REDES:

_

Brasileiro 5045: um raro G6 Volvo que operou no intermunicipal cearense Sistema urbano de Fortaleza com 100% da frota acessível Expresso Cabral comemora 65 anos com renovação de frota Vega Manaus já passa de 160 ônibus e recebe 4 Marcopolo 0km Prime Plus recebe o MOB Ceará pela primeira vez Expresso Tur apresenta seus rodoviários ao MOB Ceará

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

O paradeiro dos chassis mais potentes da São José de Ribamar

No ano de 1991, a empresa São José de Ribamar adquiriu dois ônibus que seriam os carros mais potentes de sua história no transporte.



Os Torinos ganharam os prefixos 10057 e 10058, e eram equipados com o chassi O-371UP da Mercedes-Benz. Os carros operaram pela empresa até 1997 e logo foram desativados. O valor comercial dos veículos era bastante barato, mas ainda assim ninguém se interessou na proposta da empresa, devido o custo operacional deles ser exorbitante, então o dono da Fretcar Sr. Antônio José Barcelos, que é um dos filhos de João Alberto Leite adquiriu os dois carros de seu pai e resolveu desmanchar as carrocerias dos mesmos, aproveitando os chassis e os-encarroçando em dois Comil Campione 3.45, cujo um deles ganhou o prefixo 369. E então em 1999 os veículos foram montados e operaram até pouco antes da companhia ser vendida para os atuais sócios.


Fonte: MOB Ceará
Redação/Edição de fotos: Narcísio Santos 

2 comentários:

Daniel Miranda disse...

Sempre tive a curiosidade de onde foram parar esses dois carros que amava andar na 404.

Marinaldo P. D. Junior disse...

Muito bacanas esses Torinos O-371! Foram utilizados pouco tempo na empresa... Um chassi pesado desse com manutenção adequada é para trabalhar bastante tempo, mais de 10 anos. Pelo menos foram bem reaproveitados!