REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

sábado, 4 de abril de 2020

Teresina: A capital das relíquias – Parte 03

Continuando o especial que mostra as preciosidades da capital do Piauí, hoje, o estimado leitor do MOB Ceará terá a oportunidade de conhecer a história de mais 04 relíquias.


A primeira relíquia em destaque pertence a empresa Edifrete Tur. O Caio Alpha montado sobre o chassi 16-180 CO da Volkswagen tem seus 23 anos e continua operando firmemente ligando as comunidades rurais a capital.



A segunda relíquia é de origem cearense. O Marcopolo Torino GV equipado com o chassi OF-1620 da Mercedes-Benz possui 24 anos de operações e ainda ostenta alguns resquícios de que operou na capital cearense. O veículo que ostenta o prefixo 260 na empresa Soares, outrora pertenceu a Siará Grande, onde operou com o número de ordem 14778.



A terceira preciosidade pertence a Irmãos Coragem, onde ostenta o prefixo 9600. O valente Busscar Jum Buss modelo 1993 é montado sobre o chassi Scania K113TL, e apesar dos seus 25 anos, demonstra muita firmeza e robustez. Vale ressaltar ainda que o ônibus pertenceu a Viação Motta, onde ostentava o número de ordem 69546.



Encerrando o especial de hoje, o MOB Ceará apresenta a 4ª relíquia. O Comil Galleggiante 3.40 é dotado do chassi Volkswagen 16-180 CO e tem seus 26 anos de operações. O veículo pertence a empresa Juratur – Jurandí Turismo e ostenta o prefixo 9564.




Fonte: MOB Ceará
Redação: Nemezio Neto

0 comentários: