REDES:

_

MOB Ceará conhece as instalações da Ferraria JG - Marcopolo Viação Penha mostra sua casa e aquisições ao MOB Ceará Sindiônibus convida MOB Ceará para uma conversa aberta sobre mobilidade urbana Busólogos conhecem DD de 15 metros da Neqta Conhecimento fez diferença na visita da São José

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Fretamento: Aventureiros quebram empresas maiores e depois não se mantêm no mercado

No fretamento cearense, ou até em outros estados, costumeiramente surgem novos entrantes no mercado do transporte fretado ou turismo.

A concorrência é importante para o cliente poder optar por preços menores, ou mesmo por um nível de serviço elevado com custos acessíveis para o seu bolso. O problema ocorre quando alguns novos empreendedores entram no mercado sem noção de nada. Alguns recebem as contas do antigo emprego, investem na compra de um ônibus e acha que qualquer preço que colocar está no lucro, sem medir seus reais custos e mantendo uma ilusão econômica que, além de durar pouco, pode quebrar empresas equilibradas antes.

Custos de aquisição (oportunidade), manutenção anual, pneus entre outros são ignorados por estes empreendedores, e para captar clientes, o preço muito baixo é o caminho que eles percorrem. Nem todos os novos entrantes agem dessa forma. Muitas vezes, o dono do ônibus por não dar a devida manutenção, acaba ficando no prego ao longo da viagem, sem recursos para enviar uma equipe de manutenção, muitas vezes é necessário utilizar o dinheiro do frete para contratar um reboque, o que lhe tira até aquele pequeno ''lucro'' e causa o constrangimento dos passageiros, finalizando naquele dia o bom vínculo com aquele fretante e com todos as pessoas com quem ele conversar sobre o tema ''ônibus de aluguel'', fechando o negócio em curto tempo.

Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcísio Santos

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.