REDES:

_

Novos LD's da Satélite Norte são conferidos por busólogos cearenses Ceará Diesel enfatiza DD's da Marcopolo e Busscar em Happy Hour Neuri Tur convida busólogos para aproximação Sindiônibus convida MOB Ceará para conversa sincera sobre mobilidade urbana MOB Ceará visita as instalações da Ferrari JG - Marcopolo MOB confere novos micros e rodoviários da Princesa

terça-feira, 28 de junho de 2011

Governo vai reduzir empresas e linhas de ônibus interestaduais

A ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) divulgou hoje estudo que vai servir de base para a licitação das linhas de ônibus interestaduais, prevista para janeiro de 2012. Pelos números divulgados, as 2.412 linhas atuais de longa distância vão ser reduzidas a 1.753. Segundo o diretor da Agência, Bernardo Figueiredo, a ideia é que se tenha em torno de 60 empresas operando ao fim do processo, contra um número hoje de cerca de 200. 


Bernardo explicou que a redução das linhas se deve à racionalização do sistema, possível após o estudo. O novo sistema terá menos linhas concorrendo num mesmo trecho, mas não vai se deixar de atender a nenhuma região, segundo ele.

As regiões com grande demanda terão pelo menos três empresas concorrendo. Quanto à redução do número de empresas, a expectativa é trabalhar apenas com as que possam atender aos padrões de qualidade exigidos pela agência. "Temos uma frota de 14 anos de idade média. Queremos trabalhar com 5 anos", exemplificou.

Pelo estudo, o número de passageiros de ônibus estimado em 2010 foi de 66,7 milhões, cerca de 30% acima dos números oficiais, São Paulo tem 21% da demanda de origem e destino do país. Das 10 ligações com maior número de passageiros, quatro são para o Estado. A ligação com maior número de passageiros por ano é São Paulo-Minas Gerais, com 7,5 milhões (ida e volta).


O modelo da licitação é por grupos de linhas. Segundo a agência, linhas em áreas mais rentáveis estarão misturadas a linhas pouco rentáveis e quem vencer terá que operar em ambas com a mesma qualidade. A divulgação dos grupos de linhas será feita na próxima semana e ficará um mês em audiência pública, onde empresas e usuários poderão pedir alterações ou inclusões de trechos. A expectativa da agência é lançar o edital da licitação até outubro.

Fonte: Dimmi Amora/Folha
Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.