REDES:

_

Com novidades, Viação Itapemirim recebe o MOB Ceará São José de Ribamar: a empresa extinta mais falada na busologia Marcopolo apresenta plataforma BioSafe para empresários no Ceará RCR Locação acrescenta em sua frota cearense novos Ideale 800 Horizonte Transportes inova com aquisição de ônibus 0km

quarta-feira, 6 de março de 2019

Exclusivo: Itapebussu negociou suas linhas com a Cearense mas operação foi cancelada

Em 2010, os empresários donos da Cearense Transporte fizeram uma negociação com a Auto Viação Maranguape (Empresa Itapebussu), na linha metropolitana que liga Fortaleza ao distrito do município de Maranguape.

Para o investimento, a Cearense pintou dois de seus veículos (43743 e 43265) na pintura da Expresso União, que pertencia a família e já atuava no sistema metropolitano. Além disso, ela também adquiriu alguns ônibus da Maraponga e Santa Maria para colocar na frota urbana de Fortaleza bem como na nova linha, que haveria de adquirir.

Porém, a negociação acabou sendo interrompida devido um dos sócios da Itapebussu desistir da venda, e a família Uchôa já havia feito algumas aquisições. Segundo informações na época, a empresa que realizou os investimentos teria, ainda, perdido uma determinada quantia em dinheiro em referência a um sinal para segurar o negócio, o que ocasionou em outras reações que não convém citar nesta matéria.


Os veículos que haviam sido pintados de branco e cinza com para choques amarronzados, em alusão as pinturas da Viação Real e São Francisco foram, novamente, caracterizados no padrão SIT-For, e as aquisições que a empresa tinha feito foram também para as duas empresas urbanas da família. Os carros comprados foram o 43407, 25575 e 25580.

Com a negociação desfeita, a Itapebussu continuou no sistema por mais dois anos, fazendo aquisições de usados da Viação Fortaleza e de fora do estado, encerrando suas atividades em 2012.

Fonte: MOB Ceará 
Redação: Narcísio Santos

0 comentários: