MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sábado, 5 de outubro de 2013

A identidade visual dos ônibus de Fortaleza

A pintura em um veículo, tem, entre outras funções, a de proteção da lataria contra a corrosão. E em um ônibus, mais que pela proteção, a pintura é usada como identidade visual pelas empresas, como padronização de sua frota e diferenciação da frota de outras empresas.

Desde os primórdios da história do transporte coletivo no Ceará, a pintura era tratada como um dos itens de destaque do veículo.

Além de ser um sinal de status, era uma forma de identificação, pois assim era anunciado que o ônibus (ou bonde) de tal empresa estava para chegar.

Ainda com a popularização do chamado "auto-ônibus", como eram chamados os ônibus antigamente, a pintura era tratada da mesma forma: Significava a identidade de uma empresa, linha ou mesmo de um bairro da cidade.

No início, o design das pinturas era simples, e em geral, com poucas cores, pois, na época, o meio de vida através do transporte era precário, as empresas eram pequenas e haviam poucos recursos para aplicar nas tintas. Mas apesar das dificuldades, as empresas buscavam diferenciar suas frotas perante as concorrentes.

Com o passar do tempo, algumas empresas passaram a utilizar os padrões de fábrica na pinturas de sua frota.
Um exemplo clássico é uma série de pinturas elaborada pela Caio, que foi utilizadas por algumas empresas de Fortaleza, entre elas estão a CTC, Irmãos Bezerra e São Benedito.


Mais um destaque vai para outra pintura da Caio, que foi utilizada por alguns anos pela Montenegro.


Umas das pinturas desenvolvidas pela Marcopolo se também tornou clássica ao ser herdada por empresas de todo o país, como a Viação Mauá, do Rio de Janeiro e as empresas cearenses Nossa Senhora de Fátima e São Paulo.

Outro exemplo de pintura "de fábrica", foi adotada pela Fretcar, que a utilizou por alguns anos.

Houve também alguns casos em que a pintura praticamente se repetiu em empresas diferentes, nas quais as envolvidas normalmente pertencem ao mesmo grupo empresarial.

Uma conhecida situação deste tipo, é a semelhança entre as pinturas da Expresso Guanabara e da Viação Normandy, do RJ.


Outro caso semelhante ocorreu com a Via Máxima, que tinha uma pintura que remetia a empresa Circular de Marília, de SP.


Até o início da década de 1990, não existia qualquer tipo de padronização da frota de ônibus da capital cearense, ou seja, cada empresa determinava o padrão de pintura da própria frota.
O cenário era deste modo até que, com a implantação do Sistema Integrado de Transporte, houve a necessidade de padronizar a frota da cidade inteira, com um sistema de cores que identificava algumas características do itinerário que o veículo seguiria.

No início, haviam três padrões definidos:


- Troncal, na cor verde;
- Circular, na cor laranja;
- Alimentador, na cor azul.


Apesar de haver estes três padrões, algumas empresas ainda adquiriam ônibus novos com sua pintura tradicional, por conta da resistência da população em andar em veículos com cores diferentes.

Aos poucos, as cores verde alimentadora e laranja circular caíram em desuso por questões práticas, em geral, envolvendo redução de custos, e o azul troncal acabou por predominar na padronização da identidade visual dos ônibus.

O azul troncal permaneceu soberano até o início da década de 2000, pois, por determinação dos órgãos municipais, uma nova padronização estava para ser regulamentada. E assim, um novo padrão foi posto em prática, com o predomínio de um tom azul bem claro, padrão este que permanece até os dias de hoje.


As resistências à padronização

Atualmente, os únicos ônibus que circulam no sistema de Fortaleza sem obedecer a padronização, são os veículos executivos do serviço TopBus.


Até alguns meses atrás, ainda estavam em circulação, alguns Apache VIP ano 2003 da Vega, que também possuíam pintura diferenciada.

Até 2012, estavam em circulação, além dos citados anteriormente, cinco unidades pertencente à frota da Empresa São José de Ribamar, que junto com os ônibus da Vega no transporte urbano regular, simbolizavam a resistência das empresa pelo padrão estabelecido para a identidade visual da frota de ônibus de Fortaleza. 


O Futuro

Muito se fala sobre uma provável (e aguardada) mudança no padrão do SIT de Fortaleza e especulações tratam de diversas opções de cores para cada região da capital.

Existem diversos projetos sobre as novas pinturas. Um deles, de autoria do busólogo Edimundo Dias, foi enviado a Etufor, e que por sua vez, foi enviado às empresas para a avaliação.


O busólogo sugere que os cinco consórcios que existem atualmente, bem como o Transporte Complementar, sejam padronizados, com cores diferentes.

Confira abaixo, alguns exemplos práticos do que poderia ser os ônibus de Fortaleza em um futuro próximo, na visão de Edimundo.


Até o momento não existe nenhuma previsão concreta de uma mudança nos padrões, pois as principais autoridades do segmento demonstram apreço do padrão atual, principalmente por causa da praticidade da pintura.

Os busólogos desejam as tais mudanças, mas enquanto este dia não chega, o que resta é aguardar.

Fonte: MOB Ceará

5 comentários:

MARCOS NASCIMENTO disse...

Fantástico! Parabéns ao projetista da pintura Sr Edimundo Dias! Sugiro que ele apresente sugestões similares para cidades que infelizmente usam essas malditas pinturas fardadas há dezenas de anos e que entra partido e sai partido NADA muda nessas cidades! Sugiro à ele enviar sugestões no e-mail para a prefeitura de Itajaí, Joinville, Jaraguá do Sul, Blumenau, São Bento do Sul e outras cidades "criativas" que usam o amarelão 100% em toda a carroceria confundindo-se com os ônibus escolares do Governo Federal. Na verdade a única diferença entre um ônibus de uma cidade e outra são pequenas diferenças na tonalidade da pintura. SC é o pior Estado do Brasil neste assunto gente! Pelo menos 2 dúzias de cidades catarinenses usam esse amarelão e em outras existe o azulão, o verdão etc... Na melhor das hipóteses se em todas estas cidades houvessem transporte integrado com diferenciação de pinturas a exemplo do que ocorre em Curitiba, menos pior seria!
Pelo visto justamente o PT que era a maior esperança em FORTALEZA foi uma decepção total ao povo cearense pois nem se prestou a mudar as cores dos ônibus e isso que Luizianne Lins ficou só 8 loongos anos no poder! Como sabem em todas as cidades onde o partido da estrela governou sempre haviam mudanças nas pinturas dos ônibus, na maioria dos casos, mudanças para melhor.Porém de 2005 para cá houve uma estranha mudança na arte de governar e esse partido deixou de ser novidade e esse "novo" modo de governar (igual aos outros) estreou aqui em SC no ÚNICO mandato que o PT teve e que na cidade de Joinville a cor amarela foi mantida! Incrível! Até mesmo um conjunto de obras de infraestrutura deixou de ser feita e a licitação dos transportes coletivos prometida desde o ano da posse em 2009 NÃO foi levada adiante. Estamos em 2013 e nem se fala mais nela, mesmo pq quem ganhou a eleição foi um empresário têxtil que NUNCA tinha concorrido a qualquer cargo público e ganhou as eleições no dia de seu aniversário de 70 anos, é possivelmente o prefeito mais velho do Brasil e nosso povo adora empresário pelo que vejo! Até hoje 10-10-13 a cidade está PARADA no tempo! Não temos obras em lugar algum da cidade, o asfalto está mais do que quebrado e destruído e ainda assim as empresas fizeram um favor de comprar 94 ônibus novos de uma só vez (isso de uma frota de 364) porém nas condições que está a malha viária da cidade foi um investimento jogado no lixo, mesmo pq vieram piso baixo na frota (é claro que esse investimento tem o medo de perder e o interesse de continuar operando o transporte, caso a licitação seja mesmo feita)! FORTALEZA está perdendo no atual mandato do prefeito a chance de FAZER UMA PROGRAAMAÇÃO VISUAL DIFERENCIADA decente e bonita para a cidade! Um projeto lindo desses executado por um apaixonado por transportes que é o Sr Edimundo Dias e ainda essa prefeitura (que tem o poder de exigir) ir consultar às empresas prá ver se elas aceitam ou não, é de um deboche total para com os habitantes da cidade! Em tudo quanto é cidade: prefeitura manda e empresas obedecem! Não foi assim que outros governantes fizeram quando ELIMINARAM aquelas 23 lindas pinturas diferenciadas que existiam antes de 1991?

MARCOS NASCIMENTO disse...

Fantástico! Parabéns ao projetista da pintura Sr Edimundo Dias! Sugiro que ele apresente sugestões similares para cidades que infelizmente usam essas malditas pinturas fardadas há dezenas de anos e que entra partido e sai partido NADA muda nessas cidades! Sugiro à ele enviar sugestões no e-mail para a prefeitura de Itajaí, Joinville, Jaraguá do Sul, Blumenau, São Bento do Sul e outras cidades "criativas" que usam o amarelão 100% em toda a carroceria confundindo-se com os ônibus escolares do Governo Federal. Na verdade a única diferença entre um ônibus de uma cidade e outra são pequenas diferenças na tonalidade da pintura. SC é o pior Estado do Brasil neste assunto gente! Pelo menos 2 dúzias de cidades catarinenses usam esse amarelão e em outras existe o azulão, o verdão etc... Na melhor das hipóteses se em todas estas cidades houvessem transporte integrado com diferenciação de pinturas a exemplo do que ocorre em Curitiba, menos pior seria!
Pelo visto justamente o PT que era a maior esperança em FORTALEZA foi uma decepção total ao povo cearense pois nem se prestou a mudar as cores dos ônibus e isso que Luizianne Lins ficou só 8 loongos anos no poder! Como sabem em todas as cidades onde o partido da estrela governou sempre haviam mudanças nas pinturas dos ônibus, na maioria dos casos, mudanças para melhor.Porém de 2005 para cá houve uma estranha mudança na arte de governar e esse partido deixou de ser novidade e esse "novo" modo de governar (igual aos outros) estreou aqui em SC no ÚNICO mandato que o PT teve e que na cidade de Joinville a cor amarela foi mantida! Incrível! Até mesmo um conjunto de obras de infraestrutura deixou de ser feita e a licitação dos transportes coletivos prometida desde o ano da posse em 2009 NÃO foi levada adiante. Estamos em 2013 e nem se fala mais nela, mesmo pq quem ganhou a eleição foi um empresário têxtil que NUNCA tinha concorrido a qualquer cargo público e ganhou as eleições no dia de seu aniversário de 70 anos, é possivelmente o prefeito mais velho do Brasil e nosso povo adora empresário pelo que vejo! Até hoje 10-10-13 a cidade está PARADA no tempo! Não temos obras em lugar algum da cidade, o asfalto está mais do que quebrado e destruído e ainda assim as empresas fizeram um favor de comprar 94 ônibus novos de uma só vez (isso de uma frota de 364) porém nas condições que está a malha viária da cidade foi um investimento jogado no lixo, mesmo pq vieram piso baixo na frota (é claro que esse investimento tem o medo de perder e o interesse de continuar operando o transporte, caso a licitação seja mesmo feita)! FORTALEZA está perdendo no atual mandato do prefeito a chance de FAZER UMA PROGRAAMAÇÃO VISUAL DIFERENCIADA decente e bonita para a cidade! Um projeto lindo desses executado por um apaixonado por transportes que é o Sr Edimundo Dias e ainda essa prefeitura (que tem o poder de exigir) ir consultar às empresas prá ver se elas aceitam ou não, é de um deboche total para com os habitantes da cidade! Em tudo quanto é cidade: prefeitura manda e empresas obedecem! Não foi assim que outros governantes fizeram quando ELIMINARAM aquelas 23 lindas pinturas diferenciadas que existiam antes de 1991?

Anônimo disse...

A pintura da Expresso Guanabara e da Normandy eram semelhantes, pois pertecem ao mesmo grupo empresarial: o Grupo Guanabara do Rio de Janeiro, que além das duas citadas, tem várias outras empresas, como a Unica-Facil, Util, Braso Lisboa, Real Expresso, etc...

Jailson ferreira disse...

Esse primeiro Caio da sao José de Ribamar. em uma viajem que fiz fim do ano do o vi em um posto de gasolina no município do Jaguaribe em impecável estado de conservação e pintura original que pena não pude registrar esse momento.Mais queria q vcs do mob pudessem um dia divulgar essa raridade que está em Jaguaribe ...obrigado

Jailson ferreira disse...

Esse primeiro Caio da sao José de Ribamar. em uma viajem que fiz fim do ano do o vi em um posto de gasolina no município do Jaguaribe em impecável estado de conservação e pintura original que pena não pude registrar esse momento.Mais queria q vcs do mob pudessem um dia divulgar essa raridade que está em Jaguaribe ...obrigado

Tradutor