REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Teresina: a capital nacional das relíquias

A tecnologia trouxe muitos avanços dentro da categoria de transporte terrestre, porém existem veículos antigos que não pecam no conforto e nem na resistência. Hoje, o MOB Ceará apresentará algumas relíquias que operam no intermunicipal do Piauí e que esbanjam conservação e resistência.

A primeira relíquia trata-se de um Nielson Diplomata 330 montado sobre o chassi O-371R da Mercedes-Benz. O veículo que pertence a Juratur – Jurandi Turismo ostenta o número de ordem 8736 e opera firmemente na linha Teresina (PI) x Amarante (PI). Mesmo com os seus 33 anos de fabricação, o mesmo não deixa a desejar.



O ônibus de número 5000 da Bonitão Turismo e Viagens não poderia ficar de fora desta apresentação. O Busscar El Buss 360 modelo 1990 é dotado do chassi Scania F113HL. Mesmo com os seus 22 anos de operações, demonstra uma boa conservação.



A Estrela do Mar, com o seu veículo de prefixo 172, também é destaque quando o assunto é relíquia. O Busscar El Buss 360 modelo 1990 é equipado com a motorização da Scania chassi K113TL. O trucado chama a atenção por seu cumprimento e conservação.



O belo Nielson Diplomata 350 da Irmãos Coragem está inserido dentro deste leque de veículos. O Scania K112CL possui 31 anos de fabricação e esbanja muita resistência, característica esta que era presente nos modelos de ônibus mais antigos.



Esta apresentação se encerra com mais uma relíquia que chama atenção por estar bem conservado. Pertence a empresa Arêa Leão Turismo, o Busscar El Bus 320 montado sobre o chassi OF-1318 da Mercedes-Benz tem 28 anos de idade e opera firmemente em solo piauiense.



Fonte: MOB Ceará
Redação: Nemezio Neto

9 comentários:

Michel disse...

Lá no Piauí não existe uma regra sobre a renovação de frota? Podem usar os veículos até um dia não ter mais condições de uso? Mas é interessante como estão conservados acredito que a mecânica também esteja em dias rigorosamente por serem veículos com até mais de 30 anos de uso

Unknown disse...

Maravilha

Joaquim disse...

A matéria só saiu nielson e a sua susessora buscar sinal de qualidade e resistência espero que a nova buscar/caio tenha a mesma performance.

Roger Gomes de Freitas disse...

São muitos modelos, ainda existem Comil, Marcopolo. Se for listar todos, seria uma matéria de várias páginas. rsrs

Unknown disse...

A maioria das empresas do Piauí roda com carro velho pq não tem é condições de renovar a frota

Luis Filipe disse...

Nada, sou de Teresina área leão fez uma boa renovação de frota ano passado, o problema é que não existe é regulamentação do transporte intermunicipal e muito menos fiscalização por parte do órgão competente.

Tadeu prof disse...

Pois faça mais... São bonitos demais! Grande abraço!

Rafael disse...

Também sou de Teresina e posso falar sobre os ônibus da empresa Jurandi,pegava todo dia, na maioria são velhos mas muito bem conservados, o Diplomata da foto é impressionante a conservação dele.

Edilberto disse...

AQUI NO PIAUÍ, NÃO HA LIMITE DE IDADE DA FROTA