MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Ranking das frotas mais novas do metropolitano Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sábado, 8 de março de 2014

Mulheres motoristas em Fortaleza

O dia 8 de março é lembrado pelo titulo "Dia Internacional da Mulher". Mais que uma data comercial, o dia 8 de março é um dia histórico, pois foi a data em que milhares de mulheres russas decretaram greve de suas funções na industria têxtil, por melhores condições de trabalho. Esta greve foi um dos estopins para a Revolução Russa de 1917.

Mulher motorista em João Pessoa
Durante o passar dos anos, cada vez mais conquistas foram obtidas pelas mulheres, e isso aconteceu também na área do transporte. Uma das vitórias das mulheres por condições de trabalho similar à dos homens, ocorreu em Fortaleza no ano de 1976, quando Albeniza Ferreira de Lima, conhecida por "Bibi", se tornava a primeira mulher a guiar um ônibus urbano, pela empresa Cialtra.
A novidade foi notícia em jornais, rádio e TV da época, pois era mais um tabu quebrado, e Bibi tinha apenas 22 anos.

No período, o Jornal O Povo fez uma entrevista com ela e perguntou: “Por que essa ideia de ser motorista de ônibus?”
E a nova motorista respondeu: “Ah, foi meu tio. Um dia ele me perguntou se não queria ser motorista de ônibus. Eu disse que topava, contanto que o ordenado fosse mais do que o da oficina. Fui na empresa, apresentei a carteira de profissional C-2 e não pude trabalhar logo por que faltava a padrão. Foi ai que o curso de relações humanas da Secretaria de Serviços Urbanos. Agora estou pronta pra começar”.
Bibi foi a primeira mulher a trabalhar na condução de um ônibus urbano, mas atualmente é bastante comum ver mulheres guiando os ônibus de Fortaleza.

O quadro atual da mulher na área do transporte coletivo em Fortaleza pode ser exemplificado através de uma das motoristas da São José, que gentilmente cedeu uma entrevista ao MOB Ceará, durante seu horário de trabalho.

Ana Cláudia, a bordo do Neobus 12229
Em 2005, Ana Cláudia foi chamada para trabalhar na empresa Via Máxima, na função de cobradora, e, por causa da fusão da empresa com a Auto Viação São José, Cláudia foi transferida para esta segunda empresa.

Nesta mesma época, Cláudia foi incentivada pela empresa para ser motorista de ônibus: "Precisei dar uma carona para o meu chefe, e ele, ao me ver conduzindo, convidou para tirar a categoria D. Eu recusei bastante no começo, mas ele insistiu várias vezes e aos poucos acabei aceitando", disse. Pelo depoimento da motorista, deu a entender o empenho e o incentivo da empresa para que Cláudia fizesse parte do quadro de motoristas da Via Máxima. "Foi uma surpresa depois que tirei a carteira 'D', pois colocaram meu nome para fazer os exames médicos, e depois de tudo concluído, eu já estava inscrita na escolinha de formação de motoristas".

Ao ser interrrogada sobre o preconceito dos homens em relação à ela dirigir um ônibus, ela disse que do início de sua função até hoje, não mudou nada.

Ana Cláudia operou inicialmente na linha 083 - Conjunto Ceará/Lagoa e atualmente está no comando do ônibus 12229, cumprindo o itinerário de uma das linhas com maior fluxo de pessoas: a 040 - Parangaba/Lagoa - Expresso, operando com profissionalismo e simpatia.


O MOB Ceará parabeniza a todas as mulheres por sua data, e agradece e parabeniza à motorista Ana Cláudia, por ser um exemplo a todas as mulheres no país.

4 comentários:

Marcos Willame Lucena Pereira disse...

Sensacional...

Marcos disse...

A Claudinha é show...não pq estudamos juntos mas o seu profissionalismo surpreende qualquer um...Que Deus lhe abençoe sempre...

Anônimo disse...

qual o facebook dela?

Juliana Castro Santos disse...

Me passa o facebook dela?

Tradutor