REDES:

_

Novos LD's da Satélite Norte são conferidos por busólogos cearenses Ceará Diesel enfatiza DD's da Marcopolo e Busscar em Happy Hour Neuri Tur convida busólogos para aproximação Sindiônibus convida MOB Ceará para conversa sincera sobre mobilidade urbana MOB Ceará visita as instalações da Ferrari JG - Marcopolo MOB confere novos micros e rodoviários da Princesa

sexta-feira, 13 de março de 2020

Mascarello desenvolve ônibus elétrico em parceria com a BYD

Fará testes no município de Cascavel, no Paraná, um ônibus da encarroçadora Mascarello e chassi BYD. O veículo elétrico que é um protótipo, rodará pela cidade por 5 dias, e depois seguirá para outros municípios.


O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, assinou na última terça-feira (10/03), um termo de compromisso que visa estudos para a implantação de ônibus elétricos, na próxima licitação. Durante o ato, o ônibus foi apresentado para a população. "Nós queremos colocar na frota dos próximos veículos o sistema elétrico. Então fizemos uma parceria sem nenhum custo para o município, pois este já era um projeto da Mascarello, e inicia aqui em Cascavel. Vamos fazer um teste com os motoristas que usam os corredores para fazer as observações, como descobrir onde deverá ter ponto de reabastecimento. Este é o início de um trabalho que nós já decidimos que teremos na próxima licitação do transporte coletivo urbano de Cascavel", disse o prefeito.



Vladimir Vieira, engenheiro responsável pelo protótipo, afirmou que tal tecnologia está disponível no mundo todo. O ônibus possui piso baixo, o que dá total condição para que pessoas com deficiência acessem o interior do veículo sem o auxílio de terceiros. O piso baixo proporciona ainda um ambiente mais alto, uma melhor circulação do ar, melhor eficiência do ar-condicionado, layout mais confortável, corredor de circulação mais largo e conforto sonoro, já que o motor elétrico não produz barulho.



O ônibus tem baterias de íons de lítio, que permitem 200 quilômetros de autonomia e têm uma tecnologia que a cada frenagem a energia é transformada em recarga. Também permitem uma carga rápida de 80% em meia hora. A carga total demora de 6 à 8 horas para ocorrer, dependendo da potência do carregador.

Vladimir também explicou o custo benefício em relação ao uso de energia: a redução é de 70% do custo por quilômetro rodado. "Comparando o uso da eletricidade com veículo a diesel, o elétrico tem um custo operacional mais barato", disse o designer.




Fonte: MOB Ceará
Redação: Paulo Henrique Felício

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.