MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Ranking das frotas mais novas do metropolitano Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sábado, 1 de junho de 2013

Relembrando a Frota: CTC em 1993

O MOB Ceará apresenta, na edição de hoje, mais um quadro inédito: O "Relembrando a Frota", que tem a missão de resgatar a memória da frota das empresas de ônibus em um determinado do período de tempo.

Na primeira edição, iremos abordar a relação da frota de ônibus em atividade na CTC no áureo ano de 1993.



A CTC, desde o início de suas atividades, em 1967, costumava numerar seus veículos em uma ordem que iniciava no numero 1 e finalizava no até então mais novo ônibus da frota. 

No ano de 1993, isso não ocorreu, pois os veículos de prefixo 01 a 06 (Caio Amélia, chassi Mercedes-Benz LPO-1113) foram desativados bem no início da década de 1990.
 
Três Marcopolo Padron 1982 (prefixos 07, 13 e 17) foram desativados entre Abril e Maio de 1993, e outros Caio Gabriela da década de 1970, também foram desativados antes, causando algumas "brechas" nas numerações iniciais da frota da empresa.
 
Os dados da frota operante, informados pela Equipe MOB Ceará, classificados em ordem numérica, se referem ao mês de Dezembro de 1993. Confira!


--

 
09008; 09019; 09022; 09030 - Caio Vitória Mercedes-Benz OF-1315

Estes, fizeram parte da grande renovação da frota, realizada pela CTC em 1989, onde foram adquiridos vários Caio Vitória Mercedes-Benz.

Dos quatro citados, o primeiro a iniciar suas operações foi o 09030, em Julho de 1989. Os outros três iniciaram em Agosto do mesmo ano.

Todos tinham características semelhantes de carroceria e chassi, e a pintura era idêntica, no padrão tradicional da CTC.


09031 e 09032 - Ciferal Padron Alvorada 1988 Volvo B-58
 
Estes eram os mais antigos em operação na frota da CTC em Dezembro de 1993.

Os dois tinham câmbio manual de seis marchas e eram de 1987, sendo que o 032 iniciou suas atividades em Março e o 031, em Maio de 1988.

Em dezembro de 1993, a pintura deles era a tradicional da empresa e eles tinham duas portas. Tempos depois, eles ganharam a terceira porta e a pintura do Sistema Integrado.
 


09033 a 09052 - Caio Vitória Mercedes-Benz OF-1315
 
Continuando a grande frota de Caio Vitória da empresa vieram em 1989 vinte unidades com chassi Mercedes-Benz OF-1315 com a pintura nas cores padrão da CTC.

Em Julho daquele ano começaram a circular os ônibus 034, 035, 037, 041, 042, 043, 044, 045, 047 e 051, e em Agosto foi dado inicio das atividades do 033, 036, 038, 039, 040, 046, 048 e 050.
O 052 só iniciou as operações em Janeiro de 1990.


09053 a 09056 - Thamco Padron Águia Volvo B-58 Articulado
 
No fim de 1989, durante a gestão do prefeito Ciro Gomes, a CTC entregou a população quatro ônibus articulados, com carroceria Thamco Padron Águia, chassi Volvo B-58, câmbio manual de seis marchas e prefixos que iam de 053 a 056.

Confira matéria MOB Ceará sobre os articulados.

Os carros 053 e 054 iniciaram as atividades em Janeiro de 1990, enquanto os outros dois rodaram apenas em Abril.
 

Em 1993, os ônibus já estavam com a pintura padrão do sistema, azul troncal.


09057 a 09066 - Caio Vitória Mercedes-Benz OF-1315
 
A terceira série de aquisições de Caio Vitória começou no início do ano de 1990. Foram 10 veículos praticamente idênticos, com chassi Mercedes-Benz OF-1315 e duas portas, com pintura padrão da empresa.

Todos iniciaram as atividades na metade de Abril de 1990, junto com os articulados 055 e 056.

09067 a 09080 - Ciferal Padron Alvorada 1990 Volvo B-58
 
Esta é a primeira aquisição do Ciferal Padron Alvorada na década de 1990, que já está na terceira versão, com alguns retoques visuais. Foram adquiridos 14 veículos equipados com chassi Volvo B-58, câmbio manual de seis marchas e 12 metros de comprimento.

Nove deles (067 a 075) começaram a circular em Setembro de 1990, enquanto o restante só iniciou as operações em Fevereiro de 1991.


Em Dezembro de 1993, os carros 09067 a 09072, 09074, 09075 e 09078 tinham três portas e pintura azul troncal, enquanto os carros 09073, 09076, 09077, 09079 e 09080 tinham duas portas e a pintura tradicional da CTC.
 

09081 a 09087 - Caio Vitória Mercedes-Benz
 
Aqui inicia mais uma série com sete ônibus com carroceria Caio Vitória e chassi Mercedes-Benz. Desta lista, apenas o 09087 tinha chassi OF-1318 - os outros seis eram OF-1315. 

O veículo 09081 iniciou suas operações em Dezembro de 1990, enquanto os outros seis iniciaram as atividades apenas em Fevereiro de 1991.
 

09088 a 09091 - Ciferal Padron Alvorada 1991 Volvo B-58

Estes quatro ônibus foram os últimos ônibus com carroceria Ciferal Padron Alvorada adquiridos pela CTC e tinham, além de duas portas, a pintura padrão da empresa.
 

Os três primeiros iniciaram suas operações em Junho de 1991, enquanto o 09091 só circulou nas ruas em Julho do mesmo ano.

09092 a 09094 - Caio Vitória Mercedes-Benz
 
Continuando a combinação "Caio Vitória e Mercedes-Benz", chegaram (e iniciaram as atividades) em 1991 mais três unidades, com essa característica. Apenas o 09093 tinha chassi OF-1315, enquanto os outros dois eram OF-1318.

Os meses do início das operações de cada um são os seguintes: Julho (09092); Setembro (09093) e; Dezembro (09094).

Todos chegaram com a tradicional pintura da CTC, estampada em uma carroceria com duas portas.


09095 a 09103 - Caio Vitória Volvo B-58

No fim de 1991 inicia a era das aquisições dos lendários Volvo com cambio automático com carroceria Caio Vitória.

Ao todo, foram adquiridos 53 veículos entre 1991 e 1993, começando por este lote composto por nove unidades.

Todos iniciaram suas atividades já em 1992. Em Janeiro foram os carros 095; 096; 097; 099 e; 100, em Fevereiro foi a vez dos carros 098; 101 e; 102, e em Março, o 103 iniciou as operações.
 

Em Dezembro de 1993, os veículos: 095, 097; 098; 101; 102 e 103 tinham a pintura laranja circular, enquanto os ônibus: 096; 099 e 100 tinham a pintura azul troncal.

09104 - Caio Vitória Mercedes-Benz OF-1315
 
Após a surpresa das aquisições de ônibus com câmbio automático, a CTC recebe um solitário Caio Vitória com chassi Mercedes-Benz OF-1315, que tinha duas portas e a pintura tradicional da CTC.

De número 09104, ele iniciou suas atividades em Abril de 1992.

09105 a 09110 - Caio Vitória Volvo B-58

O segundo lote de ônibus Volvo com câmbio automático foi composto por seis ônibus, com numeração que ia do 105 ao 110. Os ônibus, com características semelhantes ao primeiro lote, tinha carroceria Caio Vitória com três portas.

Todos os ônibus iniciaram as operações em Abril de 1992 e, deles, apenas o 105 tinha a pintura azul troncal em Dezembro de 1993, enquanto os outros trafegavam pelas ruas neste mês com a pintura laranja circular.
 

O 09107 (foto), assim como os outros ônibus com pintura laranja, ganharam a pintura azul troncal na segunda metade da década de 1990.

09111 e 09112 - Caio Vitória Mercedes-Benz OF-1315
 
A penúltima aquisição de chassi leve da Mercedes-Benz ocorreu ainda em 1992, com dois ônibus, de prefixos 09111 e 112.

Os ônibus eram equipados com o chassi OF-1315 e tinham a tradicional pintura da empresa, além de duas portas. Os dois ônibus iniciaram suas atividades no mês de Maio de 1992.

 
09113 a 09118 - Mercedes-Benz O-371 U (GNV)
 
A CTC inovou a trazer a Fortaleza, seis ônibus movidos à Gás Natural Veicular (GNV).

Estas, seriam as primeiras propostas de uma substituição dos ônibus movidos à diesel pelo Gás Natural, eles seriam as principais referências de ônibus menos nocivos ao meio-ambiente.

Por conta da dificuldade em manter o sistema em funcionamento, devido principalmente aos poucos pontos de abastecimento, os motores dos ônibus foram convertidos para consumir o óleo diesel.
 

Os ônibus, com numerações 09113 a 118, tinham a carroceria com duas portas e pintura verde-alimentadora, e assim permaneceram até o fim de suas atividades.

09119 a 09141 - Caio Vitória Volvo B-58

 
O terceiro lote de Volvo com câmbio automático, foi o maior já adquirido: Foi um total de 23 ônibus. Eles vieram com sensíveis mudanças estéticas, principalmente na carroceria, que era cerca de 10 cm mais alta, se comparado com os lotes anteriores.

Treze ônibus desse lote tinham a pintura azul troncal em Dezembro de 1993 (09119 ao 130 e 09140), e os outros dez tinham a pintura laranja circular neste período (09131 a 09139 e 09141).
 

Os carros 09119 a 09132 e 09141 iniciaram as suas operações em Setembro de 1992, enquanto os carros 09133 a 09140 começaram a circular apenas em Outubro.

09142 a 09148 - Caio Vitória Mercedes-Benz OF-1315

No fim de 1992, chega a garagem da empresa, a última série de aquisições de Mercedes-Benz OF-1315, que ainda era uma das mais curiosas da frota.

Os sete veículos, de numerações 09142 a 148, tinha uma característica inédita: A porta traseira (que na época era de desembarque), ficava localizada no entre-eixos do veículos, numa forma semelhante à maioria dos micro-ônibus atuais.
 

Quando a porta de embarque passou a ser na traseira dos ônibus de Fortaleza, a catraca e o assento do cobrador foram instalados próximo à porta central, até que uma terceira porta fosse instalada em todos esses ônibus.

Todos iniciaram as operações em Janeiro de 1993.

09149 a 09163 - Caio Vitória Volvo B-58
 
No início de 1993, chega à garagem da CTC, o último lote de aquisições de ônibus Volvo. Assim é interrompida uma era de luxo e conforto, e nos próximos anos, os passageiros apenas puderam colher os resultados dos investimentos já realizados, pois a CTC só viria a adquirir novamente ônibus apenas em 1998.

Neste último lote, chegaram 15 ônibus, com numerações que iam do 149 ao 163, e que traziam sensíveis diferenças estéticas, se comparados ao lote anterior de ônibus Volvo, como, por exemplo, o vidro do para-brisa panorâmico, as janelas gaúchas, piso em madeira e o cubo de roda traseiro mais avantajado.

Dez unidades (149 ao 158) iniciaram as atividades em Maio de 1993, e os outros cinco, iniciaram as operações em Junho do mesmo ano. 


Todos os exemplares deste último lote, chegaram com a pintura azul troncal, e assim permaneceram até o fim de suas atividades.

--

Em Dezembro de 1993, a CTC tinha um total de 137 veículos operantes, sendo que 77 (56,2% do total) tinha chassi Volvo e 53 (38,7% do total) com câmbio automático.
 

Era uma frota bastante nova, com uma idade média de 2,46 anos, o que fez a empresa ser eleita na época, como a empresa modelo de Fortaleza.

--

Conheça um pouco mais sobre a história da CTC através das matérias produzidas pelo MOB Ceará, é só clicar nos links abaixo:


Fonte: MOB Ceará

3 comentários:

Francisco Roberio disse...

Legal demais esta matéria, parabéns par todos do MOB CEARÁ!

Sebastião Lira disse...

MARAVILHOSA REPORTAGEM...
RECORDEI DA MINHA INFANCIA E ADOLESCENCIA, QUANDO IA MUITO AO ALBERTO SABIN NA LINHA 045 (CJ. CEARÁ - PAPICU) E VOLTAVA NA LINHA 043 (CJ CEARÁ - IGUATEMI)...

pointe do queijo disse...

ME SINTO ORGULHOSO TER FEITO PARTE DESTA GRANDE EMPRESA, QUE NA VERDADE ME DEIXA SAUDADE MEU NOME DE GUERRA ERA JMOREIRA QUEM NÃO LEMBRA DO TUCANO 157 QUE TRABALHEI NO PERIUDO DE 1993 A 1998, PODERCE VOLTAR PASSADO VOLTAROIA TRB NA MESMA EMPRESA DA MESMA FORMA QUE TRABALHEI SAUDADE DE VOCÊ CTC

Tradutor