MOB conhece novos Caio Apache Vip da Santa Cecília Ranking das frotas mais novas do metropolitano Motta encomenda G7 1800 DD para 2018 Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Relembre os imponentes Comil Palladium que perteceram a Gontijo

Hoje o MOB Ceará relembra os famosos Comil Palladium que pertenceram a mineira Gontijo.
 
Em meados do fim da década de oitenta em transição para a década de noventa, a Gontijo introduziu em sua frota alguns veículos com a carroceria "Palladium" que pertencia a fabricante Comil. O Imponente modelo foi utilizado por várias empresas do país naquela época, a preferência pelo modelo se dava devido a sua robustez e eficiência nas viagens.

A Gontijo foi uma das grandes empresas que introduziram o modelo da Comil em sua frota, e isso se deu por conta da aquisição de algumas linhas que interligavam o Mato Grosso/Mato Grosso do Sul a Minas Gerais, que eram operadas pela empresa Expresso São Luiz (GO).

As linhas eram:

Belo Horizonte x Cuiabá
Juiz de Fora x Cuiabá
Uberlândia x Cuiabá
Uberaba x Cuiabá
Porto Velho x Colatina

Na época a Gontijo não possuía carros suficientes para operar nas linhas e junto das linhas adquiridas vieram os Comil Palladium que pertenciam a Expresso São Luiz e eram efetivos nas linhas adquiridas. Os carros adquiridos foram transferidos de Goiânia para a sede da Gontijo em Belo Horizonte e alguns carros receberam novas placas com a inicial "G" que era característica das placas de veículos do estado de Minas Gerais naquele tempo.

Os Palladium eram do ano de 1987, detinham do chassi modelo Scania S112 e alguns possuíam banheiro. Os prefixos definidos para os carros iam do 2115 ao 2180. Os ônibus operaram por muito tempo em linhas dentro do estado de Minas rodando em linhas como: Belo Horizonte x Araçuaí, Belo Horizonte x Aimorés, Belo Horizonte x Rio Doce e Belo Horizonte x Salto da Divisa. Além de linhas dentro do estado de Minas, os ônibus rodaram na região nordeste na linha Porto Seguro x Salto da Divisa (MG) e foram vistos também em outras linhas da região. Na Gontijo os Palladium receberam carinhosamente dos passageiros o apelido de "os 21 caixotão". O apelido se deu devido ao comprimento alongado da carroceria.

Ao final das operações dos veículos em meados de 2004 e 2005, a Gontijo escalou os ônibus para rodarem em linhas onde o uso de veículos mais robustos era necessário, devido a estrutura precária das estradas de terra naquele tempo.

Curiosidade:

O modelo Palladium foi o primeiro modelo rodoviário lançado pelo Grupo Comil em 1987, logo após o inicio de suas operações como fabricante de carrocerias de ônibus no país. Naquela época o grupo tinha assumido recentemente a antiga fabricante gaúcha de carrocerias de ônibus, chamada Incasel.

Fonte: MOB Ceará

Um comentário:

Elias disse...

Bela história essa não conhecia

Tradutor