MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Saiba quantos ônibus a gigante Gontijo possui MS Turismo renova frota com Caio Solar 2013 Viação Penha se mantém com a 4ª frota mais nova João Pessoa-PB renovando a frota com Torino São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

IPVA: transporte alternativo é isento

Ontem foi dia de comemoração para os trabalhadores de cooperativas do transporte complementar do Interior do Ceará. O governador Cid Gomes assinou mensagem, a ser encaminhada para Assembleia Legislativa, isentando a categoria do pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e concedendo redução de até 75% no pagamento da taxa mensal de regulação da Arce (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará).

Governador Cid Gomes almoçou ontem com cooperados após visita ao Centro de Eventos

Cerca de mil veículos serão beneficiados, segundo dados do Detran. Eles estão inseridos na linha radial, o que exclue os veículos da região metropolitana e de Fortaleza. As duas medidas são reivindicações das cooperativas do transporte complementar, que foram apresentadas ao governador no início de dezembro passado. O IPVA será isento para carros novos e usados. A taxa da Arce sofrerá redução de 50% para trabalhadores da região Crajubar (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha) e de 75% para o restante do interior. Segundo o presidente da Federação de Cooperativas de Transportadores Autônomos de Passageiros do Ceará (Fecoopace), César Nobre, é injusto um valor igual para linhas do interior e da Capital, que têm faturamento e demandas diferentes.

Economia


Pelos cálculos da entidade, as medidas vão gerar uma economia de, no mínimo, R$ 2 milhões ao ano. "Esse valor poderá ser investido no sistema", afirma Nobre. "Vamos fazer um planejamento para gerar um retorno qualitativo, como renovação da frota e treinamento para motoristas, cobradores, fiscais e dirigentes das cooperativas".

César Nobre destaca ainda a possibilidade de fortalecer as cooperativas que trabalham com transporte de turistas. "Das 26 cooperativas filiadas à Fecoopace, apenas quatro estão ligadas ao turismo", afirma. "Ainda estamos engatinhando neste setor, mas esperamos crescer".

Fonte: Carol de Castro
Foto:J. Machado/Kid Júnior

Nenhum comentário:

Tradutor