MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sábado, 26 de julho de 2014

Busólogos do MOB Ceará viajam a Umirim

Alguns dos busólogos do grupo MOB Ceará realizaram uma viagem em busca de relíquias na cidade de Umirim, no interior do estado do Ceará. Algumas joias raras foram encontradas na cidade e durante o percurso da viagem.

Ex 24503 da Irmãos Bezerra depois 03503 da Expresso Timbira
Os busólogos seguiram pela BR-222 e começaram a encontrar os primeiros registros importantes no município de São Gonçalo do Amarante. No meio da estrada, havia um cemitério de destroços de ônibus sucateados e logo os colecionadores identificaram um Marcopolo Torino que pertenceu a Viação Siará Grande, com o prefixo 14919. O carro de ano 1989 rodou no sistema até o ano de 2002, e fazia a linha 324-1ª Etapa.

Ao lado do 14919, estava um Marcopolo Torino com chassi Mercedes Benz OH-1313 que possivelmente pertenceu ao sistema metropolitano e uma imagem chocante, um teto de Caio Amélia erguido apenas pelo chão.


No meio da BR-222, foi encontrado um Ciferal GLS Bus com as configurações semelhantes a do 25624 da São Francisco, porém este não foi reconhecido por nenhum dos busólogos ali presentes.

Andando mais a frente, os apaixonados por ônibus encontraram mais relíquias, como um Comil Svelto que pertenceu a empresa São Benedito, porém o seu prefixo ainda não foi confirmado embora alguns dos caçadores de relíquias suspeitar de que fosse o 170 do sistema metropolitano.

Bem ao lado dele, estava o ex 01222 da Autoviária São Vicente de Paulo, e o ex 4882 da Empresa Vitória.


No meio da cidade de Umirim, os busólogos encontraram um Condor que pertenceu a Transportadora Irmãos Bezerra, o veículo estava abandonado e com algumas janelas quebradas, porém em seu interior ainda permanecia nítido o prefixo 24210 e até as informações da empresa em uma espécie de estaca que a empresa costumava firmar dentro do ônibus.

Na volta pra casa, os colecionadores resolveram entrar em uma localidade chamada Jenipapo, em São Gonçalo do Amarante, e encontraram mais relíquias, como o ex 12708 da São José, um Caio Vitória que pertencia a Miguel Tur e possuía configurações de janelas nunca usadas no sistema urbano de Fortaleza, como mostra a imagem a seguir:

Além disso, foi encontrado o ex 12004 da São José, que apesar de muitos não saberem, o veículo quando foi desativado no ano de 2008, foi encaminhado a Via Metro e recebeu o prefixo 21002, e rodou nos primeiros momentos da então nova empresa do metropolitano.

Foram diversos cliques, porém alguns foram de veículos desativados há poucos anos, como alguns Turquesas e Viales da Empresa Vitória, o 15047 da Asa Azul, 14202 da Siará Grande entre outros.

Para que seja resgatado as lembranças do sistema de transporte cearense, o MOB Ceará faz uma campanha para que sempre que você busólogo ou leitor, veja algum ônibus que possua o emplacamento do Ceará, seja rodoviário ou urbano, mande para o nosso email [email protected] para que possamos realizar mais matérias com esse mesmo objetivo, fazer com que os amantes de ônibus revejam os veículos que fizeram parte da frota cearense mesmo estando em novas empresas.

Fonte: MOB Ceará

Nenhum comentário:

Tradutor