REDES:

_

MOB Ceará conhece as instalações da Ferraria JG - Marcopolo Viação Penha mostra sua casa e aquisições ao MOB Ceará Sindiônibus convida MOB Ceará para uma conversa aberta sobre mobilidade urbana Busólogos conhecem DD de 15 metros da Neqta Conhecimento fez diferença na visita da São José

terça-feira, 18 de junho de 2019

Intermunicipal da Bahia: AGERBA encerra contratos de concessão das empresas Falcão Real e São Luiz

Como determinado pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicação da Bahia (AGERBA) a Falcão Real / São Luiz perderam a concessão para operar no intermunicipal baiano. Consideradas empresas tradicionais deste estado, as duas repassarão suas linhas.

O encerramento do contrato vigente foi pedido pelo atual diretor executivo da AGERBA, o Sr. Carlos Henrique Martins. O processo foi aprovado no dia 11 de Junho de 2019 e publicado no Diário Oficial baiano na última quinta-feira (13).

As duas empresas juntas somam mais de 3 dezenas de linhas, dentre elas as mais conhecidas: Salvador x Juazeiro e Salvador x Feira de Santana.

A declaração administrativa ainda cita que uma nova Concorrência Pública será realizada para os respectivos serviços públicos de acordo com as leis e direitos.

Por enquanto, ainda não há informações concretas a respeito sobre qual empresa irá assumir de forma emergencial as linhas.

A Agência baiana fiscaliza 53 empresas concessionárias e permissionárias, que operam as 1.357 linhas e serviços do transporte intermunicipal de passageiros. São cerca de 3.350 veículos cadastrados que transportam mais de dez milhões de passageiros por mês.

Redação: Nemezio Neto
Fonte: MOB Ceará

5 comentários:

  1. Tomara q não seja a Guanabara

    ResponderExcluir
  2. Coloca a GONTIJO é á CATEDRAL.

    ResponderExcluir
  3. Vão ser distribuídas, novo horizonte, grupo brasileiro, águia branca e Camurujipe,

    ResponderExcluir
  4. Todo castigo é pouco pra uma empresa que deicha 250 pai de família desempregados sem direito a nada.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.