REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Satélite Norte passa a oferecer mais um horário Leito na linha Fortaleza x Teresina

A companhia goiana Expresso Satélite Norte acaba de abrir mais um horário com o serviço Leito na ligação entre as capitais do Ceará e do Piauí.



O novo horário passa a entrar em vigor oficialmente a partir da próxima segunda-feira (03/02), com partida de Teresina às 23:10 min. Em Fortaleza, o horário inicia na terça-feira (04/02). Confira com detalhes como será o horário:

Fortaleza x Teresina - Saída 22:00 min - Chegada 07:14 min
Teresina x Fortaleza - Saída 23:10 min - Chegada 08:22 min


A abertura do novo horário se deu por conta do alto fluxo de passageiros no trecho e também pelo excelente serviço oferecido pela companhia. Os ônibus do tipo Double Decker operarão no novo horário e são equipados com 43 poltronas reclináveis, tomadas USB, cortinas divisórias, ar-condicionado, internet via Wi-Fi, monitor e banheiro.




As vendas da nova frequência já iniciaram e estão com preços promocionais a partir de R$ 79,00, disponíveis no site www.satelitenorte.com.br ou através do WhatsApp (85) 3044-5794.

8 comentários:

Unknown disse...

So ta faltando a venda na ladeira do urugai tem muita procura

Mario Gomes disse...

Top

Unknown disse...

Interestadual não pode parar na ladeira depois das 6 da tarde

Francisco José disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco José disse...

Quero Satélite para Juazeiro do Norte.

Unknown disse...

Show

Cicera Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cicera Martins disse...

Satélite Norte poderia solicitar junto ANTT, para pedir para abrir um horário na Linha Fortaleza/Petrolina via Juazeiro do Norte, ja que tempos atrás a pernambucana pediu a suspensão da linha