REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Guanabara 524: O último veiculo do layout de 1996 a ser desativado

Na edição de hoje o MOB vai falar deste que foi o último a ser desativado, dentre os carros pintados na padronização da Expresso Guanabara mais popular.



Ônibus de cor branca com faixas laterais em formas de flechas na cores vermelho e azul; esta se tornou a marca registrada da Guanabara adotada em definitivo no ano de 1996, e que mesmo após o fim deste layout em 2005, ate hoje é lembrada pelos busólogos e admiradores da empresa. O carro em questão possuía o prefixo 524.




Adquirido em 2005, o 524 fez parte de um lote de 15 veículos, que foram enumerados do 511 ao 525, todos da encarroçadora Busscar, modelo Vissta Buss LO. Montados sobre o chassi Mercedes-Benz O-500RS, os ônibus possuíam 46 poltronas convencionais, banheiro, ar-condicionado e janelas coladas.




No mesmo ano, a Guanabara já seguia apresentando um novo layout, que, a partir de então, faria parte uma nova fase na historia e na frota da empresa.

A Expresso Guanabara na época já atuava em toda a região Nordeste e parte do Centro-Oeste do país, e assim sendo, o 524 operou nas diversas linhas da empresa entre intermunicipais e interestaduais.

Após 06 anos de operações, o belo Vissta Buss LO de prefixo 524 veio a encerrar suas atividades, sendo desativado em setembro de 2011.



Bônus

Depois de deixar a Expresso Guanabara, o Busscar Vissta Buss LO ex 524, passou a fazer parte da frota da empresa Suzantur de Suzano-SP, e recebeu o prefixo 895. Ele operou pela mesma ate meados de fevereiro de 2014.




No mesmo período, o ex GB 524 veio a fazer parte da empresa Marly Tur, de São Paulo-SP, onde recebeu o prefixo 1500, e atua até os dias atuais.




Fonte: MOB Ceará

0 comentários: