REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Grande Messejana é o bairro que mais deprecia a frota da cidade

Os bairros da Secretaria Regional VI são os piores em relação às malhas viárias onde trafegam os ônibus.


É notório que veículos que chegam novos, ou mesmo de outros bairros para rodarem efetivo nas linhas da Messejana se deterioram muito rápido.

Pedras, Ancuri, Jangurussu e conjunto Palmeiras são os principais, com ruas de calçamento emburacados, ruas de areia como no Jangurussu e diversas obras inacabadas que deixam as vias obstruidas.

Os veículos andam pesados, e ainda que rodem com 40 km por hora na maioria das vias, a carroceria vai afrouxando, ainda que seja do melhor fornecedor. Altos custos com molas quebradas, sujeira e atrasos são problemas também inclusos na lista.

A Prefeitura de Fortaleza, desde outras gestões, nunca deu atenção a essa área como deveria ser. A secretária de infra-estrutura deixa muito a desejar nesse quesito. Os piores casos são no bairro Pedras, isso por que há crateras na divisa com o município de Itaitinga onde cada cidade joga a responsabilidade para a outra.

Além de todos os problemas citados, há relatos de moradores do Barroso, São Cristóvão e adjacências que alegam que, segundo a prefeitura, determinadas ruas constam como asfaltadas, sendo que na prática, a obra nunca foi feita.

Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcisio Santos

9 comentários:

Rodrigo Emanuel disse...

A que ponto chegamos, o Mob virando um site político, critica-se as gestões, mas nunca as empresas.

Venâncio disse...

Mas se os problemas são das gestões, o que as empresas tem haver com isso?

Cicera Martins disse...

EMPRESA TEM ACESSO DIRETO AO PREFEITO, PODERIA MUITO BEM PEDIR A MELHORIA DO BAIRRO ATE PRA ELA REDUZIR SEUS CUSTOS NA MANUTENÇÃO.

Cicera Martins disse...

Falta de matéria, dar nisso ir atras de fazer politicagem

Narcisio Santos disse...

Onde leram crítica ao governo atual? Problema da messejana é de décadas, pesquise nos arquivos da fetrans!

Narcisio Santos disse...

Cícera, diga ai qual site de busologia tem 9 anos no ar com material inédito diariamente? Então sua crítica é falácia mas agradecemos pela sua participação.

viação rota direta disse...

MOBCE não específicou gestão A ou B e sim gestões que deixaram a periferia a própria sorte. Se a malha víaria é ruim não tem como exígir ônibus novo nas linhas da região tema da matéria.

Narcisio Santos disse...

Exatamente

Demysson disse...

Concordo com a Cicera quando ela fala sobre as empresas terem acesso ao prefeito e exigir melhorias nas vias em q os ônibus trafegam. É um problema antigo? Sim, mas falta entendimento entre empresas e prefeitura @