REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

sexta-feira, 24 de abril de 2020

Cialtra de 1995 a 1997 adquiriu 60 Busscar Urbanus, maior cliente da época

A Cialtra se consagrou entre 1995 e 1997 no sistema urbano de Fortaleza como a maior cliente Busscar da década de 1990.

A companhia adquiriu, em sua primeira compra com a montadora, um total de 25 ônibus, sendo 20 deles com o chassi Ford B-1618 e 5 Volkswagen 16-180 CO.

Eles foram enumerados de 04451 a 04475, e do 04487 a 04509, todos na sequência ímpar. Os 04501 a 04509 eram os Volkswagen.


Em 1996 a Cialtra adquiriu 5 novos ônibus apenas, devido ter adquirido dezenas de ônibus semi novos oriundos de Minas Gerais e da empresa Vitória. Os 5 novos que chegaram, foram enumerados de 04511 a 04519, também com sequência ímpar.

Em 1997, o gerente comercial da Cialtra decidiu fazer a maior encomenda com a Busscar, e comprou 30 unidades do modelo Urbanus, todos com chassis Mercedes-Benz OF-1620. Aquela compra representava a volta da Mercedes-Benz nos pedidos da Cialtra, depois de 3 anos da última aquisição.


Os carros foram enumerados do 04521 a 04579 e rodaram toda a cidade de Fortaleza nas principais linhas da companhia, como Grande Circular, Paranjana, entre outros. Pouco depois, a Cialtra começou sua fase de divisão, e foi criado o código 31-Cialtra Filial, para dividir a companhia de seus sócios. Então em 1998, a Cialtra chega ao fim, e é dividida em 3 partes, ficando uma com a Via Urbana, e as outras duas se tornando as 04-Via Máxima e 32-Cialtra, esta última se tornara a Auto Viação São Judas Tadeu no ano seguinte.


Os 60 carros da Busscar foram divididos da seguinte forma:

19 para a Cialtra Filial/São Judas (anos 95, 96 e 97)
25 para a Via Máxima (anos 95, 96 e 97)
16 para a Via Urbana (anos 95 e 96)


Em 1999, a Cialtra já não existia há 1 ano, mas a São Judas, sob a direção de Frederico Lopes fez sua primeira aquisição com a Busscar, comprando 10 carros novos do modelo Urbanuss. A Via Máxima, que fez parte da cisão, optou por Caio e Marcopolo nos dois primeiros anos da divisão.

Fonte: MOB Ceará
Redação: Narcísio Santos

8 comentários:

San disse...

Imensa saudade desse empresa. Morei próximo da garagem na infância. Lembro muito dos Scanias, dos Volvos e até dos Ford. Cialtra teve uma gama variada que ia desde Caio Amélia, passando pelos possantes Ciferal Alvorada Volvo e Scania. Thamco tem a cara dessa empresa. Busscar com motor traseiro e dianteiro. Enfim, vi muitas fases dá Cialtra. Saudosa e fantastica companhia

Erivaldo Martins disse...

Lembro dessa grande empresa pela cor tradicional um vermelho meio laranja, as propagadas que eram estampadas na traseira e nas laterais dos veículos.Eu era pequeno e me lembro de uma "vinagre Lord", e tive por algumas vezes, a oportunidade de andar em alguns carros de carrocerias Ciferal Condor e Caio Amélia, não lembro os prefixos, na linha que era bem extensa "Parangaba Papicu, via 31 de março". Onde na Parangaba seguia pela Av. Osório de Paiva, entrava na esquina com a padaria Pery, Av. Cônego de Castro, Av. João Pessoa, Centro, Av. Santos Dumont, Papicu, Dunas, 31 de março e Praia do Futuro. Lembro-me, que no trajeto de ida à praia o veículo, ia lotando a cada parada, a ponto dos mais exaltados, começarem a reclamarem do motorista e cobrador, outros iam cantando,fazendo dos bancos e lataria do ônibus,intrumentos musicais.Essa é minha lembrança da Ciatra.

Erivaldo Martins disse...

Uma pergunta,onde ficava a garagem da Cialtra? Alguém pode me responder? Ficarei grato!

Paulo Fernando disse...

Já dei a sugestão para os administradores de realizarem uma matéria falando das garagens dessas empresas antigas. Será muito massa!

Narcisio Santos disse...

Iniciou perto do cocó na engenheiro santana, depois pra arnaldo Osório 841, onde era a via maxima

A da herois do acre nao sei se veio com o surgimento da sao judas ou se foi la antss da via maxima ir pra arnaldo Osório

Narcisio Santos disse...

Exige muita pesquisa e tempo. Vai demorar rsrs

Erivaldo Martins disse...

Obrigado pelas informações Narcisio!

Unknown disse...

Não, antes da São Judas, já existia essa garagem da Cialtra e, posteriormente, São Judas Tadeu .Atualmente, Viação Dragão do Mar