REDES:

_

MOB Ceará participa de passeios São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Os últimos veículos com motor traseiro da Santa Maria

A Santa Maria foi uma das últimas a despachar os veículos de motor traseiro entre as empresas dos anos 90.



Sua última aquisição foi em 1994, quando encomendou duas carrocerias Comil Svelto e os reencarroçou sobre a plataforma do Monobloco O-364. Os ônibus ganharam os prefixos 20322 e 20323. Entre 1997 e 1998, eles foram vendidos, com tão pouco tempo de idade. A São Cristóvão ficou com um deles, e o enumerou de 06047.

O outro foi pra São Francisco, ganhando o cadastro 25100, renumerado para 25424 em 2000. Na São Francisco, o ex 20322 rodou até 2002, quando foi vendido.

Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

5 comentários:

Nos-767 disse...

Sempre achei engraçado isso da Comil encarroçar carroceria nova em chassi antigo. Tinha Condottiere e Galleggiante da Rio Jaguaribe nesse chassi tbm.
-------
Quanto à combinação em si, era carro pra linha alimentadora. O carro era pesado, o torque era ruim. Lembro da São Francisco escalando o 25100 pra fazer 355. Dava pena... mas como é um carro traseiro, a gente tem até uma nostalgia.

Unknown disse...

Eles foram encarroçados sob o O-364 ou reencarroçados???

Francisco Roberto disse...

Unknown, segundo o ÔNIBUS BRASIL o MB O-364 deixou de ser fabricado em 1987. Então se levarmos isto em consideração. Com certeza estes Svelto foram reencarroçados mesmo.

Francisco Roberto disse...

Esta matéria me trouxe recordações dos t a m b é m reencarroçados Comil Svelto MB O-364 três portas da 24 Empresa Irmãos Bezerra. Foram três: 24125, 24126 e 24127. Ex 13, 14 e 15. Peguei um deles na linha 390 Av. João Pessoa. Foi o 24127 que se arrastava na viagem. Carroceria pesada num chassi com motor fraco. Não dá certo!

Nos-767 disse...

A Comil oferecia direto a opção de reencarroçar... era estratégia de vendas. Os O364 da Rio Jaguaribe dizem que eram monoblocos dela mesmo que ela mandou reencarroçar em Comil.
Porém, eu particularmente lembro SÓ DE UM MONOBLOCO nas cores dela. Os demais carros imagino que eram em outras carrocerias (Marcopolo III, por ex.)
---------
Esses carros da Irmãos Bezerra não tive a sorte de ver. Só lembro do Volvo, pq ele era o fixo da 'famigerada' 358 - Dias Macedo / Parangaba 2.