MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

domingo, 23 de setembro de 2012

Terminais sem acessibilidade

Quatro terminais de ônibus da Capital ainda aguardam acessibilidade. Segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), as obras dos terminais do Conjunto Ceará e de Messejana já passam por licitação, ainda sem prazo de conclusão, enquanto os do Siqueira e da Lagoa já têm projetos, mas ainda não foram encaminhados para as regionais. O do Papicu já teve a reforma concluída, e o da Parangaba está recebendo a instalação de elevador, rampas e banheiros acessíveis.

Todos os dias, 12 mil pessoas com deficiência utilizam o sistema de ônibus gratuitamente, segundo Viviane Fernandes, diretora de Acessibilidade, Sustentabilidade e Inclusão Social da Etufor. Ela cita que as reformas dos terminais incluem, entre outras intervenções, nivelamento da passagem entre plataformas, banheiros acessíveis, acesso às bilheterias e instalação de piso podotátil.

“Um terminal sem acessibilidade em pleno 2012 é horrível”, lamenta Juarez Porto Holanda, cadeirante que decidiu realizar movimento para pedir a reforma do Terminal de Messejana. Ontem, Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, ele reivindicou melhorias. “Onde eu ando é cobrando, estimulando as pessoas a lutarem pelo nossos direitos.”
 
Fonte: Mariana Freire

Nenhum comentário:

Tradutor