MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Ranking das frotas mais novas do metropolitano Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sábado, 11 de janeiro de 2014

Marcopolo Padron em Fortaleza

Em sua primeira matéria do ano 2014, o MOB Ceará mostrou a você, estimado leitor, as curiosidades acerca do Projeto Padron, estabelecido pelo GEIPOT, no fim da década de 1970.
Hoje, você vai conhecer diversos detalhes sobre a chegada em Fortaleza de um dos protótipos do projeto. Confira:

Em 1986, durante a então gestão da prefeita Maria Luiza Fontenele, a prefeitura estava disposta a reestruturar a Companhia de Transportes Coletivos, que durante as gestões anteriores, passava por crises ligadas a conservação de seus veículos. Com a reforma de vários ônibus da Companhia, que, em sua maioria, tinha fabricação ainda na década de 1970, a empresa passou a ter uma melhor imagem perante a população.
 
Propaganda de 1988

A intenção da prefeitura, de curto a médio prazo, era transformar a CTC em uma empresa modelo de gestão de frota no sistema urbano de Fortaleza, e para consolidar a proposta, a empresa trouxe da cidade de Santos, no estado de São Paulo, três ônibus com carroceria Marcopolo e chassi Volvo B-58, fabricados em 1982.


Os ônibus, de prefixos 07, 13 e 17, foram exemplos de inovação na capital: Eles fizeram parte dos primeiros ônibus com porte pesado (O primeiro foi o Scania 32 da Empresa São José de Ribamar, em 1985). Além disso, os ônibus da CTC foram os primeiros ônibus Volvo da capital, também sendo pioneiros no uso do câmbio automático no segmento urbano.

A pintura original do Projeto Padron, que exibia uma larga faixa lateral na cor azul, sobre a lataria inteiramente branca, foi preservada quando os ônibus iniciaram as operações na CTC.

A pintura caiu no gosto dos gestores da empresa, tanto que a pintura dos outros ônibus da frota passou a ser o modelo adotado nos ônibus mais novos.
 
Pintura de 1982
Pintura a partir de 1986

As operações dos três ônibus se iniciou nas linhas Campus do Pici-Unifor e Antônio Bezerra-Unifor, linhas eram marcadas por uma elevada (para a época) quantidade de passageiros.


Eles permaneceram em atividades na frota da CTC até o primeiro semestre de 1993, quando foram transferidos para a Prefeitura de Fortaleza, para servir aos seus projetos sociais.

07 - Transferido para o Proger, onde era uma unidade para higiene e beleza, e depois foi entregue ao Profitec, virando um laboratório de "arte-culinária";

13 - Transferido para o Projovem, onde era usado como laboratório de Telemática;

17 - Transferido para o Profitec no qual era utilizado como laboratório de corte e costura e depois foi utilizado pelo Samu como dormitório.


Fonte: MOB Ceará

Um comentário:

Didi Alves disse...

Ficaria legal uma montagem deles com essas fotos coloridas mostradas na matéria.

Tradutor