MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

quarta-feira, 25 de julho de 2012

25 de Julho - Dia do Motorista


No dia 25 de julho é comemorado o Dia do Motorista. Este foi o dia escolhido por ser a data dedicada a São Cristóvão, santo padroeiro dos motoristas. No dia 21 de outubro de 1968, através do Decreto nº 63.461, o Dia do Motorista foi instituído em nosso país.

Protetor não só dos motoristas, mas também dos viajantes, acredita-se que São Cristóvão tenha vivido na Síria e sofrido o martírio no século III. Seu nome, "Cristóvão", significa "aquele que carrega Cristo" ou "portador de Cristo". Reza a lenda que Cristóvão era um gigante com mania de grandeza. Logo no princípio, acreditava que o maior rei do mundo era o rei ao qual ele servia. Então, veio a saber que o maior rei do mundo seria  Satanás, passando a servi-lo. Por fim, acabou descobrindo que o maior rei do mundo era o Jesus Cristro. 

Um ermitão mostrou que a bondade era a coisa mais agradável ao Senhor, convencendo Cristóvão, que trocou sua mania de grandeza pelo serviço aos semelhantes. Por ser dotado de grande força, passou a transportar pessoas através de um imenso rio. Certa vez, transportando um garoto em suas costas, este lhe revela: "Tiveste às costas mais que o mundo inteiro. Transportasse o Criador de todas as coisas. Sou Jesus, aquele a quem serves".

MOTORISTA DE ÔNIBUS: O TRANSPORTADOR DO BEM MAIOR
A medida que as cidades iam crescendo, fruto da maior industrialização que foi facilitada pela ferrovia, a necessidade de ir e vir se tornou maior ainda. Os deslocamentos que eram curtos, dentro das propriedades rurais, davam lugar às pessoas que saíam de suas casas e iam para fábricas, comércios e atividades industriais mais intensas, que se fixavam inicialmente ao longo das linhas de trem. 

Mas as regiões por onde passavam os trens não podiam abrigar todos que queria aproveitar do momento de crescimento urbano. Assim, áreas mais distantes eram loteadas. Essas pessoas precisavam se dirigir aos locais de trabalho.

Surgia assim, no final do século XIX, os serviços de ônibus. Inicialmente, os ônibus eram carruagens, chamadas OMNIBUS, que quer dizer “Para todos” puxadas por cavalos. O primeiro ônibus motorizado no Brasil, que se tem notícia foi um veículo francês da marca Panhard Levassor, importado em 1900 pela Companhia de Transporte de Goiânia, uma das mais importantes de Pernambuco. Goiânia era uma cidade de Pernambuco, apesar do mesmo nome, não tinha relação com a hoje Capital de Goiás. E ligando esta cidade do Pernambuco até Olinda surgia o primeiro condutor oficial de ônibus motorizado.
O veículo era movido a gasolina, com 12 cavalos de potência, 3,3 litros com 4 cilindros.. Mas foi no ano de 1908 que surgia o serviço de ônibus motorizado urbano. O fato ocorreria de forma independente em duas cidades: Porto Alegre e Rio de Janeiro. Na capital gaúcha, o início foi tímido. Mas no Rio de Janeiro, foi desenhado o perfil do motorista de ônibus da época que durou até os anos de 1950 em muitas cidades: o motorista era o dono do próprio ônibus.

Como foi possível ver, de maneira resumida, a história do motorista se confunde com a historia do ônibus no Brasil. Muito mais que isso, a história do motorista conta a história de vidas e de pessoas. Porque o bem maior que se pode transportar, seja na cidade, seja na estrada, é responsabilidade do motorista de ônibus: vidas.

Quantas pessoas, anônimas, quietas, algumas amigas, cordiais, outras nem tanto, muitas impacientes, passam pelos cuidados do motorista de ônibus. E é isso que fascina muitos nesta profissão, que é responsável sim pelo crescimento das cidades, mas também pelo primeiro emprego, pela ida ao médico para curar uma dor, pela visita ao entre querido e até pelo encontro com o primeiro amor de muita gente. 

Marismar Lourenço é motorista da empresa Gertaxi há dois anos e se sente realizada nesta profissão

Se lidar com passageiros pode ser fascinante, trabalhar com os profissionais do volante que têm uma responsabilidade tão bonita e grande, é uma missão.

Oração do Motorista:

"Dai-me Senhor, firmeza e vigilância no volante, para que eu chegue ao meu destino sem acidentes. Protegei os que viajam comigo. Ajudai-me a respeitar a todos e a dirigir com prudência. E que eu descubra vossa presença na natureza e em tudo o que me rodeia. Amém".

Esta é uma pequena homenagem do MOB Ceará a todos os motoristas de nosso país.

Fonte: Portoweb/Adamo Bazani
Fotos: Divulgação/ MOB Ceará

Nenhum comentário:

Tradutor