MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Ranking das frotas mais novas do metropolitano Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Volvo amplia frota de ônibus híbridos na Inglaterra

Frota de híbridos aumenta na Inglaterra.
Região de Thurrock recebeu seis unidades de dois andares.

Da esquerda para a direita, Phil Fletcher, da Volvo Bus Corporation, Peter Newman, da Ensign Bus and Steve Jackson, da Wrightbus.






Os ônibus elétricos híbridos estão cada vez mais presentes no dia a dia das cidades em todo o mundo. Com dois motores, são menos poluentes, mais silenciosos e confortáveis, consomem menos combustíveis e são mais flexíveis que os trólebus, por serem independentes de rede aérea. Embora que os ônibus elétricos híbridos reduzem a poluição, já os trólebus não emitem nenhum gás poluente em suas operações.


Na Inglaterra, a adoção deste tipo de ônibus tem sido comum, não apenas na capital, Londres, mas em cidades ao redor.


A Volvo, uma das fabricantes mundiais de elétricos-híbridos, acaba de entregar seis ônibus de dois andares elétricos híbridos que vão operar na região de Thurrock, nordeste de Londres. No mundo, a empresa fabrica ônibus híbridos na Suécia, sua sede, e no Brasil.


Os veículos são encarroçados pela Wrightbus. O modelo é o B5LH que utiliza o sistema híbrido paralelo, pelo qual os dois motores, o elétrico e o a combustão, são responsáveis pela movimentação dos ônibus. Segundo a Volvo, a tecnologia implementada neste modelo permite redução de consumo de combustível.


De acordo com nota da Volvo, “este inovador sistema paralelo combina a potência de um motor diesel de 4,8 litros com um motor elétrico, que pode ser utilizado independentemente ou de forma conjugada. A energia é recuperada quando o veículo aciona os freios, armazenando-a na bateria de bordo para uso posterior pelo motor elétrico. Quando a bateria está suficientemente carregada, o motor diesel pode ser “desativado” quando o veículo estiver numa parada de ônibus ou parado no tráfego, oferecendo uma substancial economia de combustível para os operadores.”



Fonte: Blog Ponto de Ônibus.

Nenhum comentário:

Tradutor