MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

quarta-feira, 19 de abril de 2017

CADE dá aval para a compra da Expresso Brasileiro pela Águia Branca

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou nesta semana a compra da Expresso Brasileiro pela Viação Águia Branca, do Espírito Santo.
 


A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira, 19 de abril de 2017, pela diretora comercial e de marketing do Grupo Águia Branca, Paula Tommasi Corrêa.

“Não estamos ainda detalhando este assunto porque dependemos também da autorização da ANTT [Agência Nacional de Transportes Terrestres] para o negócio ser concretizado, mas já temos um contrato pronto e assim que este órgão regulador também liberar, teremos condições de assumir [a Expresso Brasileiro]” – disse a executiva

Inicialmente, a Expresso Brasileiro continuará com seus veículos e o nome deve ser mantido. O valor da negociação não foi informado pela diretora comercial e de marketing.
 


A companhia de ônibus, que possui rotas de São Paulo - capital e São Paulo - ABC ao Rio de Janeiro pertencia desde 2011 ao Grupo Santa Cruz. A ligação entre Rio de Janeiro e São Paulo é a mais rentável do país, apesar do crescimento do setor aérea nos últimos anos.

Em 2009, as linhas e frota da Expresso Brasileiro que faziam a ligação entre a cidade de São Paulo, ABC Paulista, região Metropolitana e municípios do Litoral de São Paulo e parte do interior do Estado foram adquiridas pelo Grupo JCA e agora são operadas por uma das empresas deste grupo, a Viação Cometa.

Lauro Romano continuou com a linha Rio – São Paulo até 2011.

A Expresso Brasileiro foi criada em outubro de 1941 pelo espanhol Manoel Diegues para ligar São Paulo e Santos. Na década seguinte começou a fazer o trecho Rio-São Paulo.
Águia Branca compra primeiros 15 metros rodoviários da Mercedes-Benz e neste ano deve trazer mais cem ônibus novos:
 


A diretora comercial da empresa, junto com executivos da montadora Mercedes-Benz, anunciou em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, a compra de 12 ônibus rodoviários de dois andares de 15 metros de comprimento da marca. O lote é um dos primeiros do modelo recentemente homologado para o mercado interno.

Os ônibus devem circular no eixo São Paulo – Vitória – Vitória da Conquista e do Sul da Bahia a Salvador, onde já operam ônibus de dois andares de 14 metros. Atualmente, a Águia Branca possui oito ônibus de dois andares com 14 metros.
 


Hoje o grupo da Águia Branca possui 800 ônibus, dos quais 680 da empresa principal, 120 da Salutaris, cujos veículos já operam com a marca Águia Branca. O grupo também possui em torno de 500 ônibus da Vix Logística, empresa de fretamento, e participação de 30% na Azul Linhas Aéreas.
 
Para 2017, a Águia Branca comprou em 60 ônibus 0km, dos quais  48 unidades O 500 RSD (Mercedes-Benz de três eixos) que devem ser entregues até junho e os 12 do modelo O 500 RSDD (de quatro eixos, dois andares e 15 metros) até setembro. A executiva, entretanto, anunciou que a compra total neste ano pode chegar a 100 ônibus novos, dependendo dos planos de negócios e do comportamento do setor. A idade média da frota hoje do Grupo Águia Branca está entre 5 e 6 anos e a divisão de passageiros em linhas rodoviária regulares atende a aproximadamente 330 trajetos, principalmente nas regiões Nordeste e Sudeste do país.

Fonte: Diário do Transporte

Nenhum comentário:

Tradutor