MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Saiba quantos ônibus a gigante Gontijo possui MS Turismo renova frota com Caio Solar 2013 Viação Penha se mantém com a 4ª frota mais nova João Pessoa-PB renovando a frota com Torino São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Ônibus da seleção pode ter sido o causador do apagão

O ônibus da Seleção Brasileira pode ter sido o responsável pelo primeiro apagão antes do jogo contra a Argentina, nesta quarta-feira, pelo Superclássico das Américas. O veículo que levou a delegação nacional teria acertado uma parte do gerador e causado o problema.

O primeiro apagão no estádio aconteceu no momento em que a delegação brasileira chegou ao local. Porém, o problema foi parcialmente resolvido na sequência e, com isso, os jogadores das duas seleções chegaram a entrar em campo. Os hinos foram cantados, mas a energia jamais voltou ao normal.

Neste momento houve inclusive um incêndio em um dos geradores. A causa dele é desconhecida, mas a agência Mowa Press chegou a registrar um vídeo do momento em que o gerador pegou fogo. Com a nova queda de energia e a demora para restabelecer a iluminação, foi decidido que o jogo teria que ser cancelado. 

A história da colisão do ônibus brasileiro com o gerador foi repercutida inclusive na Argentina, pelo jornal Clarín, mas foi negada pela CBF e pela Conmebol. De acordo com a entidade sul-americana, o problema nos refletores se deu por conta do horário em que as luzes do estádio foram acesas. Elas teriam sido ligadas muito cedo e por isso não resistiram ao longo tempo acionadas.

CBF nega que ônibus do Brasil tenha batido em gerador

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) negou nesta quinta-feira, através de nota oficial, que o ônibus que levou a seleção brasileira para o Estádio Centenário, em Resistencia, onde seria realizado o segundo duelo com a Argentina pelo Superclássico das Américas, tenha batido em um gerador, o que teria causado um "apagão" e impedido a realização da partida na noite de quarta. 

"Não é verdadeira a informação de que tenha acontecido um "acidente" com o ônibus da Seleção Brasileira, antes do jogo contra a Argentina que acabou cancelado, com uma "suposta batida" em um gerador no estádio em Resistência. O ônibus da Seleção Brasileira entrou e saiu do estádio normalmente, como podem atestar todos os ocupantes da delegação", afirma a nota, publicada no site oficial da CBF. 

Fonte: Esporte Terra/Portal A Tarde

Nenhum comentário:

Tradutor