MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

domingo, 12 de julho de 2015

Ranking; Acessibilidade nas cinco menores empresas do SIT-For

O MOB Ceará afim de manter informado os seus leitores, realizou uma pesquisa de frota entre as cinco menores empresas do sistema urbano de Fortaleza, para saber qual a quantidade de veículos equipados com elevador, existentes em cada uma das frotas.

Fortaleza possui uma das frotas mais novas do país, e, devido a norma que entrou em vigor em 16 de Outubro de 2008, todos os veículos novos que fossem fabricados, deveriam vir com o equipamento que auxilia aos deficientes a embarcarem nos coletivos.



Com isso, as empresas que operam com veículos urbanos de todo o Brasil, foram obrigadas a adotar o dispositivo em seus veículos, aumentando assim, o percentual de ônibus acessíveis em relação aos anos anteriores à 2008.


Em Fortaleza, desde 2007, a empresa São José de Ribamar já se precavia, e em todas as suas aquisições já trazia o equipamento em seus veículos, mesmo sem ter obrigação naquele período. A empresa com 66 veículos, já possuía quase 15% da frota acessível, o maior percentual dentre as operadoras naquele cenário.
Hoje as empresas já estão bem próximas de chegar à 100% da frota, e o MOB Ceará vai mostrar como está o percentual das 5 menores empresas do sistema.

5° lugar- Aliança Transportes

Na quinta colocada entre as menores empresas, se encontra a Aliança Transportes, com 65,6% da frota acessível. A empresa possui uma frota de 93 veículos, e deste total, ainda falta retirar 32 veículos para se chegar à 100% da frota acessível. Com a renovação prevista para 2015, acredita-se que, a frota deva estar totalmente equipada com elevador até o final de 2016.

4°lugar- Fretcar Transportes

A Fretcar no setor urbano, ocupa a quarta colocada. Isso se deve devido a empresa ter inserido 12 novos veículos com Ar-condicionado e não ter desativado nenhum veículo da frota. O índice ótimo mostra que em 2016, a frota deva estar 100% acessível, analisando o comportamento das renovações anteriores. A empresa possui 78% da frota equipada com elevador. Vale ressaltar que a empresa chegou a marca dos 100 ônibus no setor urbano.

3° lugar- Terra Luz Transportes

A  Terra Luz que é a menor empresa do sistema, possui apenas 12 ônibus sem elevador, o que significa 21,05% da frota operante. A empresa ainda vai inserir no sistema mais dois ônibus 2015, e estes, não foram contabilizados nesta pesquisa. A empresa poderia estar com um índice melhor ainda, porém, devido a violência crescente em Fortaleza, a Terra Luz perdeu em 2015 dois ônibus 2010 equipados com elevador. Outras empresas como: Viação Fortaleza, São José, Santa Maria, Via Urbana, Vega, Dragão do Mar e Cearense tiveram o mesmo problema.

2° lugar-  Santa Maria

A Santa Maria, empresa com o CNPJ mais antigo dentre as operadoras, já está com 79,57% da frota equipada com elevador para cadeirantes. A empresa possui uma frota de 93 veículos, e dentre eles, já dispõem de 74 carros adaptados para cadeirantes. Semelhante as demais citadas, acredita-se que, até 2016, a empresa conclua os 100% de frota acessível.

1°lugar- Cearense Transportes

E dentre as cinco menores empresas do sistema urbano de Fortaleza, a Cearense é a que possui mais ônibus equipados com elevador. Com uma frota de 59 veículos, a empresa já está com 79,67% da frota equipada com o dispositivo. A empresa ainda não recebeu nenhum veículo referente a renovação de frota neste ano, porém, com a inserção de mais veículos na frota, a empresa pode chegar ao índice de 100% da frota acessível, em menos de 1 ano.

A pesquisa realizada pelo MOB Ceará contabilizou apenas as 5 menores empresas do sistema, porém, analisando todas as operadoras, a Maraponga fica em primeira colocada. Com uma frota de 119 veículos, a empresa possui apenas 4 veículos não adaptados, o que representa 96,64% da frota acessível.

Fonte: MOB Ceará

Nenhum comentário:

Tradutor