REDES:

_

Viação Princesa batiza seu novo Double Decker em Canindé Crateús Turismo se destaca pela sua significativa expansão MOB Ceará realiza cobertura completa de vinda do TRIBUS da Itapemirim ao Ceará Teresina é a capital nordestina com mais linhas interestaduais, veja o ranking completo Oitava geração de ônibus rodoviários da Marcopolo é lançada

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Ar-condicionado é primordial para o retorno de demanda, mas ameaça a economia?

O MOB Ceará lança a seguinte dúvida para que seus leitores se questionem: "será que as empresas estão divididas entre ter uma pequena parcela de seus clientes de volta, mas com um aumento de custos que não se pagaria com esse retorno?"


A equação para quem assiste de fora é inexata, totalmente imprecisa. Quantas pessoas voltariam a usar o transporte público caso os equipamentos sejam novamente ligados? Será que o aumento de custo de manutenção e combustível se pagariam com essa nova demanda? Talvez não.

E talvez por isso, algumas cidades estão demorando a ligar os equipamentos novamente, com a justificativa sanitária de que os vidros abertos ajudam a reduzir as chances do vírus ser disseminado entre a "sufocante" lotação de algumas linhas em alguns horários. Talvez, a verdade seja a de que a situação econômica está  num nível jamais imaginado, onde, pelo menos em Fortaleza, dezenas de empresas amargaram uma recessão econômica tão grande que companhias de grandes holdings, que nunca passaram um ano sem renovar pelo menos 10% da frota, estão há quase 2 anos sem comprar nada, e vendendo os veículos mais antigos, que sobram devido a tamanha redução de passageiros ocasionada pelo desemprego ou migração de modal.

Mas há quem acredite que o retorno do conforto volte nos próximos meses, de forma gradual.


Redação: Narcisio Santos

39 comentários:

Unknown disse...

Aí aí meu ar condicionado no 606,605 e 666 pra ir para o centro
E no 312 pra parangaba

Passageiro disse...

Eu sou a favor que volte o ar condicionado sim principalmente das 9hr às 16hrs

Dagmauro disse...

Não adianta ter janelas abertas com muita aglomeração.

Luis Keven disse...

Reduziram tantos custos e mesmo assim alegam dificuldade financeira, parece até piada um negócio desse, empresários tudo mão de vaca que não se compromete com o conforto do usuário e levam os passageiros igual sardinhas enlatadas aí depois ficam se perguntando o porquê da "demanda baixa" se conforto e pontualidade fossem realmente primordiais pra essas empresas talvez essa demanda não teriam caído tanto assim como alguns alegam.

aasj disse...

Empresario nunca está crise..... É conversa deles....Já não compram ônibus motor traseiro (OH 1621) e quando compram é só 1519, 1721 e 17230. Motor traseiro é muito melhor..ainda mais com esse desembarque traseiro.

Unknown disse...

Da vontade de rir com essa materia chapa branca...parece que redigido pelo sindionibus

Giovanni disse...

acho engraçado comentário de um monte de "especialistas" no assunto como se entendessem de economia, mas aposto q mal sabem administrar as finanças domésticas kkkkk

Unknown disse...

Assino embaixo

Unknown disse...

Quem defende empresario arrisco dizer que nao anda de ônibus. E a fuga de usuario do sitfoda é justificada porque quem opta por qualidade em detrimento a humilhacao de pegar um caminhonibus demorado e abarrotado . O choro do sindionibus e de fanboy de empresario é livre

Francisco José disse...

Se melhorassem a qualidade do transporte público, com certeza, atrairia mais passageiros por conta dos preços dos combustíveis. Fato!

Nathan disse...

" Dando a Cesar o que é de Cesar ". Levando se em consideração com nos últimos 02 anos o combustível aumentou em torno de 50%, as passagens continuam com o mesmo valor e a demanda caiu, não é difícil pra ninguém perceber que o retorno financeiro dos empresários despencou drasticamente, isso sem falar em insumos... mesmo se colocarmos na balança a saída dos cobradores, ainda assim, dá pra ver que os ganhos não são equivalentes a três anos atrás, pois se colocarmos o que eles pagavam aos cobradores pra suprir a alta dos combustíveis veremos que o gasto com o aumento é muito maior, não cobre...

ADRIANO ALMEIDA disse...

O transporte público tem vários fatores que afastam as pessoas de utilizá-lo. Primeiroo tempo de espera, principalmente aos Domingos, uma linha de bairro, custa mínimo 40 a 1 hora de espera, é praticamente uma humilhação ao usuário o tempo de espera.

Unknown disse...

O momento para ligar o ar seria agora, para ganhar aqueles passageiros que agora não conseguem mais pegar um transporte por aplicativo devido aos cancelamentos ou aos valores mais altos cobrados , principalmente nas viagens mais curtas, de bairro p terminal por exemplo.

Narcisio Santos disse...

Uber motos ta aumentando ainda mais

Paulo h disse...

Já era pra tá ligado esses arco diciondo, ninguém merece esse Sol escaldante do Ceará, dentro de um busão sem ar.

Unknown disse...

Tem certas empresas que os aparelhos talvez nem funcionem mais...kkkk
Com todo esse tempo sem funcionar

Mateus Silva disse...

Os empresários pagam a conta pelo autoatendimento com a crise que a pandemia gerou no sistema. Devolven a conta pro passageiro que foge pra outros modais. Frota reduzida, ônibus velhos e cheios. Tente ir pro Papicu no 042 e não ficar tonto com as voltas que ele dá... Tudo por causa do metrô que quando ficar pronto talvez quebre de vez com o resto do sistema

Unknown disse...

Hipócrita, o lucro das empresas foi de mais de 300 milhões ano passado....

Narcisio Santos disse...

E o custo?

Fanáticos Bus disse...

Concordo plenamente, empresa teve ajuda do Governo Estadual e Prefeitura, desde a parte financeira ate redução de imposto, reclama que a demanda esta baixa, mais eles mesmo fazem que isso ocorra, quando diminui a frota as domingo, deixando linha apenas com um veículo ou ate mesmo linhas sem funcionar, acarretando com que o passageiro fique esperando 1 hr por um veículo ou mude a sua rota, fazendo ficar mais longa, não digo que coloque aos domingo 100% da frota na Rua, mais pelo menos 45% ou até 47% seria ideal.

Fanáticos Bus disse...

Não venha falar em custos aqui Narcisio, empresários além de ter subsídio tem redução de impostos e nos sabemos que a demissão dos cobradores elevaram seus lucros, único custo fixo que a empresa tem é peças, funcionários, combustíveis e pneus, outros são custos variáveis, ou seja não sem tem todo mês, todo bom administrador de empresa deve ter uma planilha com tudo isso, atualizado mensalmente, sem falar que se deve ter um fundo emergencial de reserva a qual so se mexe quando precisa e no final se repõem o que foi gasto.

Fanáticos Bus disse...

Sem falar que tem linhas que não operam aos domingos, isso faz com que muitas vezes aumente o percurso do usuário.

Anônimo disse...

Também é bom para o motorista que tem mais conforto sem aquele motor quente e barulhento próximo a ele

Fanáticos Bus disse...

Volto a dizer, Sindionibus precisa mudar a sua mentalidade para atrair clientes, principalmente aos domingos, como uma linha igual a 081 deixa de rodar aos domingos, quem depende dela principalmente ali no conjunto Ceará, precisa se deslocar ate o terminal e pegar o 015 se quiser chegar até o ab, lembrando que nem todos tem o bilhete único, sem falar na demora que chega a ser de uma hora em certas linhas, isso faz com que aquele passageiro seja ele que vai passear com a família ou trabalhar que tem uma condições ou um cartão de crédito peca um viagem em um dos aplicativos, pois não aguenta a demora, enquanto o sindionibus não ver esse tipo de erro é não solucionar a tendência, principalmente aos domingos ena demanda cair drasticamente.

Fanáticos Bus disse...

Volto a dizer, Sindionibus precisa mudar a sua mentalidade para atrair clientes, principalmente aos domingos, como uma linha igual a 081 e 024 deixa de operar, sem falar na demora que chega a ser de uma hora em certas linhas, isso faz com que aquele passageiro seja ele que vai passear com a família ou trabalhar que tem uma condições ou um cartão de crédito solicite uma viagem em um dos aplicativos, pois não aguenta a demora, enquanto o sindionibus não ver esse tipo de erro é não solucionar a tendência, principalmente aos domingos e ver a demanda cair drasticamente.

Narcisio Santos disse...

Não tô defendendo nada. Quero só opiniões completas. No texto escrevi que nós aqui de fora não temos precisão das contas pra opinar com total razão

Unknown disse...

Assino no meio
Em riba
E em baixo

Fanáticos Bus disse...

Mais e simples, se o Sindionibus alega tanto que as empresas estão em crise, chama a população, Governo (Estadual e Municipal) e apresenta as planilhas mensais de custo, simples assim ai se tem uma noção, mais a primeira tecla que vão bater é, demissão dos cobradores nao gerou lucros para as empresas, ja que não pagam mais os seus salários.

Gean disse...

Tudo isso e contraditório o certo e retornar o ar condicionado

Gean disse...

Tudo isso e contraditório o certo e retornar o ar condicionado

Francisco Roberto disse...

Diminuíram o número de ônibus e ainda desligaram o ar. Portanto que os "empresários" fiquem sem aumento da tarifa, então.

Narcisio Santos disse...

Quem deve apresentar planilha é empresa pública

Gilson disse...

Engraçado que antes era os cobradores tiraram esses donos de empresa não sei mesmo o que eles querem

viação rota direta disse...

Serviço público delegado a iniciativa privada dá nisso, não visam o bem estar dos usuários e sim lucros. Aqui AC é considerado luxo, vejam quanto tempo demorou para as empresas investirem em veículos com esse "mimo" e nem existe lei que obrigue as empresas a adquirirem veículos com o referido equipamento.

Demysson disse...

Concordo e como sempre endossando a choradeira dos empresários!!

Demysson disse...

Mas a permissão para as empresas operarem não é pública? Parem de ficar endossando choro de algo que não existe porque ox empresários morrem de barriga cheia. Se não fosse tanta isenção e subsídios do estado aí sim eu acreditaria na crise das empresas!

Marcelo disse...

Falou tudo.
O que os empresários querem é simplesmente a redução de gastos.
A demanda voltará aos poucos de acordo com a retomada da economia.independetemente do retorno do ar condicionado.

Unknown disse...

Errado não tá!

Unknown disse...

E que as outras linhas que funcionam vão superlotadas...