REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

sexta-feira, 13 de março de 2020

Mascarello desenvolve ônibus elétrico em parceria com a BYD

Fará testes no município de Cascavel, no Paraná, um ônibus da encarroçadora Mascarello e chassi BYD. O veículo elétrico que é um protótipo, rodará pela cidade por 5 dias, e depois seguirá para outros municípios.


O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, assinou na última terça-feira (10/03), um termo de compromisso que visa estudos para a implantação de ônibus elétricos, na próxima licitação. Durante o ato, o ônibus foi apresentado para a população. "Nós queremos colocar na frota dos próximos veículos o sistema elétrico. Então fizemos uma parceria sem nenhum custo para o município, pois este já era um projeto da Mascarello, e inicia aqui em Cascavel. Vamos fazer um teste com os motoristas que usam os corredores para fazer as observações, como descobrir onde deverá ter ponto de reabastecimento. Este é o início de um trabalho que nós já decidimos que teremos na próxima licitação do transporte coletivo urbano de Cascavel", disse o prefeito.



Vladimir Vieira, engenheiro responsável pelo protótipo, afirmou que tal tecnologia está disponível no mundo todo. O ônibus possui piso baixo, o que dá total condição para que pessoas com deficiência acessem o interior do veículo sem o auxílio de terceiros. O piso baixo proporciona ainda um ambiente mais alto, uma melhor circulação do ar, melhor eficiência do ar-condicionado, layout mais confortável, corredor de circulação mais largo e conforto sonoro, já que o motor elétrico não produz barulho.



O ônibus tem baterias de íons de lítio, que permitem 200 quilômetros de autonomia e têm uma tecnologia que a cada frenagem a energia é transformada em recarga. Também permitem uma carga rápida de 80% em meia hora. A carga total demora de 6 à 8 horas para ocorrer, dependendo da potência do carregador.

Vladimir também explicou o custo benefício em relação ao uso de energia: a redução é de 70% do custo por quilômetro rodado. "Comparando o uso da eletricidade com veículo a diesel, o elétrico tem um custo operacional mais barato", disse o designer.




Fonte: MOB Ceará
Redação: Paulo Henrique Felício

0 comentários: