Ceará Diesel apresenta novidades em evento noturno MS Turismo realiza visita e passeio com o MOB Ceará MOB Ceará conhece Via Metro e Guanabara de Juazeiro do Norte Busólogos procuram relíquias em Redenção-CE Visita na Viação Pernambucana MOB Ceará participa de evento em Londrina-PR Busca de antiguidades em Juazeiro do Norte

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Verdes Mares resgata memórias da Praça da Estação

No último dia 22, a TV Verdes Mares produziu uma belíssima reportagem sobre a Praça Castro Carreira, popularmente conhecida por "Praça da Estação". A matéria chamou a atenção de todos os busólogos principalmente pela quantidade de ônibus antigos mostrados em imagens de arquivo da emissora.


A história da velha praça é bem antiga: Em 1830, o espaço entre as ruas General Sampaio, 24 de Maio, Dr. João Moreira e Castro e Silva, recebe o nome de Campo da Amélia, em homenagem à princesa Amélia de Leuchtemberg, segunda esposa do imperador D. Pedro I.

Em 1871, foi iniciada a construção da Estação Ferroviária da Estrada de Ferro de Baturité, com inauguração dois anos depois.
 
Sede da Estação Ferroviária (Arquivo Nirez)

Em 1882, o Campo de Amélia passou a ser chamado Praça Senador Carreira, e, com a proclamação da República, foi chamado Praça da Via Férrea. Uma nova nomenclatura foi adotada em 1932, com o nome atual Praça Castro Carreira.

Com o grande desenvolvimento do transporte coletivo por ônibus em Fortaleza, o Prefeito José Walter Cavalcante inaugurou, em 1971, uma nova configuração da praça, que ganhou várias plataformas para servir aos ônibus, para desafogar o então caótico terminal da Praça José de Alencar.


Em 1991, mais uma reforma foi feita na praça, e que foi mostrado em vários trechos da matéria do canal de TV, com a participação dos ônibus de várias empresas da capital e que tinham ponto inicial no referido logradouro.

Pouco a pouco, com a inauguração dos sete terminais de integração, várias linhas de ônibus do Centro foram deslocadas para os novos terminais, e o movimento dos coletivos foi diminuindo.

Com o passar dos anos, diversos espaços da Praça da Estação foram ocupados por vendedores ambulantes, e estes foram retirados pela Prefeitura em 2013, sendo notícia em vários canais de comunicação. Assim, os ônibus voltaram a ter seu espaço na praça.


Atualmente, a Praça recebe 28 linhas do SIT, além da linha metropolitana de Maranguape, que é operada pelas empresas Viação Penha e São Paulo.


Confira abaixo, o vídeo produzido pela TV Verdes Mares:




Fonte: MOB Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.

Tradutor