MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Saiba quantos ônibus a gigante Gontijo possui MS Turismo renova frota com Caio Solar 2013 Viação Penha se mantém com a 4ª frota mais nova João Pessoa-PB renovando a frota com Torino São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Técnica: A finalidade dos cilindros no motor

Você já ouviu falar em cilindros? Sabe qual a finalidade dele no motor? O MOB Ceará preparou uma pequena matéria explicando aos leitores e busólogos todas essas dúvidas.


Cilindro é o local do motor onde ocorre os ciclos (ou tempos) responsáveis pelo início e continuidade do movimento do propulsor. No cilindro, o pistão realiza movimentos alternativos de sobe-e-desce, e este movimento é transformado em circular, através das bielas e virabrequim, transferindo a energia para diversos componentes, finalizando nas rodas.

No cilindro, o combustível é admitido através das válvulas de admissão, que se abrem no momento exato, quando o pistão está próximo ao ponto mais baixo (PMI) . Em seguida, as válvulas se fecham e o pistão sobe até seu ponto máximo (PMS), comprimindo do combustível e o levando a temperaturas bastante elevadas.
A compressão resulta na explosão, que empurra o pistão para baixo, sendo a etapa principal quando se trata em movimentação. Por ultimo, ao mesmo tempo em que o pistão sobe mais uma vez, as válvulas de exaustão se abrem, permitindo a saída dos gases resultantes da queima.

Estes detalhes se referem aos motores de 4 tempos (admissão, compressão, explosão, exaustão), sendo que nos motores 2 tempos existem os mesmos ciclos, mas que ocorrem de dois a dois ao mesmo tempo (admissão/explosão e compressão/escape).

Lembrando também que o volume total de mistura ar/combustível (calculado em cm3 ou litros) que é suportado por um cilindro é chamado cilindrada unitária e a soma das cilindradas unitárias resulta na cilindrada total. Quanto mais cilindros, maior é a potência do motor, e mais consumo de combustível, embora atualmente a obtenção de mais potência e torque está mais ligado à eficiência do conjunto do que quantidade de cilindros ou volume da cilindrada.

Esse vídeo explica melhor a diferença de um motor de 2 e 4 tempos. Clique abaixo caso queira se aprofundar mais no tema.



Fonte: MOB Ceará

Um comentário:

joao matos Victor disse...

Bela matéria. Façam mais sempre que tiverem chance :)

Tradutor