REDES:

_

Viação Princesa batiza seu novo Double Decker em Canindé Crateús Turismo se destaca pela sua significativa expansão MOB Ceará realiza cobertura completa de vinda do TRIBUS da Itapemirim ao Ceará Teresina é a capital nordestina com mais linhas interestaduais, veja o ranking completo Oitava geração de ônibus rodoviários da Marcopolo é lançada

terça-feira, 8 de junho de 2021

Busca de Relíquias volta a Limoeiro e Russas

A saga incessante da equipe MOB Ceará, em buscar ver de perto os ônibus antigos que rodeiam o estado do Ceará, achou novidades. 
 

A viagem contemplou as cidades de Limoeiro do Norte, a localidade de Flores (em Russas), Jaguaruana, Aracati e rodovia CE-040, mas não foi achado nada em algumas cidades delas pelos trechos percorridos.

O primeiro ônibus velho achado foi às margens da BR-116 antes de Russas. O ex 36602 da Viação Santa Cecília que está no transporte escolar, mas sem operação aparentemente. 
 

Depois disso, foi achado em uma sucata onde a equipe já andou em 2014 e 2015 algumas raridades, inclusive carros como uma Brasília 4 portas e um Landau 1982. Lá, estava o ex 0202034 da MS Turismo e um Monobloco O-371 da Praiano, que possivelmente era o ex 136. A mecânica já tinha sido toda tirada. 
 
 
 
 
 


Chamou a atenção também a parte traseira do ex 25516 da São Francisco. Vale lembrar que em 2019 a equipe achou o ex 25517 inteiro em Russas. 
 

Indo em direção ao Limoeiro do Norte chega outra surpresa - o ex 40726 da Cidade Luz, ostentando ainda a pintura e a marca da numeração. Metros depois, foi achado o ex 35728 da Vega, com a porta do meio fechada. 
 

Ainda em Limoeiro, foi achado outros ônibus como micros e rodoviários, mas a equipe julgou não serem tão importantes para virarem destaque nesta postagem.

A caminho de Flores, foi achado mais um ex Cidade Luz. O 40721 estava todo amarelo e muito bem conservado. Após ele, a equipe foi em busca de rever, depois de 7 anos, o Caio Bela Vista 1976 que todo dia roda de Flores à Russas levando passageiros. Desta vez, ele estava na garagem e os busólogos pediram autorização para fotografá-lo por dentro. O dono foi bastante gentil, e ainda trouxe uma fotografia de quando ele foi adquirido por ele, em 2000. O ônibus foi comprado da empresa Transpalhano, que ficava na cidade de Palhano. Segundo ele, o ônibus raramente apresenta algum problema, o chassi LPO-1113 não o deixa na mão! Já houve diversas oportunidades de renovação, mas o proprietário optou de manter o velho guerreiro. 
 
 
 
 



Na lataria, há diversos resquícios de pinturas. A primeira aparenta ser toda laranja, do tom que a Cialtra utilizava, e no teto tem um pouco de um desenho com barras pretas e fundo verde. Os pesquisadores do MOB não tiveram como identificar a real origem dele, mas vai haver a terceira missão MOB para que se possa conferir no documento dele a placa de duas letras e, assim, chegar-se a conclusão de quem foi esse misterioso Caio Bela Vista. 
 

Foram vistos mais ônibus, como o ex 36684 da Viação Timbira, mas como estava da mesma forma que o MOB viu em 2019, foi decidido não ir até perto dele. O ex 18126 da Salete também foi visto em um circo na cidade de Aracati, mas como ele também se encontra no mesmo estado que foi visto em 2014, conforme pode ser visto nesse link, a equipe preferiu não se aproximar.


Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

8 comentários:

Unknown disse...

Parabéns pela reportagem muito Boa e cheia de informações

Wallacy disse...

Existe um monobloco na estrada ao lado de Cruz dentro de um terreno alguém da região tirem uma foto antes que destruam


Outra relíquia esta depois de Morrinhos sentido Sobral em uma casa no meio da estrada um Ciferal que ainda tem as cores da Autoviaria São Vicente de Paula

Anônimo disse...

Sempre pergunto se ainda existe monoblocos O362/64/65/71 urbanos ainda em terras cearenses???

Anônimo disse...

Sempre pergunto se ainda existe monoblocos O362/64/65/71 urbanos ainda em terras cearenses???

Erivaldo Martins disse...

Essas matérias sobre relíquias do MOB, é uma das que mais me interessa. Me faz voltar ao passado, e descobrir que aquele veículo que você andou, quando pequeno com seus familiares ou na adolescência, na época da escola, ainda existe em alguma lugar... Para qualquer busólogo, creio eu, isso é fascinante!

Erivaldo Martins disse...

Uma vez por curiosidade entrei em uma pagina da internet, para visualizar imagens da cidade de Banabuiú/CE, onde tenho parentes que moram nesse município, e por curiosidade, comecei a assistir um vídeo de um caminhoneiro. Nas imagens é possível ver na avenida principal que dá acesso ao centro da cidade, alguns Caio Amélias, entre outros veículos antigos entre eles um ex. Bons Amigos, se não me engano o 05126.

Erivaldo Martins disse...

Quando a equipe MOB for para uma próxima Busca de Relíquias, na região do Sertão Central/Pacajus/Horizonte ou Cascavel. Se puderem me convidar, ficarei muito grato!!!

Narcisio Santos disse...

Participe do nosso zap para ficar atento...