REDES:

_

MOB Ceará conhece as instalações da Ferraria JG - Marcopolo Viação Penha mostra sua casa e aquisições ao MOB Ceará Sindiônibus convida MOB Ceará para uma conversa aberta sobre mobilidade urbana Busólogos conhecem DD de 15 metros da Neqta Conhecimento fez diferença na visita da São José

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Agrale MA 17 para testes chega a Fortaleza

A Cardiesel/DVA Veículos, concessionário Agrale em Fortaleza, acaba de receber em sua sede, um ônibus para ser testado em Fortaleza. O modelo possui o chassi semi pesado da marca: O MA 17.


O ônibus estava programado para ser testado em Aracaju, capital do Estado do Sergipe, entretanto, o veículo foi enviado ao Ceará antes mesmo de operar na cidade.
 



Como iria operar em Aracaju, o veículo tem características similares às adotadas nos ônibus da capital sergipana, como o embarque e posto do cobrador na dianteira, e a porta traseira estreita. Porém, antes de ser testado em Fortaleza, a catraca deverá ser instalada na parte traseira.

A chegada do MA 17 para testes em Fortaleza é a tentativa da Agrale para que as empresas conheçam o modelo, explorando suas características e funcionalidades.
A primeira empresa a experimentar o MA 17 deverá ser a São José Transporte Urbano, o que deverá ocorrer em Março.


O MA 17 é a alternativa da Agrale para concorrer no segmento de ônibus com capacidade de carga de 17 toneladas, que, na capital cearense, é ocupado principalmente pelo modelo OF-1721 da Mercedes-Benz e o 17.230 OD, da Volkswagen.

Ele possui itens de destaque para o operador, como a direção regulável e o computador de bordo no painel, que informa vários parâmetros, como o consumo, por exemplo.

A unidade trazida para Fortaleza possui carroceria alongada, mais condizente com linhas de elevada demanda, que exigem um espaço interno maior. O tamanho do ônibus é semelhante ao adotado no Agrale da Fretcar, que possui o código 19331.


Fonte: MOB Ceará

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.