REDES:

_

Brasileiro 5045: um raro G6 Volvo que operou no intermunicipal cearense Sistema urbano de Fortaleza com 100% da frota acessível Expresso Cabral comemora 65 anos com renovação de frota Vega Manaus já passa de 160 ônibus e recebe 4 Marcopolo 0km Prime Plus recebe o MOB Ceará pela primeira vez Expresso Tur apresenta seus rodoviários ao MOB Ceará

segunda-feira, 24 de outubro de 2022

Padronização do Grupo Guanabara é oficializada com novidades no design e frota

Um dos principais grupos empresariais de empresas do ramo do transporte do país, iniciou o processo de padronização/unificação com novidades no design e frota.


Após uma longa pandemia, grandes grupos começam a se estabelecer de forma firme no mercado, se recuperando de uma das fases mais difíceis na história da economia mundial. Não é diferente para um dos principais grupos do ramo de transporte do país, o Grupo Guanabara, liderado pelo sr. Jacob Barata.

Após recuperar boa parte do mercado, principalmente pela qualificação dos serviços ofertados pelo grupo e da alta nos preços das passagens aéreas, o conglomerado de companhias vem em uma crescente bem evidente, trazendo grandes novidades, sendo uma delas a unificação/padronização do grupo.


Mas afinal, o que vai significar essa possível padronização/unificação?

O Grupo Guanabara vem dando fortes evidências dessa unificação desde a transição dos anos de 2021 e 2022. Um dos primeiros indicativos desse processo, foi durante o início de 2022, com a mudança de prefixo feita pela Expresso Guanabara em suas recentes aquisições, com o acréscimo do quarto dígito em veículos Double Decker. Outra pista, era o anúncio de um novo serviço para novos veículos de dois pisos, o “Galaxy Plus”, com a configuração semelhante do serviço “King” da Real Expresso. Além de informações da própria companhia, que indicariam as mudanças operacionais da Expresso Guanabara com a substituição de veículos 1200 por DD em algumas rotas interestaduais.


O principal objetivo do Grupo Guanabara nesta padronização, é oferecer uma experiência diferenciada ao passageiro que vai viajar por exemplo: de Fortaleza a Florianópolis com escala em Brasília. Esse passageiro terá o mesmo padrão de viagem que iniciou na origem com a Guanabara até o destino final com a Real. A padronização/unificação passa também pelas cores e nomenclatura de empresas. Afinal, o jingle “Pega o Guanabara e vem”, originado da música do cantor Alanzim Coreano, nunca fez tanto sentido. A frase, inclusive, está exposta na traseira dos novos veículos.

Com esse novo modelo visual do grupo, será possível ver veículos de outras empresas em outras linhas?

A resposta é sim, será possível. Exemplo, um ônibus da Util em operação em uma rota da Guanabara para a região Nordeste, poderá ser cada vez mais comum. Afinal, o objetivo do grupo é oferecer uma experiência única ao cliente, independente da empresa que esteja transportando.


Por enquanto, apenas Util, Real Expresso e Rápido Federal deverão ganhar o novo design e nomenclatura da Expresso Guanabara, assinado pelo escritório carioca de design e arquitetura Carlos Ferro. A novidade também está nas aquisições de frota das empresas Util e Real Expresso, com o incremento de novas unidades do Marcopolo Paradiso G8 1800DD sobre o chassi Volvo B420R. O grupo deverá incrementar um total de 130 novos ônibus.


Atualmente, o conglomerado é composto pelas empresas:

Brisa, Viação Sampaio, Util, Rápido Federal, Real Expresso e Expresso Guanabara.

Outras informações, deverão ser divulgadas no Encontro de Busólogos que será organizado pela Expresso Guanabara na capital cearense nos próximos dias.


Redação: MOB Ceará

9 comentários:

Alguém disse...

Unindo o útil ao agradável

Alguém disse...

Seria legal os ônibus de fortaleza com a pintura de cada empresa

Joao disse...

Isso pode acontecer

Alguém Especial disse...

Pega o Guanabara e vem
Pega o Guanabara e vem...

Luciano saboya disse...

Está nova e gigantesca Guanabara que agora passa a ser uma só em todo território nacional vem.para ficar no.lugar na itapemirim.

Luciano saboya disse...

E bom ver um filho do Ceará fazendo sucesso em todo o Brasil já que tudo começou com a expresso de luxo

Edson Feijó disse...

Mais Guanabara num é referência ao Rio de Janeiro. Pq sabemos que Jacob barata é paraense mais fez vida no Rio. Comprou a expresso de luxo como estratégia no nordeste mais já tinha outras empresas no sul. Foi uma forma de monopolizar o ônibus no Brasil. Onde o capital gira em torno de poucos.

Francisco José disse...

O grupo pode não ser cearense mas, a expresso Guanabara nasceu no Ceará.

Fran disse...

A pintura original da Guanabara, bem como a tipografia, é a mesma da Normandy, outra empresa do grupo.