MOB Ceará participa de reportagem acadêmica sobre busologia Ranking das frotas mais novas do metropolitano Conheça a nova linha da Busscar Veja a lista dos ônibus mais geladinhos de Fortaleza. Concorda? Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Licitação do transporte urbano completa um ano

Hoje, primeiro dia do mês de Julho, está completando um ano do início das operações das linhas licitadas do transporte coletivo de Fortaleza.

Desde o início de 2012 se falava na licitação do transporte coletivo convencional (não atingia o serviço seletivo TopBus), que propunha dividir as linhas da capital em cinco regiões, a serem administradas por cinco consórcios, organizados pelas empresas vencedoras do processo de outorga.

No início de Julho de 2012, as 14 empresas vencedoras da licitação entraram em atividade nas linhas de Fortaleza.

Elas foram distribuídas em cinco consórcios que são responsáveis por cinco áreas distintas da cidade.


Os consórcios vencedores foram os seguintes:

Após a posse dos consórcios, observou-se um grande crescimento da frota de ônibus novos da cidade, refletindo assim, em uma diminuição da idade média da frota, o que, teoricamente, implica em mais qualidade do serviço.


Além disso, após a implantação, ocorreu um maior cumprimento das classes nas linhas. Até então, era comum a utilização de ônibus leve e linhas de elevada demanda e/ou classificada como "semi-pesado". Outros fenômenos ocorreram, como a criação de novas linhas (393 e 627, por exemplo) e o incremento de tabelas em diversas linhas como 029; 076; 605; 606 e 660.

Atualmente, o sistema de transporte por consórcio colaborou para uma melhor eficiência no atendimento aos passageiros, nas situações em que ocorrem acidentes ou outros imprevistos que causam atrasos no horário. Nestas situações, a estratégia para corrigir os eventuais atrasos é a prática dos remanejamentos de tabela, que atualmente é facilitada pela utilização sistema unificado de monitoramento por GPS.

Apesar na atual consolidação do atual regime de distribuição das linhas, todo o processo da licitação foi cercado de polêmicas, por causa de alguns erros técnicos no edital e depois pela determinação da extinção de oito empresas, sendo três delas tradicionais: A São Francisco, que tinha 26 anos; a Empresa Montenegro, com 49 anos e a São José de Ribamar, que acabara de completar 45 anos.


A Empresa São José de Ribamar, referência na qualidade de atendimento ao passageiro em Fortaleza, resistiu enquanto pode, chegando a circular por dois dias após a implantação do novo regime de operações do transporte. Infelizmente foi obrigada a paralisar as suas atividades, culminando com a demissão de seus funcionários e a venda de vários de seus ônibus.


O MOB Ceará, na época, publicou uma matéria acerca do assunto, relatando que sete empresas haviam fechado as portas, pois acreditava no retorno das atividades da São José de Ribamar, embasado em diversas denúncias do Sr. João Alberto Leite Barbosa aos jornais de grande circulação.



João Alberto alegava que, de acordo com as leis municipais, a empresa que ele dirigia teria direito de permanecer em atividade até Dezembro de 2013, mas, por determinação da Etufor, a empresa deveria encerrar suas operações.

No total, oito empresas encerraram suas atividades com a implantação do novo sistema: Expresso Timbira; São José de Ribamar; Empresa Montenegro; Transpessoa; Asa Azul; São Francisco; Maratur e; São Benedito Autovia. 


Entre vantagens e desvantagens, o sistema consolidou-se, e ainda terá vigência por pelo menos 14 anos. Espera-se que a qualidade do transporte coletivo de Fortaleza seja uma das prioridades, e que os gestores das empresas vencedoras tragam bastantes novidades. Passageiros e busólogos agradecem! 

Fonte: MOB Ceará

2 comentários:

MARCOS NASCIMENTO disse...

Já vi esse filme em outras N cidades onde os MALDITOS consórcios foram "abençoados" pelos não menos malditos políticos e politiqueiros! E vocês sabem! "benção"de político vira MALDIÇÃO pois sempre rolam alguns milhares de reais por fora! Se tivéssemos um MP atuante e uma Justiça rápida coisa mais fácil do mundo seria VASCULHAR as contas da prefeitura e de todos os envolvidos nessa licitação FRAUDULENTA e comprovar que no final do mandato estão mais ricos ainda! Aliás, que se vasculhem todas as administrações anteriores! Luizianne Lins & os petralhas foram os políticos mais criminosos do Ceará! Esse oba oba de ônibus novos é por pouco tempo!Logo estarão caindo aos pedaços como os 1043 ônibus adquiridos em 2008 por 4 empresas de Goiânia! Infelizmente nem mesmo a "cidade modelo"do Brasil pode ser considerada um bom exemplo de licitação com os malditos consórcios! Pasmem! Em todos os consórcios curitibanos tem pelo menos duas empresas do Grupo Gulin! Com FORTALEZA a imoralidade continua! área 3 e 4 com São José, área 2 e 5 com VEGA, área 4 e 5 com o nome horrível DRAGÃO DO MAR!

MARCOS NASCIMENTO disse...

Já vi esse filme em outras N cidades onde os MALDITOS consórcios foram "abençoados" pelos não menos malditos políticos e politiqueiros! E vocês sabem! "benção"de político vira MALDIÇÃO pois sempre rolam alguns milhares de reais por fora! Se tivéssemos um MP atuante e uma Justiça rápida coisa mais fácil do mundo seria VASCULHAR as contas da prefeitura e de todos os envolvidos nessa licitação FRAUDULENTA e comprovar que no final do mandato estão mais ricos ainda! Aliás, que se vasculhem todas as administrações anteriores! Luizianne Lins & os petralhas foram os políticos mais criminosos do Ceará! Esse oba oba de ônibus novos é por pouco tempo!Logo estarão caindo aos pedaços como os 1043 ônibus adquiridos em 2008 por 4 empresas de Goiânia! Infelizmente nem mesmo a "cidade modelo"do Brasil pode ser considerada um bom exemplo de licitação com os malditos consórcios! Pasmem! Em todos os consórcios curitibanos tem pelo menos duas empresas do Grupo Gulin! Com FORTALEZA a imoralidade continua! área 3 e 4 com São José, área 2 e 5 com VEGA, área 4 e 5 com o nome horrível DRAGÃO DO MAR!

Tradutor