MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Saiba quantos ônibus a gigante Gontijo possui MS Turismo renova frota com Caio Solar 2013 Viação Penha se mantém com a 4ª frota mais nova João Pessoa-PB renovando a frota com Torino São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Mais avenidas ganharão corredores preferenciais

A população em geral avaliou de forma positiva a primeira semana de implantação do Serviço Rápido de Ônibus de Fortaleza (BRS-FOR) na Avenida Bezerra de Menezes. Tanto que, conforme anuncia o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), Ademar Gondim, o BRS-FOR será ampliado para as avenidas Tristão Gonçalves e Imperador nos próximos dias. E não fica por aí. As avenidas José Bastos, Leste/Oeste, Perimetral e o trecho Terminal da Lagoa/Centro também terão as faixas preferenciais para o transporte público.
Av. Imperador apresenta um grande fluxo de ônibus urbano e metropolitano

Parte do comércio ainda reclama. Muitos veículos particulares desrespeitam as faixas preferenciais e os passageiros de ônibus e topiques começam a se adaptar com as novidades. Assim é a situação da Bezerra de Menezes. De acordo com Gondim, são necessários pequenos ajustes, como chamar a atenção das vans e ônibus metropolitanos que ignoram as paradas seletivas. No mais, afirma, tudo está "correndo de acordo com o previsto".

Ontem, táxis sem passageiros e veículos que realizam transporte escolar passaram a utilizar o corredor preferencial para transporte coletivo da Bezerra de Menezes. A medida, informa o presidente da AMC, atendeu a um pedido das duas categorias e foi adotada para ampliar a capacidade de circulação de todas as faixas da avenida.

Fiscalização
Fiscais da Etufor e agentes da AMC continuam ao longo da avenida, nas paradas de ônibus e circulando em viaturas, dando orientação. Com esta alteração, os dois tipos de veículos ficaram proibidos de circular fora das faixas preferenciais.

Ademar informa que os carros ainda não estão sendo multados por conta da utilização ou não da faixa exclusivas. "Ainda é um período de adaptação e, por conta disso, não há uma fiscalização, mas uma orientação. Vamos continuar avaliando nesta semana se os veículos estão se adequando", ressalta.

"Estamos cumprindo a Lei Federal da Mobilidade Urbana, que prevê prioridade do transporte coletivo sobre o individual e do público sobre o privado. Aproveitamos a estrutura da Bezerra de Meneses, que foi reformada, e racionalizamos o trânsito na via", frisa Gondim.

O presidente da AMC explica, ainda, que os veículos particulares só poderão entrar nas faixas preferenciais para estacionar ou fazer conversões. "Eles vão ter até 100 metros para entrar e dobrar à direita", explica.


Reações
O empresário Alexandre Pereira acredita que as faixas preferenciais de ônibus e vans deveriam ser no canteiro central no contra-fluxo. "Quando o projeto foi apresentado, ainda em 2008, era assim. Não sei porque mudou. Para o comércio, é muito ruim e dá prejuízo", opina.

Já para a aposentada Dáurea Martins, a mudança veio beneficiar as pessoas da terceira idade. "Agora, na parada certa, eles são obrigados a parar e a gente não precisa ficar um tempão esperando", afirma.

O contabilista José Pereira Sales reclama que as faixas liberadas para os outros veículos deveriam ser ampliadas. "São duas faixas apenas. Na hora do rush fica uma loucura isso aqui e obriga a gente a entrar na preferencial senão não anda".


Fonte: Lêda Gonçalves
Foto: Acervo MOB/ José Leomar/ J. Machado

Nenhum comentário:

Tradutor