REDES:

_

Brasileiro 5045: um raro G6 Volvo que operou no intermunicipal cearense Sistema urbano de Fortaleza com 100% da frota acessível Expresso Cabral comemora 65 anos com renovação de frota Vega Manaus já passa de 160 ônibus e recebe 4 Marcopolo 0km Prime Plus recebe o MOB Ceará pela primeira vez Expresso Tur apresenta seus rodoviários ao MOB Ceará

quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Itapemirim e Kaissara têm falência decretada e Suzantur é autorizada a operar linhas

O juiz João Oliveira Rodrigues Filho, do Tribunal de Justiça de São Paulo atendeu a administradora judicial EXM Partners e decretou nesta quarta-feira, 21 de setembro de 2022, a falência das empresas do Grupo Itapemirim. Trata-se de primeira instância, cabendo recurso. A decisão não envolve a empresa aérea.


Na decisão, o juiz levou em conta as suspeitas de desvios de dinheiro durante a gestão da Itapemirim, o envio de R$ 45 milhões das empresas de ônibus para a empresa ITA – Transportes Aéreos criada pro Sidnei Piva, a dívida de mais de R$ 2 bilhões em tributos e ilegalidades insanáveis no Plano de Recuperação Judicial. A decisão também permite o arrendamento das linhas da Kaissara e da Itapemirim, além de estruturas por 12 meses para a Suzantur, empresa que opera ônibus urbanos no ABC Paulista e em São Carlos (SP). O prazo pode ser prorrogado por mais 12 meses. A empresa é administrada por Claudinei Blogialto.

Texto: Adamo Bazani (Diário do Transporte)
Colaboração: Arthur Ferrari

1 comentários:

juniornogueira disse...

É a culpa do Sr Piva que usou milhões para investir na companhia aérea e outros desvios, má gestão quebrou a empresa.