REDES:

_

MOB Ceará participa de passeios São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

quinta-feira, 9 de julho de 2015

O fim da linha 053-Antônio Bezerra/Papicu/Messejana

Foi exatamente há 14 anos atrás que o então órgão gestor do transporte coletivo de Fortaleza ETTUSA, deu por encerrada as operações da linha 053-Antônio Bezerra/Papicu/Messejana.

A linha fazia o mesmo percurso das linhas 051/052-Grande Circular 1 e 2 entre o trecho que compreende o terminal do Antônio Bezerra, Papicu e Messejana. O itinerário da linha 053 foi criado afim de dar um reforço nas linhas 051 e 052 tanto em horários de pico como os entre picos.

A linha era operada pelas seguintes empresas: Viação Fortaleza, Via Máxima, Via Urbana, Bons Amigos, São Judas e Rota Sol, porém quando a CTC entregou a linha 051 para a Transpenha operar, algumas tabelas da mesma foram remanejadas para a linha 053, e com isso, após a cessão das atividades da prestadora de serviço, as tabelas foram rateadas por empresas como a 27-São Benedito e 03-Expresso Timbira.

Em 09 de Julho de 2001, a ETTUSA resolveu finalizar as operações da linha 053-Antônio Bezerra/Papicu/Messejana, e todos os veículos que operavam na linha, voltaram a pertencer as linhas 051 e 052-Grande Circular 1 e 2, e com isso, a Viação Via Máxima que não possuía nenhum veículo na linha 051, ganhou duas vagas, que foram operadas pelos carros 04012 e 04013. Em relação a frota do grande circular, a frota da linha 053 possuía veículos mais velhos, inclusive de duas portas, cujo a Auto Viação São Judas escalava efetivamente seus Caio Vitória com chassi OF-1318 de prefixos 32163 e 32167. Na linha 053, os ônibus mais novos pertenciam a Via Máxima e Rota Sol.
Foi renumerado para 05730 e operava na linha 053
O principal motivo da linha ter sido abolida, foi a falta de informação dos usuários em relação à rota da 053, pois muitos não sabiam que a linha passava pelas mesmas ruas que o grande circular, com a diferença apenas de não passar pelo Terminal do Siqueira. A desinformação sobre as linhas ''auxiliares'' ainda é um problema existente nos dias atuais, porém, em relação à 14 anos atrás e com o crescimento das tecnologias de informatização, as pessoas (em sua maioria os jovens) estão a cada dia aproveitando os benefícios existentes no transporte urbano de Fortaleza.


Fonte: MOB Ceará

0 comentários: