REDES:

_

Viação Princesa batiza seu novo Double Decker em Canindé Crateús Turismo se destaca pela sua significativa expansão MOB Ceará realiza cobertura completa de vinda do TRIBUS da Itapemirim ao Ceará Teresina é a capital nordestina com mais linhas interestaduais, veja o ranking completo Oitava geração de ônibus rodoviários da Marcopolo é lançada

segunda-feira, 1 de novembro de 2021

Santa Cecília muda caixa de marcha do 36703 para manual

A Santa Cecília Transportes mudou o sistema de transmissão de um de seus 5 Volkswagen 17-230 OD automatizados.


O Caio Apache que iniciou suas operações no começo de 2018 e tem o prefixo 36703 foi o escolhido. Geralmente, as empresas de ônibus que compraram a série 17-230 OD V-Tronic, trocam o sistema para manual quando este apresenta algum problema de alto custo de reparo. A São José, a Santa Maria e a Aliança já modificaram alguns dos seus. A Fretcar está com 3 carros 2015 aguardando um possível início de mudança semelhante. Ela já fez o processo em um veículo 2009 de motorização MWM (prefixo 19961).

Esta é a primeira vez que a Santa Cecília faz uma alteração deste tipo em sua frota. Veja fotos:



Redação: Narcisio Santos

9 comentários:

Unknown disse...

Santa Cecília retrocedendo no universo

Fato disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fato disse...

Na verdade, ela está certa. Fechando mais uma torneira de custo alto, na minha opinião, foi um tiro no pé a compra dos volvos tb. Mas é isso, reduzir custo com manutenção. Os volvos tem um valor de venda que não é interessante , exatamente pelo custo operacional . Mas para economizar... tudo é valido.

Unknown disse...

Meu Deus que carro sujo na área do motorista

aasj disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Valdir Pedro disse...

Aqui em Recife, a empresa Borborema modificou os ônibus truncado, antes automatizados e agora todos manual. Na faixa de 25 veículos

Narcisio Santos disse...

36701 vai mudar também

Dagmauro disse...

A diferença Volvo x Mercedes não é mais tão grande tão grande assim. E vamos convir que os Volvos estão aguentando como nem um outro chassis a escassez de manutenção.

Danilo Melo disse...

E está horrível alavanca pesada e muito mais quente e ficou bem pra quem dar dinheiro pra trabalhar num carro novo