolo, com piso baixo para ampliar a acessibilidade.

De acordo com a Scania, é o primeiro ônibus da marca movido a biometano ou GNV registrado no Brasil. O anterior possuía um registro especial de testes para veículos importados.

Em 2015, os testes ocorreram no Rio Grande do Sul, o ônibus tem um motor de ciclo otto, que é mais silencioso que os ônibus a diesel.

As emissões de poluentes podem ser até 85% menores que um veículo similar movido a óleo diesel.

Os testes compreenderam circuitos em rodovias e perímetros urbanos, inclusive na Capital Paulista.

De acordo com a Scania, com base em análise da Netz Engenharia Automotiva, com cilindros abastecidos com 300 metros cúbicos de gás (carga total), o ônibus pode ter autonomia de 700 quilômetros nas estradas e 350 quilômetros nas cidades.

Ainda segundo os testes, o custo por quilômetro rodado ficou em R$ 0,89, enquanto um ônibus a diesel tem custo de R$ 1,24 por quilômetro.

O motor é de 280 cavalos de potência e o veículo possui um sensor lambda que calcula a  quantidade de combustível necessária para ser injetada no sistema, o que, segundo a Scania, evitara o mau desempenho que entre os anos de 1980 e 1990 acabou maculando a imagem dos ônibus a gás natural no Brasil.

Fonte: Blog Ponto do Ônibus

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Postagem Extra: Os novos Vip IV da Dragão do Mar

Na última terça-feira, 23 de Agosto, alguns membros da equipe MOB Ceará foram conferir de perto os novos Caio Apache Vip IV, de chassis Mercedes-Benz OF-1724L, da empresa Auto Viação Dragão do Mar. A previsão é que os veículos iniciem as operações no inicio do mês de Setembro.
 

Os ônibus serão distribuídos da seguinte forma:
3 - Na linha 044-Parangaba/Papicu/Montese
2 - Na linha 045-Cj. Ceará/Papicu/Montese
 

A empresa está no aguardo da chegada de mais um Apache Vip IV, de configuração "Padron" que possui 5 portas e chassi OF-1724L.
 

Os veículos possuem as numerações: 42613, 42614, 42615, 42616 e 42617.

Confira mais fotos feitas pela nossa equipe:







Linha do dia: 754-Planalto das Goiabeiras/Granja Lisboa

Nesta edição, o MOB vai abordar informações sobre uma das linhas do transporte complementar mais populares de Fortaleza, a 754-Planalto das Goiabeiras/ Granja Lisboa.


Com um trajeto bastante longo, a rota parte da Granja Lisboa, e segue até o bairro Barra do Ceará passando por muitos pontos conhecidos como: North Shopping Jockey, Hemoce, Shopping Benfica, Praça da Bandeira, DNOCS, Liceu do Ceará, Praça do Carlito Pamplona e a UPA da Barra do Ceara. O itinerário trafega por avenidas conhecidas como a Senador Fernandes Távora, José Bastos, Duque de Caxias, Francisco Sá, Pasteur e a Leste Oeste.


Devido a linha 754 ter tantos pontos importantes ao longo do seu itinerário, os carros conseguem transportar uma grande quantidade de pessoas por viagem, pois muitos dos passageiros apanham o ônibus para se deslocar para pontos próximos e, após sua descida do veículo, sobem mais pessoas e o índice de passageiros por quilômetro aumenta.


A linha é operada pela COOTRAPS, e possui 22 veículos em operação, com uma frequência de 7 minutos durante os dias úteis.

Fonte: MOB Ceará

Recordando os Busscar Urbanus da Rio Vermelho (BA)

Nesta edição oferecida carinhosamente aos busólogos baianos, o MOB Ceará vai recordar alguns dos carros mais potentes da história da Viação Rio Vermelho, de Salvador.

Os carros referidos possuem o modelo Busscar Urbanus, equipados com o chassi Mercedes-Benz O-371UP, que foram adquiridos pela empresa em 1992. A Viação Rio Vermelho que hoje pertence ao consórcio Salvador Norte encomendou, junto a fabricante catarinense, um total de 10 unidades da configuração citada, que ganharam os prefixos 1127 ao 1136.


Fonte: MOB Ceará

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Informações sobre a linha Fortaleza/Guaraciaba/São Benedito via BR-020

Nesta edição do quadro " Linha do dia", o MOB vai apresentar algumas informações sobre a rota, que é operada pela Viação Princesa e se chama 10312-Fortaleza/São Benedito via Guaraciaba.


Com extensão aproximada de 320 Km, a linha que trafega pela rodovia federal passa por cidades como: Canindé, Santa Quitéria, Hidrolândia, Ipu e Guaraciaba do Norte, seguindo desta até a última cidade da rota, o município de São Benedito.


Da rodoviária de Fortaleza saem três ônibus convencionais, que partem nos seguintes horários diários: 8:30, 15:00 e 19:30 e um horário executivo com partida as 13 hrs. Já os horários partindo de São Benedito são: 06:00, 11:00 e 16:30 convencionais e um horário executivo as 23:00 hrs. Todos os ônibus são equipados com toalete, ar-condicionado e suspensão  pneumática e a viagem dura em media de seis horas.

Rodoviaria de Guaraciaba do Norte

Um dos pontos turísticos que a rota contempla é a Bica do Ipu, que jorra água na serra de Ibiapaba e atrai muitos turistas. Outro ponto bastante procurado é a serra de São Benedito e o Santuário de N. S. de Fátima, que atrai diversos religiosos devotos da mesma.



Fonte: MOB Ceará

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Os primeiros ônibus com chassis eletrônicos da Maraponga

Hoje no MOB Ceará você vai recordar os primeiros carros com motorização eletrônico da empresa Maraponga.

Em 2002, a empresa adquiriu 12 carros com o chassi eletrônico OF-1417 da Mercedes-Benz, todos com a carroceria paulista Caio. Eles foram divididos entre os modelos Apache Vip I e Apache S21, com os prefixos 26232 ao 26243.

Os Apache Vip I, numerados de 26232 ao 26237 foram inaugurados na linha 403-Expedicionários/Parangaba e em pouco tempo foram repassados para a Maratur, empresa filial da Maraponga e ostentavam o código 38. Depois, revezavam de 3 em 3 meses na linha 389-Campus Universitário/Jovita Feitosa com a Santa Maria, que iria para a linha 403.


Já os Apache S21 ostentavam os prefixos 26238 ao 26243, sendo que os quatro primeiros foram escalados novos na linha 317-Cidade Nova/Parangaba e os carros 26242 e 26243 foram inaugurados, respectivamente, nas linhas 377-José Walter/Parangaba/Av. J e 347-José Walter/Parangaba/Av. L.


Eles operaram até em meados do ano 2008, quando a empresa vendeu uma parte à Montenegro, e em 2009 entregou o restante para a mesma empresa, vendendo os Vip I para a São Francisco.

Fonte: MOB Ceará