MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Saiba quantos ônibus a gigante Gontijo possui MS Turismo renova frota com Caio Solar 2013 Viação Penha se mantém com a 4ª frota mais nova João Pessoa-PB renovando a frota com Torino São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

domingo, 12 de julho de 2015

Ranking; Acessibilidade nas cinco menores empresas do SIT-For

O MOB Ceará afim de manter informado os seus leitores, realizou uma pesquisa de frota entre as cinco menores empresas do sistema urbano de Fortaleza, para saber qual a quantidade de veículos equipados com elevador, existentes em cada uma das frotas.

Fortaleza possui uma das frotas mais novas do país, e, devido a norma que entrou em vigor em 16 de Outubro de 2008, todos os veículos novos que fossem fabricados, deveriam vir com o equipamento que auxilia aos deficientes a embarcarem nos coletivos.



Com isso, as empresas que operam com veículos urbanos de todo o Brasil, foram obrigadas a adotar o dispositivo em seus veículos, aumentando assim, o percentual de ônibus acessíveis em relação aos anos anteriores à 2008.


Em Fortaleza, desde 2007, a empresa São José de Ribamar já se precavia, e em todas as suas aquisições já trazia o equipamento em seus veículos, mesmo sem ter obrigação naquele período. A empresa com 66 veículos, já possuía quase 15% da frota acessível, o maior percentual dentre as operadoras naquele cenário.
Hoje as empresas já estão bem próximas de chegar à 100% da frota, e o MOB Ceará vai mostrar como está o percentual das 5 menores empresas do sistema.

5° lugar- Aliança Transportes

Na quinta colocada entre as menores empresas, se encontra a Aliança Transportes, com 65,6% da frota acessível. A empresa possui uma frota de 93 veículos, e deste total, ainda falta retirar 32 veículos para se chegar à 100% da frota acessível. Com a renovação prevista para 2015, acredita-se que, a frota deva estar totalmente equipada com elevador até o final de 2016.

4°lugar- Fretcar Transportes

A Fretcar no setor urbano, ocupa a quarta colocada. Isso se deve devido a empresa ter inserido 12 novos veículos com Ar-condicionado e não ter desativado nenhum veículo da frota. O índice ótimo mostra que em 2016, a frota deva estar 100% acessível, analisando o comportamento das renovações anteriores. A empresa possui 78% da frota equipada com elevador. Vale ressaltar que a empresa chegou a marca dos 100 ônibus no setor urbano.

3° lugar- Terra Luz Transportes

A  Terra Luz que é a menor empresa do sistema, possui apenas 12 ônibus sem elevador, o que significa 21,05% da frota operante. A empresa ainda vai inserir no sistema mais dois ônibus 2015, e estes, não foram contabilizados nesta pesquisa. A empresa poderia estar com um índice melhor ainda, porém, devido a violência crescente em Fortaleza, a Terra Luz perdeu em 2015 dois ônibus 2010 equipados com elevador. Outras empresas como: Viação Fortaleza, São José, Santa Maria, Via Urbana, Vega, Dragão do Mar e Cearense tiveram o mesmo problema.

2° lugar-  Santa Maria

A Santa Maria, empresa com o CNPJ mais antigo dentre as operadoras, já está com 79,57% da frota equipada com elevador para cadeirantes. A empresa possui uma frota de 93 veículos, e dentre eles, já dispõem de 74 carros adaptados para cadeirantes. Semelhante as demais citadas, acredita-se que, até 2016, a empresa conclua os 100% de frota acessível.

1°lugar- Cearense Transportes

E dentre as cinco menores empresas do sistema urbano de Fortaleza, a Cearense é a que possui mais ônibus equipados com elevador. Com uma frota de 59 veículos, a empresa já está com 79,67% da frota equipada com o dispositivo. A empresa ainda não recebeu nenhum veículo referente a renovação de frota neste ano, porém, com a inserção de mais veículos na frota, a empresa pode chegar ao índice de 100% da frota acessível, em menos de 1 ano.

A pesquisa realizada pelo MOB Ceará contabilizou apenas as 5 menores empresas do sistema, porém, analisando todas as operadoras, a Maraponga fica em primeira colocada. Com uma frota de 119 veículos, a empresa possui apenas 4 veículos não adaptados, o que representa 96,64% da frota acessível.

Fonte: MOB Ceará

Nenhum comentário:

Tradutor