MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Saiba quantos ônibus a gigante Gontijo possui MS Turismo renova frota com Caio Solar 2013 Viação Penha se mantém com a 4ª frota mais nova João Pessoa-PB renovando a frota com Torino São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Crescimento da Aliança na acessibilidade nos últimos 5 anos

A equipe MOB Ceará , sempre correndo atrás da informação, realizou uma pesquisa para analisar o quesito ''acessibilidade'' na empresa Aliança Transportes desde os tempos de que a mesma compartilhava da mesma garagem com a extinta Transpessoa.
Nesta pesquisa, será analisado o crescimento de veículos com elevador para cadeirantes, um dos principais itens que o artigo 38 do decreto 5.296/2004 exige para o transporte público.

Desde 16 de Outubro de 2008, ficou obrigatório a inclusão do elevador nos ônibus com características de transporte urbano, ou seja, os ônibus fabricados até o dia 15, não tiveram a exigência do equipamento, mediante comprovação de nota fiscal, e a Aliança Transportes bem como a Transpessoa, fizeram suas primeiras aquisições de veículos já dentro das normas, no ano de 2009. Confira ano a ano as inclusões dos veículos com elevador:

 

Em 2009, a Aliança adquiriu 7 ônibus do modelo Marcopolo Torino (21900 ao 21906) e a Transpessoa adquiriu o seu primeiro e único Mascarello Gran Via Midi, com prefixo 13907, totalizando 8 veículos adquiridos pelas duas.

Em 2010, vieram 6 veículos acessíveis para a Aliança Transportes.

No ano de 2011, vieram mais 5 ônibus novos com elevador.

Em 2012 a empresa fez a maior renovação de sua história, foram 20 veículos novos, e com isso, automaticamente o número de veículos com elevador para cadeirantes aumentou exorbitantemente.

E no ano passado a empresa trouxe mais 8 veículos acessíveis.

Analisando a quantidade de veículos com elevador que a empresa possuía em 2009 para o atual cenário de 2014, houve um aumento de 588% do primeiro cenário ao atual cenário, ou seja, a empresa possuía 8 veículos acessíveis (contando com o 13907) e hoje passou a ter 47 veículos. O número é muito bom, porém, esperamos que o cenário melhore mais ainda, inclusive para todas as empresas para minimizar os constrangimentos dos cadeirantes que por si já sofrem dificuldade de locomoção.


Fonte: MOB Ceará

Nenhum comentário:

Tradutor