REDES:

_

Brasileiro 5045: um raro G6 Volvo que operou no intermunicipal cearense Sistema urbano de Fortaleza com 100% da frota acessível Expresso Cabral comemora 65 anos com renovação de frota Vega Manaus já passa de 160 ônibus e recebe 4 Marcopolo 0km Prime Plus recebe o MOB Ceará pela primeira vez Expresso Tur apresenta seus rodoviários ao MOB Ceará

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Marcopolo New Senior (Rodoviário): Um ônibus de pequeno porte que atende bem as necessidades dos frotistas cearenses

Hoje o MOB Ceará abordará informações com respeito a um  dos modelos de ônibus produzidos pela encarroçadora Marcopolo. O Marcopolo New Senior já está presente em quase todo o território cearense, agradando frotistas da capital e do interior do estado.
 

 

 
O  New Senior é um micro-ônibus concebido para atender linhas rodoviárias e de turismo. Renovação externa com moderno design e alterações internas acompanham o elevado padrão de conforto, segurança e eficiência do modelo.
 

 
Pensando na ergonomia, a Marcopolo desenvolveu  um  painel redesenhado com melhor leitura e acionamento de teclas retro iluminadas e resistentes à água, (conforme norma IP66), cabine do motorista com novo sistema de vedação aumentando o conforto termoacústico,  porta com novo sistema corrediço, melhorando a ergonomia do motorista durante a abertura e fechamento das portas, porta objetos posicionado no painel lateral e sobre o painel,  capô sobre o motor com altura mais baixa favorece o acesso à poltrona,  trinco com acionamento por pistão facilita a abertura.
 

 
Na capital cearense na região metropolitana, empresas como a Gertaxi Turismo, Viação Princesa, G4 Turismo, Cootace, Expresso Novo Maranguape, JMC Turismo, Crateús Turismo e Via Transportes  já possuem o produto em suas frotas. No interior, a Rápido Sobralense é a referência em ter veículo deste tipo a disposição dos seus clientes.

Fonte: MOB Ceará
Redação: Nemezio Neto

3 comentários:

Flavio Henrique disse...

Saudações de paz e bem, o sênior possui banheiro?

Paulo Henrique Felício disse...

Pode ter. Isso depende da escolha do frotista.

Wellington Araújo disse...

Na minha opinião todas as cooperativas deveriam aderir esse modelo pois ele se encaixar perfeitamente no setor rodoviário