Ceará Diesel apresenta novidades em evento noturno MS Turismo realiza visita e passeio com o MOB Ceará MOB Ceará conhece Via Metro e Guanabara de Juazeiro do Norte Busólogos procuram relíquias em Redenção-CE Visita na Viação Pernambucana MOB Ceará participa de evento em Londrina-PR Busca de antiguidades em Juazeiro do Norte

sábado, 19 de maio de 2018

Real Expresso desativa alguns veículos da sua frota

A Real Expresso, empresa do Grupo Guanabara, acaba de desativar alguns veículos da sua frota.

Com a chegada de novos ônibus, a Real Expresso deu início a desativação de alguns veículos mais velhos que pertencem a série 10xx, e possuem a carroceria Marcopolo Paradiso G7 1200 sobre o chassi Mercedes-Benz O-500RS, ano 2009/2010. Os veículos operavam pelo serviço "Royal", configurados com 42 lugares, apoio para as pernas e banheiro.

Os veículos desativados são os seguintes: 1001, 1004, 1009, 1012, 1015, 1016, 1020, 1033 e 1040.


Algumas linhas onde os ônibus desativados operavam eram: Brasília (DF) x Porto Alegre (RS), Brasília (DF) x Palmas (TO), Brasília (DF) x São Paulo (SP), Brasília (DF) x Araraquara (SP), Goiânia (GO) x Rio de Janeiro (RJ) e Goiânia (GO) x Correntina (BA).

Fonte: MOB Ceará
Colaboração: André Luiz Gomes

4 comentários:

  1. olha aí são benedito compra estes g7 pra poder melhorar a frota pra linhas grandes como itaiçaba Jaguaruana Palhano russas e entre outras cidades bem que ela poderia comprar vamos fazer uma campanha senão a São benedito corre o risco de perder as linhas com esses ideales acabados e tbm os comil

    ResponderExcluir
  2. Se não fosse proibido ela ia compra urbano climatizado para rodar no intermunicipal

    ResponderExcluir
  3. Não vejo outro caminho pra SB que não seja a falência. Até a identidade visual da empresa e de segunda mão. Triste isso.

    ResponderExcluir
  4. Uma dúvida, quem são os donos dessas empresas ônibus? Ex: Santa Maria, Siará Grande, Santa Cecília e outras do sit

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.

Tradutor